sábado, 12 de abril de 2008

Basquete Teletransportado

Jogavam Univates/Bira x Saldanha da Gama pelo Nacional de Basquete Masculino e tudo corria relativamente bem, aquele jogo chato e tal, coisa do baixo nível de um Campeonato sem os Paulistas, até que quando faltavam 17 segundos pro fim do jogo, a energia elétrica acabou no ginásio por causa de um temporal daqueles que acabou caindo. Aí conversa vai, conversa vem, decidem esperar duas horas pra ver se volta. Não voltou.

Como os caras tinham que viajar pra jogar com o Joinville no domingo, não dava pra remarcar, então a solução encontrada foi simplesmente transferir os 17 segundos finais pra outro ginásio, a uns 6 km de distância. E lá foi todo mundo, times, juizes, mesários, torcida, diretoria, moscas, enfim. Chegaram lá, recomeçou, deram dois arremessos e acabou o jogo.

Cousa linda.

Jogo Ameaçado

Do Jornal A Notícia, de hoje:

Por causa de salários atrasados, jogadores do Cidade Azul resolveram não treinar ontem à tarde e deixaram o técnico Arnaldo Lira falando sozinho no meio do campo. E se o clube não quitar a dívida hoje, em dinheiro vivo, já decidiram que não enfrentam o Brusque amanhã. O presidente Pedro Almeida, que pegou o barco andando há dois meses, não merece passar por este constrangimento.

O Brusque paga em dia, e o time é uma porcaria. O Tubarão não paga, e pode escapar da degola.

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Operado pelo SUS?


Do Jornal Diarinho de hoje, falando sobre a situação do atacante Márcio Alcides, que está contundido e precisa de intervenção cirúrgica:

O que tá gerando o maior bafafá desde ontem é o caso do atacante Márcio Alcides. O jogador, que já deveria ter sido operado, tá encostado há mais de um mês e esta semana descobriu um detalhe grave: sua cirurgia, que precisaria ser paga pelo clube ou plano de saúde que o Marinheiro deveria ter, será feita pelo Sistema Único de Saúde, ou seja, quando Deus quiser. "É uma completa falta de respeito com o jogador. Eu não sou um funcionário normal do clube pra entrar na fila do SUS", desabafou Alcides.

Ontem pela manhã, ele foi a uma rádio da cidade e soltou o verbo. "Quando eu vi que as coisas estavam muito erradas aqui, resolvi falar. É um absurdo a maneira que o clube trata o jogador".

O atacante marcilista ficou puteado, já que cada dia que fica parado é um a mais no processo de recuperação. "Se precisar, vou processar o clube por isso. Já entrei em contato com meu advogado. Não vou pagar do meu bolso algo que o clube deve pagar". Márcio ainda lembrou dos 15 anos de carreira e dos clubes pelos quais passou. "Nunca fui tratado com tanto menosprezo assim, por clube nenhum", desabafou.

A diretoria não tinha falado com o jogador até o final da tarde de ontem e nem mesmo a reportagem conseguiu contato com a cartolagem marcilista pra falar sobre o assunto.


Em tempo: o Site do Marcílio, onde peguei a foto pra ilustrar esse post, ainda coloca como parte do plantel o Marcelo Vacaria, goleiro falecido em acidente, além de Dauri e Rogério Prateat, que foram dispensados.

Plano B

Diretores do Brusque, da ala que quer lutar para que o Clube participe da Divisão Especial, prometem colocar na rua na segunda-feira um plano para captação de recursos. Pretende comercializar espaços no Estádio entre empresas, e até a idéia de colocação de cadeiras na Arquibancada Coberta.

Se o projeto vingar, Inácio Schwartz sai para que um novo presidente assuma. Confesso que fiquei assustado ao encontrar o Inácio na terça a noite. Eu, que o conheço do tempo que foi meu treinador de basquete no Cônsul, sempre motivador e vibrante, estava quieto e observador. Doeu a paulada do rebaixamento. Mas sempre terá o nosso respeito.

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Zebra no STJD!

Criciúma e Avaí estão muito perto de perderem o mando de campo nos jogos finais do Estadual. O STJD, no Rio de Janeiro, negou remeter de volta o processo para o Tribunal de Santa Catarina, e iniciou agora a votação.

O Relator votou a favor da perda de 4 mandos e 40 mil reais de multa para o Avaí e 20 mil reais e 2 mandos para o Criciúma.

Julgamento AO VIVO você pode acompanhar CLICANDO AQUI

Atualização do Post: As 16:26, os Auditores em sua maioria não acompanharam o voto do relator e absolveram o Avaí, o Criciúma e também o técnico Leandro Machado. Todo mundo tá livre. Só quem perdeu foi o Seu Ivo.

A Batalha da Fusão - Parte 2

Em entrevista ao repórter Marco Aurélio, da Rádio Cidade, e que irá ao ar hoje a noite, o presidente do Brusquense, Nelson Klabunde, afirma que "não tem legitimidade alguma" a Comissão Provisória de Sócios que pretende barrar a incorporação com o Brusque Futebol Clube.

"Quem assinou a nota são dois covardes que nem colocaram o seu nome. Isso é uma piada e não estão autorizados a usar o nome do Brusquense", descascou Klabunde.

Conversei com diretores dos clubes que me garantiram que não haverá impedimento legal, pois tudo será feito à luz dos dois estatutos. Só não foi feito antes pois o estatuto do Brusquense só permite a alteração a partir de maio.

quarta-feira, 9 de abril de 2008

O Pesadelo acaba na terça

Confirmado: Marcílio Dias x Brusque encerram suas participações bem antes de todo mundo no Estadual. O jogo entre os dois times, pela última rodada, foi confirmado para a próxima terça-feira, dia 15, as 15h30min, no Dr. Hercílio Luz.

E o jogo Brusque x Tubarão será mesmo no Augusto Bauer, no domingo, as 16h. A história é interessante: a diretoria queria pagar a punição e jogar fora da cidade, mas não encontrou estádio disponível nos arredores. Então o clube acabou entrando com o efeito suspensivo para jogar em casa.

A nova Série C

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, comunicou às Federações filiadas as modificações que serão feitas, a partir de 2009, no Campeonato Brasileiro da Série C. A nova Série C será constituída por 20 clubes - os classificados do 5° ao 20° lugar (16 clubes) da competição em 2008 e os quatro que sofrerem decesso na Série B igualmente em 2008.

No mesmo ofício, foi comunicada a implantação da Série D em 2009. A competição será disputada por 40 clubes, oriundos dos campeonatos estaduais, de acordo com os critérios técnicos de classificação.

Ou seja, Metropolitano e Marcílio Dias terão uma chance de ouro para garantir calendário. Precisam chegar até a terceira fase.

A Batalha da Fusão - Parte 1

O Projeto de Fusão, ou incorporação dos patrimônios, como as diretorias de Brusque e Brusquense gostam de chamar, promete não ser tão simples e tranquilo quanto se espera.

A Imprensa recebeu hoje uma convocação assinada pelo ex-presidente do Carlos Renaux, Antônio Abelardo Bado, o Badinho, em nome de uma "Comissão Provisória de Sócios do Brusquense", convocando os sócios patrimoniais do clube inscritos até março de 2005 para uma assembléia no próximo dia 18, na sede do Circolo Trentino, a fim de tentar barrar a união patrimonial do Brusque e do Brusquense.

Para esclarecer quem está por fora, a situação atual é a seguinte: Badinho não faz mais parte do corpo diretor do clube faz tempo, depois de entrar em rota de colisão com Nelson Klabunde, o presidente, e principalmente com Juca Loos, também ex-presidente tricolor. Klabunde, Juca e mais Jair Vargas, outro ex-presidente, negociam com o Brusque esta união, com aprovação do atual conselho e da maioria dos sócios do Brusquense. Acontece que Badinho fará de tudo para evitar essa incorporação, a qualquer custo.

Esta batalha promete outros capítulos, e estaremos de olho.

Quanto antes terminar, melhor

O Presidente do Marcílio Dias, Marlon Bendini, entrou em contato com a diretoria do Brusque tentando marcar o jogo entre os dois times, pela última rodada, para a próxima terça-feira, as 15:30, em Itajaí. O Brusque prefere jogar na quarta a tarde. Acaba o jogo, pagam-se as rescisões e passa a régua. Nem precisa esperar o final de semana, já que o jogo não vale pra nenhum dos dois.

terça-feira, 8 de abril de 2008

Oficial: Portas Fechadas

Em reunião na noite desta terça, a diretoria do Brusque decidiu: não irá participar do Campeonato da Divisão Especial no Segundo semestre, por falta de recursos. O clube planeja retornar apenas em 2009.

Existe uma possibilidade da partipação, caso apareça um fato novo que mude o cenário e traga um bom investimento para o clube. O prazo é 25 de abril, mas nada indica que o panorama irá mudar.

Mais uma notícia triste neste dia: o clube perdeu o mando de campo em uma partida, mais 1000 reais de multa, pelos incidentes no jogo contra a Chapecoense, onde uma garrafa d´água e um saco de pinhão foram atirados na assistente Cleidy Mary Ribeiro. A diretoria estuda se entra com efeito suspensivo para enfrentar o Atlético Tubarão em casa. Mas como o jogo não vale nada, há grande chance do Brusque pagar esta punição.

Um dia triste para o Futebol Brusquense.

Vôlei nas Finais


O jogo foi no domingo pelas semifinais da Superliga, mas cabe aqui falar um pouco do time do Brasil Telecom de Voleibol, que mais uma vez perdeu para um ótimo time, o Osasco,mas também para a sua irregularidade. Após vencer o primeiro set, perde os dois seguintes por grande desvantagem (25-16 e 25-10), vence o quarto e acaba se entregando no tiebreak. Tá certo, o Finasa é favoritíssimo ao título, mas não dá pra entender.

O público foi bom, mesmo com o horário ridículo (meio-dia)imposto pela televisão. A segunda partida será no sábado, as 10 da manhã, com transmissão da TV Globo.

O jogo de domingo poderá ser o último do time do Brasil Telecom em casa. Explica-se: a OI/Telemar confirmou na semana passada a compra da Brasil Telecom, e não se sabe o que os novos donos pensam dos seus investimentos, nem se pretendem manter o time para a próxima temporada. O clima é de apreensão dentro da AD Brusque.

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Brusque às traças

Clima de fim de festa no Brusque. A comissão técnica, depois da derrota para o Avaí na sexta, deu três dias de folga ao Grupo, que só volta aos trabalhos amanhã, terça.
Mais difícil ainda é encontrar o Presidente e o Assessor de Imprensa, seus celulares não respondem. O Site do clube ainda destaca a derrota em Criciúma, na semana retrasada.

Desolação total.

Dinheiro em Caixa

Do Portal Engeplus:

Passar por Baraúnas e Icasa já rendeu ao Criciúma, na disputa da Copa do Brasil, valores suficientes para pagar boa parte da folha salarial dos jogadores do clube. Com uma folha estimada em R$ 250 mil, o Tigre ganhou pouco menos que isso pelas classificações nas duas fases anteriores da competição nacional.

Ao eliminar o Baraúnas, o Criciúma garantiu R$ 41 mil. Eliminar o Icasa rendeu para o Tigre mais R$ 41 mil. A garantia da vaga nas oitavas de final, independente do resultado frente ao Vasco, rende ao Criciúma mais R$ 150 mil. No total, são R$ 232 mil. O campeão da Copa do Brasil tem direito a R$ 1,5 milhão.

domingo, 6 de abril de 2008

Faltam só 2 rodadas...

... e Criciúma e Avaí precisam manter-se no foco no próximo final de semana, pois o Figueira está quieto, de tocaia, esperando pra dar o bote. No primeiro turno, a situação era parecida: os dois foram para a penúltima rodada certos que venceriam Guarani e Chapecoense. Perderam, e o Figueirense garantiu vaga na final. A situação é muito parecida, apenas com o mando de campo invertido.

Tirando os 6 a 1 em Juazeiro do Norte contra o Icasa, o Criciúma não fez boas apresentações nos últimos dois jogos pelo Estadual: venceu em casa o Brusque por um magro 1 a 0 e voltou a empatar com o Tubarão, desta vez sem gols. O Avaí vem de duas vitórias, sendo um clássico, mas não me encheu os olhos na vitória por 3 a 0 contra o Brusque. E jogará em Chapecó, onde o time da casa, mesmo eliminado, é forte. Se houver uma "ajuda" vinda de Criciúma, tornaria a partida ainda mais interessante.

O Figueirense não tem pressão. Enfrentará o já eliminado Marcílio Dias em casa, e aguarda os acontecimentos. Tigre e Leão que prestem atenção, pois a meteorologia diz que um Furacão está em formação, e poderá destruir caso os ventos favoreçam.

Ajuda carbonífera

Deu no portal Engeplus, por Denis Luciano:

O Criciúma poderá comemorar o título do segundo turno do Campeonato Catarinense já no próximo final de semana. Para isso, precisa vencer o Guarani de Palhoça no Heriberto Hülse e torcer por derrota do Avaí para a Chapecoense no Índio Condá. E ainda tem o Figueirense, que venceu o Metropolitano, e se passar pelo Marcílio Dias chegará na última rodada com chances matemáticas de alcançar o Tigre.

Na Chapecoense, o presidente vê com gosto a possibilidade um auxílio financeiro para ganhar do Avaí. "Não há problema algum em o Criciúma oferecer algo para os nossos jogadores", comentou Edir de Marco. Nesta rodada, o Avaí teria oferecido R$ 10 mil para o Atlético Tubarão vencer o Criciúma. "Todo o incentivo para ganhar é válido", afirmou o presidente, que lembra que no turno a Chapecoense venceu o Avaí na Ressacada.

Música do Domingo: "Volta por Cima"

Em homenagem às torcidas de Brusque, Juventus e Atlético Tubarão, a Música de Domingo traz "Volta por Cima", sucesso de Noite Ilustrada e cantado por Maria Bethânia. Só clicar no Play.

É isso aí, levanta, sacode a poeira e dá volta por cima!

Get this widget | Track details | eSnips Social DNA

Bem-vinda, Xanxerê!


Mais um clube que vai figurar na Segundona 2008, e mais um do Oeste: o Clube Esportivo Olímpico, da simpática Xanxerê, Capital do Milho, solicitou à FCF sua inscrição na Divisão Especial deste ano, tentando ser o segundo clube oestino a figurar na primeira divisão do Futebol de Santa Catarina.

Coincidentemente, Xanxerê adotou o último time do Oeste a fazer parte da primeira divisão junto com a Chapecoense: Foi o Botafogo de Xaxim, que participou do Estadual de 1999 mandando seus jogos no Estádio Josué Anoni, onde ficou na última colocação, sendo rebaixado para o ano seguinte.

Xanxerê que já teve dois times profissionais na história recente: O Olaria e a Xanxerense. E agora, o Olímpico. Que bom saber que mais uma importante cidade do Estado terá participação no Futebol Profissional.

Aproveitando, também aproveito para desejar as boas vindas ao Juventus de Jaraguá do Sul, que carimbou seu passe pro andar de baixo ao empatar em 5 a 5 com o Guarani. O Atlético de Tubarão é o próximo da fila.