domingo, 25 de maio de 2008

Perguntar não ofende

Como eu não sou advogado, e pra não falar besteira, perguntei a alguns advogados neste final de semana se a Polícia Militar tem o amparo legal para proibir a venda de bebidas alcoólicas num raio de 400 metros dos estádios, três horas antes e duas depois dos jogos, conforme dito pelo comandante-geral, o Cel. Eliésio.

De todos, ouvi um não. Não compete à Polícia Militar legislar sobre a permissão ou não de vendas de bebidas fora de estádio. Isso cabe as Prefeituras das cidades, que cedem os alvarás.

Dentro do Estádio, a história é outra, pois os clubes são filiados à FCF e CBF, que têm esta determinação.

Sem contar que isso pode causar um clima anárquico. Imagine por exemplo, um jogo na Ressacada em que nem a Toca do Leão nem os ambulantes possam vender cerveja.

Antes da Polícia determinar uma coisa, eles não tomam o cuidado de analisar se eles PODEM determinar tal ordem?

Nenhum comentário:

Postar um comentário