sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Árbitro do MA investigado em SC (e uma historinha estranha)

Primeiro, parte da matéria veiculada no Globoesporte.com, por Fabrício Costa:

Ex-árbitro é acusado de tentar arranjar resultados na Série B
Eduardo Cristaldo Barilari pode ser eliminado do futebol se o STJD entender que este representa uma ameaça ao esporte


"Com R$ 15 mil posso alterar o resultado da partida entre Avaí e Ituano." Este é um trecho da conversa de Eduardo Cristaldo Barilari, ex-árbitro da Federação Maranhense de Futebol, com alguns juízes que apitam a Série B do Campeonato Brasileiro. Alertado sobre o suposto esquema de suborno pelo STJD, o Ministério Público de Santa Catarina começou investigação paralela. E gravou as últimas tentativas de Barilari em arranjar resultados na Segundona junto ao diretor da Federação Catarinense de Futebol, Júnior Moresco.

Com isso, o ex-árbitro será julgado nesta sexta-feira pela Quarta Comissão Disciplinar a partir das 13hs. Ele está incurso no artigo 238 (Receber ou solicitar, para si ou para outrem, vantagem indevida em razão de cargo ou função, remunerados ou não, em qualquer entidade desportiva ou órgão da justiça desportiva, para praticar, omitir ou retardar ato de ofício, ou, ainda, para fazê-lo contra disposição expressa de norma desportiva) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). E pode ser punido com dois a quatros de suspensão.


Acompanhemos com carinho as movimentações do MP de SC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário