terça-feira, 28 de outubro de 2008

Fogo bem fraquinho

Eu, que já acompanho os Jogos Abertos há um bom tempo, não tenho como não mostrar minha decepção com o descaso que envolve uma tradição anual do esporte catarinense, que é a cerimônia do acendimento do Fogo Simbólico. A cada ano, o evento vem perdendo o seu brilho. Falta divulgação e principalmente o envolvimento para que a tradição não morra.

O público foi de umas 200 pessoas na Arena Multiuso. A Prefeitura, pra encher o evento, botou um monte de crianças em alguns ônibus, mas elas acabaram indo embora antes mesmo do final da cerimônia. A Arena é grande, mas é muito fria e sem significado algum. Ela tem que acontecer no Bandeirante, onde tudo começou há quase 50 anos.

Pra resumir, foi a cerimônia mais fraquinha que eu já vi em anos. Parecia uma coisa feita "nas coxas".

Um comentário:

  1. Nas coxas, como muita coisa na atual administração...
    Querias o que ?

    ResponderExcluir