domingo, 27 de julho de 2008

Cidade Azarada essa minha...

Fazer esporte aqui em Brusque é um desafio pra poucos. A Prefeitura não apóia nada, não temos uma Fundação Municipal de Esportes, o Diretor de Esportes é um excelente judoca, mas como organizador não faz nada... Enfim, o esporte aqui sobrevive à custa de gente muito esforçada, que passa por cima disso pra tentar resultados com os atletas brusquenses.

Mas tem gente azarada.

A cidade foi pra Olesc em Criciúma em busca de uma suada medalha de ouro no ciclismo. E conseguiu, no Cross Country feminino. Mas chegou uma informação chata: Como a modalidade não alcançou o mínimo de seis municípios, a medalha é entregue mas não vale pro quadro de medalhas.

Até nisso o pessoal daqui tem azar.

A Boa Notícia é que a cidade já conquistou cinco medalhas de ouro, com direito até a Recorde no Atletismo. Se eu tou Feliz? Muito. Mas estou preocupado. O pessoal das outras cidades vai vir em cima das atletas e o Seu Teixeira não vai mover uma palha pra criar um programa para segurar as revelações da Olesc.

Um comentário:

  1. De quem é a responsabilidade de dar suporte ao esporte amador em nossa cidade? Da LDB ou da Secretaria Municipal de Esportes? Qual o papel de cada uma?

    Gostaria de saber. Acho que de alguma forma devem ser as duas. A LDB tem algum recurso? Qual o orçamento da PMB para a secretaria de espotes? Como estes recursos são aplicados? Quanto em infra-estrutura? Quanto em incentivo aos atletas? Quais as empresas que patrocinam?

    Enfim, todas estas questões devem ser planejadas. Tem que ter pessoas capacitadas ocupando as funções chave. Tem que ser criada uma comissão do esporte amdor, ou algo parecido. Nossa participação nos jogos abertos tem sido vergonhosa, apesar de termos ótimos atletas em várias modalidades.

    Taí uma coisa para o novo Prefeito resolver.

    ResponderExcluir