sexta-feira, 27 de junho de 2008

Jardel próximo do Criciúma


Deu no Engeplus:

O atacante Jardel está muito disposto a jogar no Tigre. Foi o que se concluiu da entrevista que o jogador concedeu nesta tarde à Rádio Eldorado. Em Porto Alegre, após visitar uma fábrica na capital gaúcha, o jogador afirmou que está terminando uma etapa de recuperação física e que conseguiu alcançar seu peso ideal. "Ainda não há acerto, mas realmente houve uma conversa", admitiu.

Jardel é amigo do presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Noveletto, que indicou o atacante para o Criciúma. "O Chico está me ajudando. Quero logo voltar a jogar, quero fazer gols até os 39 anos e provar que ainda tenho muito a dar ao futebol". Em um jantar com Noveletto na última quarta-feira, Jardel comentou que estaria acertado com o Criciúma e que se apresentaria domingo ao clube.

Sobre o negócio, o atacante confirmou que neste sábado se reunirá com representantes do Tigre. "Eles estarão aqui para conversar comigo e quem sabe fechar o negócio". O técnico Gélson da Silva vai à capital gaúcha, e provavelmente será acompanhado pelo supervisor Antônio Benatti. "Questão financeira não é problema. Eu quero jogar, preciso de uma oportunidade, e no Criciúma seria ótimo".

Há dois meses, em entrevista à Rede Globo, Jardel revelou que foi usuário de cocaína. "Nunca mais tive contato com drogas. Eu só fazia isso nas férias e nem gosto de falar no assunto", comentou hoje no contato com a Eldorado. Jardel consumiu drogas pela última vez há cerca de quatro meses. "Hoje quero uma nova vida".

O jogador tem uma história com o técnico do Criciúma. Jardel e Gélson foram colegas de quarto no auge do Grêmio comandando pelo técnico Luís Felipe Scolari em meados dos anos 90. "O Gélson é uma pessoa calma, um cara positivo e que me ajudou muito". Os dois foram campeões da Libertadores e vice-campeões do mundo
.

Se o Criciúma pensar em Jardel como solução para o ataque e não uma ferramenta de marketing, será bem vindo. É uma operação delicada, em saber se vale a pena investir em um jogador que inegavelmente tem talento, mas vai saber qual a sua condição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário