sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Brusque S/A

A Diretoria do Brusque em breve irá soltar na praça um projeto para viabilizar o clube como uma empresa, nos moldes da Figueirense Participações.

Vai funcionar assim: o clube procurará 25 sócios, que pagarão uma quantia mensal e vão participar do bolo. Como uma empresa, o lucro que vier da venda de jogadores que pertencem ao clube (todos dos juniores), vão pro caixa do clube-empresa e poderão render dividendos aos associados.

Os detalhes pormenorizados e o nome dessa empresa ainda não consegui. Mas o clube começa a achar um caminho legal pra se profissionalizar.

2 comentários:

  1. Agora o clube começou a pensar grande. E os futuros parceiros que não vão achar que já vão sair ganhando dinheiro de imediato. Isto leva algum tempo, mas na hora que vender um dos guris, vão encher o bocó. Resta saber eles eles vão receber chances, pois sem jogar não vão despetar o interesse de niguém. Se eu tivesse dinheiro entraria nesta parceiria, pois temos garotos promissores (William Gaúcho, Valdo, Leonardo, Tom etc.) Qualquer um deles joga e qualquer dos times que estão jogando o Brasileiro Sub-20 no Rio Grande do Sul. Tem empresário estrangeiro que já foi até embora devido o baixo nível técnico dos jogadores. Este é o resultado dos empresários (grandes) enfiar jogadores nos grandes clubes guela abaixo. É isto ue o Brusque tem que fazer, arrumar um empresário forte para colococar a gurizada em times de ponta.

    ResponderExcluir
  2. Grande Danilo, agora as coisas estão se encaminhando para a profissionalização do futebol no BFC.

    Só desta maneira um clube consegue se tornar grande. Existem várias estratégias de marketing que podem ser explorados para gerar receitas, além da venda de jogadores.

    Parabéns mais uma vez Danilo!!

    ResponderExcluir