sábado, 16 de agosto de 2008

Marcílio não participará da Copa SC

No site oficial do Marcílio, foi publicada uma curta nota oficial, dizendo que o clube não participará da Copa Santa Catarina, pois "As dificuldades financeiras são grandes e não temos como atender as expectativas dos torcedores". Li hoje que a FCF vai tentar convencer um outro time a entrar na Copinha. O Presidente Delfim disse que a Copa vai acontecer com um mínimo de 5 times, número confirmado até agora.

Aliás, o Site do Marcílio está provocador. Recheado de notas tirando onda da situação que o clube se encontra, tendo que jogar de novo em Toledo. Ao invés de trazer as notícias do clube, traz matérias dos outros times, e fala que o Internacional de Santa Maria só tem 11 jogadores para colocar em campo contra o Engenheiro Beltrão.

Parece que um torcedor está administrando o site, e não um assessor de imprensa.

Vai ou não vai

Diretoria do Marcílio Dias pensou seriamente na possibilidade de não viajar para Toledo, para disputar novamente a vaga na segunda fase na Série C.
Mas depois de pesar os prós e contras, resolveram ir pro jogo.

Só faltava agora o STJD colocar que se der empate no jogo em Toledo vai ter que ter decisão por pênaltis. Afinal, se der empate os dois classificam, e vai ter gente ainda achando que teve treta.

Já os outros clubes do mesmo Grupo já estão desmontados. O técnico do Inter de Santa Maria à época, Paulo Porto, está em Blumenau treinando o Metropolitano há quase um mês.

Valeu César!


O nadador mais rápido do mundo. Sem mais palavras.

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Fedeu!

O STJD usou Marcílio Dias e Toledo como bodes expiatórios, na minha opinião. Até no próprio discurso, deixaram claro que queriam dar exemplo visando a Copa de 2014. Os jogos da última rodada do Grupo 16 foram anulados, vão ser jogados de novo e o zagueiro Rafinha foi banido do futebol. Ba-ni-do. Nunca mais.

Vamos aos fatos: Inter-Sm e Engenheiro Beltrão desmontaram o time, e o jogo Marcílio e Toledo terá que ter um vencedor. Sei lá, acho que já teve tanta coisa pior, que acho que o tribunal quis aparecer, sinceramente. Se fosse o Flamengo ou o Corinthians isso não ia acontecer.

Sou contra a punição pro Rafinha. Como ele disse naquela entrevista, é pai de família e vários jogadores teriam "acertado" o resultado. Por que punir só ele? Achei injusto. Que suspenda ele por 5 jogos, como foi feito. Agora, banir o coitado é exagero. Ele merece ir na Justiça Comum para rever o seu direito de trabalhar como qualquer cidadão.

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Confusão no Estadual de Futsal

Deu no Engeplus, por Dênis Luciano:

Faltando pouco mais de uma semana para o início da segunda fase do Estadual de Futsal, uma confusão está armada. Ninguém sabe com quem jogará, a tabela sequer está divulgada e a Federação Catarinense de Futsal, de quebra, quer mudar a fórmula de disputa. Neste impasse, está a Unesc / Siderópolis, representante do sul do estado na Divisão Especial.

O regulamento determina que os 10 times classificados devem ser distribuídos em duas chaves de cinco, das quais se classificariam oito, que disputariam play-offs em mata-mata até a decisão. Porém, a FCFS quer diminuir para dois os classificados por grupo, o que está indignando a maioria dos clubes.

Um movimento liderado por São Miguel d´Oeste, que foi vice-campeão da primeira fase, está buscando assinaturas dos demais clubes protestando contra a intenção da Federação. O clube do oeste está buscando o apoio da Unesc/Siderópolis.

Se a fórmula original for mantida, Siderópolis terá como adversários Joinville, Unisul, Joaçaba e Concórdia. Na outra chave estariam Malwee, Colegial, São Miguel d´Oeste, Xaxim e São Bento do Sul. O início da segunda fase está marcado para o dia 16 de agosto.


Além de criar regulamentos esdrúxulos, como aquele da Primeira Divisão que tem Grupos de 4 times que não eliminam ninguém, a Federação de Futsal quer mudar um regulamento já aprovado, no meio do campeonato.

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Paraná encerra parceria com o Blumenau

Abaixo, Nota Oficial que recebi de Julia Abdul-Hak, Assessora de Imprensa do Paraná Clube:

O Paraná Clube informa, através desta, que, contrariando nossa expectativa, a parceria entre o clube e o Blumenau Entretenimentos Comunitários Ltda. chegou ao fim. Nesta segunda-feira, 11, após o primeiro mês da sociedade, ficou constatado que não seria possível continuar com a mesma.

Os motivos que levaram ao fim da parceria referem-se tão somente ao não cumprimento de diversos itens do acordo por parte do Blumenau Entretenimentos Comunitários Ltda., que deveria ser o responsável pelo pagamento de parte do salário dos atletas cedidos pelo Tricolor Paranaense e, além disso, deveria ter oferecido estrutura para treinamentos, cuidados médicos, alimentação e moradia adequadas.

Como praticamente nenhum dos requisitos foi cumprido, o Paraná Clube solicitou o retorno de seus atletas e profissionais para a Vila Olímpica do Boqueirão, em Curitiba. Diferente do que foi acordado, o Blumenau Entretenimentos Comunitários Ltda. não deu assistência aos profissionais e atletas emprestados pelo Paraná Clube. Em algumas oportunidades, inclusive, atletas retornaram à Curitiba para que pudessem realizar tratamento médico após lesões.

A diretoria do Paraná Clube lamenta o término da parceria, já que os atletas e comissão técnica destacados para Blumenau foram muito bem recebidos pela população catarinense. Além disso, o Tricolor Paranaense esperava, com esta parceria, fortalecer os laços com de carinho com os torcedores de Santa Catarina, muito importante para nós.


Atualização das 19:00: A FCF confirmou que o BEC desistiu de disputar a Divisão de Acesso, já que não teria nenhum jogador inscrito para tal. Com isso, apenas cinco times irão disputar o Campeonato que começa domingo: O Videira, que vai enfrentar o Itapema; o Porto, que vai jogar em União da Vitória (PR), que pega o Atlético Chapecó de Guarujá do Sul, folgando a equipe do Santa Catarina de São Francisco, que enfrentaria o BEC.

É, não deu certo o novo BEC...

Parada boa

Toda essa pendenga envolvendo o Marcílio Dias e o Toledo tem uma vantagem, ainda mais depois do STJD em Primeira Instância dar ganho de causa aos dois clubes no caso da suposta armação.

Sérgio Ramirez está lapidando o time, juntou contratações e treina muito. Pra acertar a equipe.

Única baixa foi o zagueiro Vítor, que rompeu o ligamento e deverá ir pra fila do INSS, assim como aconteceu com outros jogadores do clube.

Ainda quero ver como a CBF vai equacionar a paralisação da Chave de Marcílio, Toledo, Caxias e Brasil. Os outros grupos tão em pleno andamento, e poderão faltar datas.

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Televisivas

Duas da Televisão:

- Parabéns pro papelão da TV Barriga Verde, ou TVBV, que hoje de manhã cortou a transmissão da medalha de bronze do Thiago Camilo pra passar programa da Igreja Universal. Depois não vale reclamar que a audiência da concorrente é maior.

- A segunda é pra quem quiser ver o jogo Avaí x Corinthians hoje, pela Série B. A Globo, dona do Sportv, bem espertinha, não vai passar o jogo pra toda Santa Catarina, ao invés de cortar o sinal apenas pra Florianópolis, como é de praxe. Quem ligar sua Sky ou NET hoje, tem que se contentar com Marília x Bahia. Ou paga o Pay-per-view, ou espera pra ver o VT na RedeTV! as 11 da noite.

Ou assista o Jogo ao vivo pela internet com vídeo e tudo Clicando aqui, ou aqui.

Terreno do Estádio do BEC abrigará quatro prédios

Matéria da Folha de Blumenau. Triste pra quem tem lembrança daquele simpático Estádio na Rua das Palmeiras....

O Conselho Municipal de Planejamento deu o sinal verde para o Grupo LN – Construtora, Incorporação e Hotelaria, de Curitiba, iniciar o projeto de construção do empreendimento no terreno do antigo Blumenau Esporte Clube (BEC). Com área de 20 mil metros quadrados, o espaço terá quatro prédios de 20 andares, com 100 apartamentos cada, 540 vagas de garagem, centro comercial, e uma rua que vai ligar a rua Amazonas e a Alwin Schrader.

A assessoria do Grupo LN afirmou que apenas o arquiteto Luis Napoleão estava autorizado para falar sobre o empreendimento. A Folha tentou ouvir Napoleão, sem sucesso. Até o fechamento dessa edição, ele não retornou as chamadas.

O antigo estádio do BEC

Área total: 20 mil metros quadrados
Localização: Alameda Duque de Caxias, s/nº – Centro
Capacidade: 4 mil pessoas
Ano de inauguração: 1961

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Carinho, e se precisar, porrada!

Recebi do meu amigo Daniel Kuhnen, e passo pra vocês:

A Polícia Militar está preparada para o confronto entre Avaí e Corinthians, nesta terça-feira, às 20h30min, no estádio da Ressacada, pela Série B do Brasileirão. De acordo com o major Newton Ramlow, comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, 320 policiais vão fazer a segurança. Outros 40 estarão à paisana.

A principal preocupação é com a Gaviões da Fiel, torcida do Timão. Segundo o comandante, cerca de 30 ônibus virão a Florianópolis e alguns serão recebidos pela Gaviões Alvinegros, do Figueirense.

"Eles vão ser recebidos com amor, carinho, dedicação e, se precisar, porrada" — afirmou Ramlow.


Essa frase foi boa...

domingo, 10 de agosto de 2008

Várzea!!

Duas presepadas que só acontecem no Futebol Catarinense. Dois fatos distintos que aconteceram neste domingo, e DUVIDO que terão punição.

- O Time do Concórdia chegou ao Estádio Augusto Bauer dez minutos antes do início do jogo, claramente para retardar o início da partida com o Brusque, para saber o que estava acontecendo em Timbó, em Grêmio x Joaçaba. O pessoal do CAC é tão ingênuo que nem sabe mentir: um diretor do clube em entrevista à Rádio Cidade disse que o ônibus quebrou. O técnico Ilton disse que o motorista se perdeu nos semáforos em Blumenau. Detalhe: Quem vem da BR470 do Oeste para Brusque não entra em Blumenau, e sim atravessa o centro de Gaspar. Se forem usadas as entrevistas gravadas, dá punição sim!

- O jogo Imbituba x Próspera não aconteceu. A falta de uma ambulância no estádio Anibal Torres Costa não permitiu a realização do jogo. Com a interdição do estádio Vila Nova, o Imbituba não providenciou o pedido do serviço de ambulância, o que prejudicou o confronto em Tubarão.
Os dois times aceitaram jogar sem ambulância no estádio (o que é proibido). Porém, a decisão foi do árbitro. Cleiton Damaceno Paz optou por não autorizar a disputa do jogo (corretamente, diga-se de passagem). Os poucos torcedores que foram ao Anibal Costa receberam de volta os valores pagos pelos ingressos. A súmula será encaminhada à Federação Catarinense de Futebol que julgará qual providência será tomada.
Teria que dar uma punição ao Imbituba pela negligência, mas acabará em pizza.