quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Caso TV: Clubes se manifestam

Nesse período de Festas Natalinas, onde são poucas as coisas importantes dos clubes do Estado, a confusão envolvendo a transmissão do Catarinense ganhou mais um ingrediente hoje. A Associação de Clubes publicou nota nos jornais do Grupo RBS (Santa, A Notícia e Diário Catarinense) dando a versão deles.

Vou ser sincero: ou eles estão dando uma de joão-sem-braço com essas desculpas ou estão muito mal assessorados, não tendo conhecimento algum sobre direitos de televisão. Os argumentos são vazios e dificilmente algum juiz irá aceitar.

Vamos à nota. Meus comentários estão em negrito.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Associação de Clubes de Futebol Profissional de SC, a Federação Catarinense de Futebol e os Clubes Integrantes do Campeonato Catarinense vêm a público prestar os seguintes esclarecimentos em relação à rescisão do contrato de transmissão da competição com a Rádio e Televisão Record S/A.

1 - Em Dezembro de 2006, a Associação de Clubes, FCF e os Clubes firmaram contrato de transmissão da competição para 2007, 2008 e 2009 com a Rede Record.

2- No final de 2007, a RBS TV formalizou uma proposta muito superior ao valor do contrato firmado com a Rede Record, que não foi aceita pela Associação, FCF e Clubes, pois, até então, aquela emissora estava cumprindo integralmente todas as cláusulas do referido contrato.

3- Entretanto, após o início do Catarinense de 2008, as entidades foram surpreendidas com a violação de cláusulas contratuais por parte da Rede Record, que, sem autorização da Associação, FCF e Clubes, transferiu os direitos de transmissão a uma outra emissora, a TV O ESTADO, antiga Rede SC, que até o início do ano transmitia a programação do SBT e que passou a ser denominada RIC-RECORD, pertencente a outro Grupo Econômico totalmente distinto da Rede Record.
Os donos dos direitos podem repassar pra quem quiser. A própria Globo faz isso, quando repassa os direitos do Paulistão e do Brasileiro para a Band. Aliás, se olharmos pelo prisma que os clubes argumentam, a Globo não pode repassar os direitos do Carioca e do Paulista para a RBS TV, já que os direitos a ela pertencem. Além do mais, não houve uma transferência de emissora, e sim uma união, já que as emissoras que transmitiam o sinal da Record antes da RIC (Xanxerê e Itajaí, além de Floripa que é a cabeça da Record News), continuam integrados à Rede. Além do mais, como os clubes podem reclamar do fato dos jogos, que eram transmitidos por três emissoras, passarem a serem exibidos em seis, com cobertura maior?

4- Além disso, a partir deste ano, a Rede Record descumpriu o contrato firmado com a Associação, FCF e os Clubes, transmitindo alguns jogos do Campeonato para as cidades onde estavam sendo realizados. Também ocorreram alguns problemas técnicos durante a transmissão de alguns jogos do Campeonato.
Problemas técnicos acontecem, e as vezes podem se restringir à repetidora de um ou outro município. (A RBS teve problemas sérios em CRB x Avaí na Série B, assista aqui o vídeo). Desconheço o fato de transmitirem jogos para a cidade da partida, mas a própria Globo faz isso cansativamente, exibindo jogos na Capital Paulista para a Grande São Paulo. Agora, ninguém reclama da RBS quando um jogo em Itajaí não é exibido para Blumenau e Brusque e até em Rio do Sul, ou quando uma partida em Tubarão não passa em Criciúma.

5- Assim sendo, as entidades decidiram, de forma unânime, notificar a Rede Record informando a rescisão do contrato por justa causa, salientando que foram utilizadas todas as tentativas de um acordo amigável, que não foi aceito pela referida emissora.

6- Desta forma, em data posterior, como já é de conhecimento público, a Associação de Clubes, a Federação e os Clubes do Campeonato Estadual firmaram contrato de transmissão dos jogos com a RBS TV para os anos de 2009, 2010 e 2011.
Assinaram o contrato sem conseguir a rescisão do acordo anterior com a RIC. E com esses argumentos xoxos, não acredito que vão conseguir seu intento.

Florianópolis, 18 de dezembro de 2008.

9 comentários:

  1. Pra ser sincero, acho que um juiz só dava o veredicto a favor dessa nota caso lhe rendesse o suficiente pra nunca mais pôr os pés num tribunal.

    A nota é de chorar em alemão. Sinceramente, fizeram isso só pra não dizer que não se manifestaram e, evidentemente, deram uma de joão-sem-braço! (sem os dois, por sinal).

    ResponderExcluir
  2. Rídicula a nota. Acho que teria sido melhor se ficassem calados. Os argumentos chegam a ser cômicos. Eu já perdi a paciência com essa briga. E o pior é que ela não parece perto do fim. Vai acabar atrapalhando o campeonato.

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho ou não razão quando digo que os clubes só dizem Amém pro Véio Delfa. Este cara é o mais safado dessa história.

    ResponderExcluir
  4. Mudando de assunto, masi nos interessa, quando o Brusque via mudar aquele site ridiculo que está no ar. Rodrigo você podia levantar este assunto no seu Blog. Quem sabe você não negocia com o Brusque. Vamos para um brasileiro e com um site mediocre desses.

    ResponderExcluir
  5. Pqp como tem coreneteiro ! O cara ta se preocupando com o site ??? vtnc ! Acha que alguem aqui ta ligando p site ? Pergunta la pro metro se eles trocariam o sitezinho deles td bunitinho por um titulo / uma boa campanha no catarinense ou uma ajudinha com patrocinio. Porra fico p... da vida com isso... mas tbm nem deus agradou a todos ! mas se preocupar pq o site ta feio p participar do brasileiro ??? como diria meu avô é o fim da picada O0³ etaaa cidadezinha de corneteiro !

    ResponderExcluir
  6. ISTO é RIDÍCULO , é caso de Cadeia !!.
    porque disso tudo entao Vejamos:
    temos uma entidade que controla e dita regras do Futebol Nacional chamada CBF " que ao invez de ajudar o futebol , doa Dinheiro a partidos politicos ,será que a FCF nao fez o mesmo???.

    esta palhaçada acontece pois , nao temos eleicoes séria em nossa FCF, na CBF , onde o poder se perpetua , com a conivencia dos Clubes e da Associacao de Clubes, claro que ja tem alguem de olho no lugar do homem do charuto..."

    esta na hora do Ministério Publico fazer uma devassa na CBF, FCF , olhar tudo .
    a Record deve e tem o dever de entrar na justiça e mostrar para esta meia duzia de ditos dirigentes do futebol, que a justiça pode e deve prevalecer...
    claro depende do juiz que pegar o caso , pois tudo é possivel .....

    ResponderExcluir
  7. O site é o cartão de visita dde toda empresa (clube) através dele o clube pode contar sua historia seus projetos, seus atletas, seus patrocinadores, a cidade e um monte coisas mais. Temos que pensar no site sim. Quem acha que isto não é importante é porque não tem computador em casa, pois quem tem busca informações novas do seu clube.

    ResponderExcluir
  8. Com certeza devemos ter varios pratocinadores a procura de um site bonito para fazer um investimento nem nossa empresa (clube) ! Essa não é a prioridade do nosso clube ! Temos mts outras coisas para se preocupar.

    ResponderExcluir
  9. Tá bom você tem toda a razão. Caso encerrado. Vamos passar para outro assunto, pois as sugestões sobre este caso já foram dadas.

    ResponderExcluir