terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Reunião pra Resolver a TV

Sexta-feira tem reunião em Florianópolis da Associação de Clubes, pra tratar de assuntos pertinentes ao próximo Estadual, que inicia em 18 de janeiro.

Principal assunto: o televisionamento. A RBS e a Associação ainda não conseguiram rescindir o contrato com a RIC/Record assinado em 2006 e que vale até o ano que vem. Segundo o que apurei, o dinheiro da cota a ser paga pela RBS já está disponível aos clubes. Mas e se a Record vencer a disputa e transmitir o próximo campeonato, como é que fica?

Faltam 40 dias pro campeonato começar, e do jeito que a coisa tá andando, vai se resolver às vésperas do início. Isso se resolver.

Um comentário:

  1. A única forma de consertar esta ca**** é ver se existe a possibilidade de rescindir este contrato, inclusive pagando multa.

    As cotas que a RIC está pagando são RIDICULAS, e parece que não está querendo reajustar. Além disso, beneficia totalmente o Figueirense, Avaí e Criciuma, que ficam com nada menos que 75% do total.

    Se for feito tudo dentro da lei, vamos fazer. Os clubes não podem ser penalizados por um erro, se ainda der tempo para consertar. Além de pagar muito mais, a divisão entre os clubes proposta pela RBS (pelas informações que tenho) é muito mais coerente, propondo 50% em vez de 25% para os 7 clubes chamados pequenos.

    ResponderExcluir