quinta-feira, 10 de julho de 2008

Segundona pára na Justiça Comum

Deu no Engeplus, por Dênis Luciano:

Depois de meses de preparativos, o Próspera poderá não jogar no domingo. A estréia no Campeonato Catarinense contra o Guarani, fora de casa, corre o risco de não ser realizada. Um impasse entre o clube de Palhoça e a Federação Catarinense de Futebol poderá redundar no adiamento da rodada inaugural da Divisão Especial.

Conforme a assessoria do presidente do Guarani, Marcos Medeiros, dois torcedores do time entraram na justiça comum requerendo a vaga perdida para o Atlético Tubarão na Divisão Principal. O próprio clube move um processo no TJD, alegando que o Tubarão utilizou um jogador de forma irregular no último Catarinão.

A notícia do possível adiamento chegou ao time da raça de forma surpreendente. No início da tarde, a Rádio Eldorado foi comunicada que não poderia transmitir a partida no estádio Renato Silveira pois a diretoria do Guarani não autorizou a instalação da linha telefônica. O motivo alegado foi que o time de Palhoça não disputaria o Estadual.

Ao saber da informação, por intermédio da Eldorado, o presidente Celsinho Menezes salientou que a programação segue a mesma no Mário Balsini. Na Federação Catarinense de Futebol, a possível desistência do Guarani é ignorada e o jogo segue marcado na tabela da primeira rodada.

No Guarani, existe a promessa de uma manifestação oficial a respeito nesta sexta-feira por intermédio de um advogado de São Paulo que foi contratado.

Um comentário:

  1. Esta história é para tumultuar mesmo. Eu até tinha uma certa simpatia pelo Guarani, mas vejo agora que não merecem nenhum tipo de simpatia.

    Se eles tinham algo a reclamar, porque entraram na justiça somente no dia 8 de julho, 5 dias antes de iniciar o campeonato?

    Além do mais, a FIFA e a CBF já declararam que time que entrar na justiça comum será excluido do quadro. Mas claro, para sair desta, inventaram a história de que foram torcedores que acionaram a justiça.

    Espera aí, acho que aqui ninguém é idiota. Acho que o Guarani deveria ser punido por isto sendo banido por 5 anos de competições oficiais no país. Acho que só desta forma aprendem a não inventar mais molecagens.

    /Sds/
    Aluizio

    ResponderExcluir