quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Bobeou e se Complicou em Imbituba

O Brusque mostrou na tarde chuvosa em Imbituba como não se deve comportar dentro de um campo de futebol. O time se esqueceu do principal objetivo, que era vencer o fraco Imbituba e ter a vantagem do empate no jogo de volta em Brusque.
Fez o contrário. Lutou pra fazer 1 a 0 contra um time super retrancado, bobeou nos seis minutos finais e tomou a virada, numa apatia incrível.
Faltou foco, faltou determinação, faltou saber que o jogo só termina quando o juiz apitar. As alterações de Suca foram corretas, o Imbituba jogou muito fechado, e teve no bom goleiro Diego o seu principal nome, mas não foi suficiente. O gol do Pereira apareceu, mas foram pelo menos cinco chances claras de gol de um time que mostra um problema enorme: as conclusões a gol.
Depois de chegar num suado gol, o que se esperava do Brusque? Que mantesse o padrão de jogo e segurasse o ataque do Imbituba. Pra facilitar as coisas, um jogador imbitubense foi expulso, pra tornar as coisas mais fáceis. Mas não, os jogadores conseguiram entregar o jogo para um time com 10 em campo, que tinha dado um chute a gol a partida toda, até virar a partida no final.
Há de se manter a calma e tomar a lição disso. Domingo o jogo é em casa, um campo maior que o pasto da Vila Nova, e Suca terá que motivar o grupo. Perder nunca é bom, mas pode ser que essa derrota em Imbituba sirva pro time ficar ligado. Se o time se classificar domingo (terá que vencer o tempo normal e empatar na prorrogação), faltarão no mínimo dois jogos para o título. E essa não é a hora de bobear tanto como se bobeou hoje.

Um comentário:

  1. (...)Pra facilitar as coisas, um jogador imbitubense foi expulso, pra tornar as coisas mais fáceis.(...)

    Essa é boa...

    ResponderExcluir