terça-feira, 24 de junho de 2008

Guarani vai ao TJD

Repercussões do dia no caso Guarani / Cidade Azul.

Coluna do Roberto Alves, no DC de hoje:

O Guarani, de Palhoça, rebaixado à Segunda Divisão de SC, entrou, ontem, com pedido de abertura de inquérito junto ao Tribunal de Justiça Desportiva para apurar irregularidade no atleta Bruno Andrade da Silva, do Cidade Azul, de Tubarão.

Segundo o advogado Rodrigo Titericz, o Guarani consultou a FCF sobre o atleta.

Um funcionário respondeu que o profissional estava legal e que seu nome já havia saído no BID - Boletim Informativo Diário - Estadual, que não existe, a não ser o BID da CBF, que trouxe o nome do atleta em fevereiro.

A federação também está sendo acionada por informação imprecisa. O Cidade Azul pode ser rebaixado no lugar do Guarani.

Ontem, a Federação do Rio de Janeiro informou que o atleta foi transferido em fevereiro para Santa Catarina, quando ele teria condição de jogo.

Ocorre que Bruno atuou três jogos em janeiro, pelo Cidade Azul, de forma ilegal.


Não conheço da legislação desportiva, agora cabe saber se o caso já "caducou" ou não. Será que vai dar molho isso aí? Lembremos que o Próspera no ano passado foi rebaixado por causa da escalação do volante Felipe de forma irregular. A diferença é que ele entrou em campo suspenso com três cartões amarelos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário