domingo, 13 de julho de 2008

Tema de domingo: O Perigo das "Peneiras"

Dia desses, lá na Rádio, recebi um panfleto, que convidava para um "Grande Peneirão do Grêmio", num sábado a tarde, no Estádio do Paysandu. Cada jogador "testado" teria que pagar uma taxa de 20 reais para participar do teste. Não cheguei a ir lá ver o que rolou, mas confesso que fiquei desconfiado. Um clube como o Grêmio iria cobrar uma taxa pra testar jogador? Ato seguinte, vários pais foram reclamar que seus filhos foram lá, jogaram meia horinha e depois tiveram a resposta de que não foram selecionados. E olha que eu já soube de "peneiras" iguais na região, com gente que dizia ser do Flamengo e do Internacional. Não precisa dizer que isso é uma fria né?

Essa semana aconteceu outra: dois rapazes amigos e colegas de trabalho na Rádio, que até que são bons de bola, foram "convidados" a jogar no time do Imbituba na Divisão Especial. Conversei com eles, que estavam com muita vontade de ir, e acho que ajudei a colocá-los na realidade. Nada contra o futebol deles, mas não é estranho um clube profissional ir saindo em tudo que é canto convidando jogador pro seu time? Ainda mais conhecendo o dirigente, que em 2004 abandonou um jogador na Rodoviária em São Bento do Sul ao cobrar uma taxa para um teste no time do São Bento.

Existe gente séria que trabalha com essa revelação de jogadores em escolinhas e tudo o mais? Existe sim. Recentemente as Escolinhas de Futebol do Estado se reuniram em uma associação justamente para coibir os maus profissionais. O que tem de picareta por aí que usa o sonho do garoto virar jogador de futebol para levar um dinheirinho, é uma grandeza. Não é em um peneirão de 30 minutos que um clube vai chamar um jogador. É conversa pra boi dormir.

Um comentário:

  1. Ae Rodrigo , fala das meninas do Brasil Telecom , e dos 4 torcedores la na frente, que fazem a bagunça e desetabilizam as adversarias x) , Valeu!

    ResponderExcluir