sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Catarinão 2009: RIC fala, e RBS vai pagar hoje

Numa bela matéria de página cheia, o jornalista Maurício Haas, do Município Dia-a-Dia, levantou a questão da briga pelos direitos de televisionamento do Estadual 2009, e traz novidades interessantes.

Além do que já informamos aqui, ele conversou com o Dr. João Martins, assessor jurídico da RIC, que afirmou que o contrato entre a emissora, clubes e FCF vêm sendo cumprido, e que não abrirão mão da transmissão. "Estamos honrando o contrato vigente e esperamos o mesmo das outras partes. Eles pediram a quebra, mas o juiz Paulo Ricardo Bruschi, da 2a. Vara Cível de Florianópolis, negou a liminar. A transmissão é da Record com exclusividade".

Já a RBS está atuando com tática pesada. O Presidente do Brusque, Danilo Rezini, disse em entrevista ao jornal que hoje à noite, no Hotel Mercure, em Florianópolis, acontecerá a reunião da Associação de Clubes, onde a RBS irá repassar a primeira cota de dinheiro referente aos direitos de transmissão. E os clubes, desesperados por dinheiro, vão receber uma grana que possivelmente terão que devolver caso o contrato com a Record não seja dissolvido.

Ah, e mais uma que apurei, por minha conta: não houve nenhuma assinatura de contrato de transmissão na quarta-feira na Sede da FCF, ao contrário do que informou o Roberto Alves no seu blog. Houve sim, um ato em que o Presidente Delfim homologou a alteração de tabela e a nomenclatura do troféu de campeão. Até porque um contrato assinado entre RBS e os clubes não tem valor jurídico algum, já que há um outro acordo em vigor, com a RIC.

Atualização das 11:10: Estou procurando no Site do Tribunal de Justiça o novo processo que tenta a rescisão e não localizo. Aquele processo citado acima (clique aqui para acompanhar pelo site do TJ) foi encerrado, depois do pedido de extinção solicitado pelo advogado da Associação, Dr. Luciano Ramos de Fávere. Só se houver outro, que até agora não achei.

7 comentários:

  1. axo q os clubes vao se da mal... essa quebra d contrato nao pega bem para os clubes, como q fica a credibilidade daqui pra frente, quem eh q vai querer investir em uma clube, federação, q nao compre contratos??? a FCF e os clubes soh tem pensando no imediatismo, anota ai, depois desses 3 anos do contrato com a rbs, eles vao botar o preço la em baixo d novo.

    a respeito desse novo contrato, ele tem validade sim, um contrato novo revoga o velho. agora a ric vai querer uma boa indenização, primeiro pois ja pagou pela transmição, segundo inventiu em aparelhos, cameras etc.. e vai perder mto dinheiro por nao transmitir o campeotano. entao cabe inclusive uma ação de ressarcimento e lucros cessantes contra a FCF e os clubes que assinaram esse contrato com a RBS.

    a diferença q os clubes estao ganhando ( que nao eh mto), nao vale a pena pelo risco de ter q pagar denovo em dobro pra ric, e ainda depois de 3 anos ficar na mao da rbs d novo.

    ResponderExcluir
  2. Essa briga vai longe.
    Só espero que não prejudique o campeonato e nem os clubes.

    PS: Será que acontece algo parecido com o que aconteceu ao SBT no Paulistão de 2003. A qual a emissora anunciou o jogo e em cima da hora a Globo ganhou uma liminar e o SBT foi proibido de passar a partida?

    ResponderExcluir
  3. Rodrigo, acho que não existe outro processo. Só aquele mesmo, detalhe que tem o telefone do advogado lá no site do TJ. Ouvi falar que saiu matéria ou nota no Notícias do Dia hoje sobre isso também.

    ResponderExcluir
  4. Com um presidente safado desses o futebol catarinense não poderia estar como está (quebrado). Se o cara não cumpre o que assina, imagem o que ele faz com o dinehrio da FCF. Pelo jeito os clubes adoram ele, pois já está lá a mais de 24 anos. Se os clubes pegarem o dinehrio da RBS também são senvergonhas, pois assinaram e não querem cumprir. Federação e clubes são todos v=farinha do mesmo saco.

    ResponderExcluir
  5. alguem sabe passa em valores quanto cada clube recebera ? Quanto seria o valor em $ que o bfc vai ganhar ?

    ResponderExcluir
  6. Parece que o valor final para o BFC seria de 140 mil

    ResponderExcluir
  7. Isto é esmola e não cota de TV.

    ResponderExcluir