quinta-feira, 26 de junho de 2008

Livre

Deu no DC de Hoje, por Cacau Menezes:

Preso desde maio de 2007, sob a acusação de tráfico de drogas, Delfim Pádua Peixoto Neto, o Delfinzinho, filho do presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Pádua Peixoto Filho, foi libertado, ontem, por determinação do Superior Tribunal de Justiça. Os ministros do STJ aceitaram a tese do advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho, que conseguiu anular todo o processo alegando falhas na atuação do Ministério Público.

O filho do presidente da federação foi preso na Avenida Beira-Rio, em Itajaí, onde mora, quando estava na companhia de outro rapaz em um EcoSport . Com a dupla, os policiais encontraram no veículo 116 gramas de crack.

Segundo sua mãe, em carta a esta coluna, Delfinzinho é doente, precisa de tratamento médico e não de cadeia.


Ele foi pêgo por tráfico,e já teve problemas com a Polícia mais de uma vez. A lei é bem clara quanto a isso.

Um comentário:

  1. É muito triste ver um jovem bonito e com um futuro promissor passar por isso, conheci o delfinzinho, sua irmã e sua mãe, acho que no final dos anos 80 ou início dos anos 90, era um garoto ainda, hoje tenho 45 anos, não sei quantos ele tem! a lembrança que tenho é de um garoto muito alegre, sua mãe muito gente bôa, sua irmã também, pessoas muito influentes mais muito simples, conheci por intermédio do meu primo ( de consideração ) Antônio Fernando, quando eles tiveram no Rio, e mesmo hospedados na zona sul carioca de frente p/ praia, foram até a zona norte em del castilho, onde nós moravamos, por isso dejeso muita, muita sorte p/ delfinzinho e sua família, e que os governantes tomem atitudes no sentido de tratar desses doentes e não prender, é uma pena...

    ResponderExcluir