sábado, 13 de setembro de 2008

O jogo dos piores

Joinville abrigará hoje a tarde o jogo dos piores times da Divisão de Acesso. Santa Catarina e Atlético de Guarujá do Sul se enfrentam em um jogo que não vale rigorosamente nada, que primará pelo excesso de ruindade.

Mais um jogo pra público zero no Ernestão.

O Costa Esmeralda já está na final do primeiro turno e folga amanhã. Espera o seu adversário, que sai do jogo Porto x Videira, em União da Vitória, no Paraná.

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Tabela da Especial alterada. Juventus estréia semana que vem

Agradeço ao Julimar Pivatto do Correio do Povo pela informação. O jogo Juventus x Hercílio Luz, na abertura do returno da Divisão Especial, foi transferido para dia 21, domingo da próxima semana, devido às reformas (aleluia) do gramado do Estádio João Marcatto. O Hercílio jogaria contra o Imbituba no dia 21, mas haverá um show da Ivete Sangalo no Estádio Aníbal Costa, o que transferiu a partida dos dois times do sul para a Quarta 24.

E uma má notícia para a torcida jaraguaense: A Rádio Amizade FM, de Corupá, mandou avisar que não transmitirá mais os jogos do Juventus na Segundona, mantendo o foco apenas na participação da Malwee no Estadual de Futsal. O motivo, segundo a direção da emissora, é a dificuldade para venda de patrocínios. Resta ao torcedor jaraguaense apelar para as emissoras das cidades dos times adversários, já que nenhuma emissora de rádio de Jaraguá do Sul transmitirá as partidas. A fase é negra mesmo.

Goleada inesperada

O Marcílio Dias não foi o time de excelente campanha até agora na Série C e tomou de 5 do Guarani, em Campinas.

Não é o fim do mundo. Foi só o primeiro jogo. E a primeira derrota do Sérgio Ramirez.
Acho sim que houve um clima de auê pela classificação. Mas a partir do jogo de quarta em casa é bom voltar ao foco. Time que quer classificar tem que fazer o dever de casa e buscar uma vitória fora. Basta isso pra ir pra fase final.

Candidatos da Bola: Sérgio "Badá" Badalotti

Continuando a série dos Candidatos do meio esportivo, vamos a Chapecó. Quem se lembra do programa "Clube da Bola" que passava na finada Rede SC/SBT? Aparecia a figura do Badá, defensor ferrenho da Chapecoense e do seu Grêmio.
O hoje comentarista da RIC-Record e da Rádio Super Condá tenta seu primeiro mandato como vereador em Chapecó.
Conheço a peça. É gente boa e meio doido. Se ele for eleito, vai dar um "borbuiamento" dentro da Câmara.

Esse pessoal podia arrumar umas fotos melhorzinhas pra colocar na urna né?

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Quer responder, fala!

Meu avô, o jornalista Wilson Santos vivia em telhado de vidro. Criticava quem merecia, e as vezes recebia respostas dos criticados, as vezes não muito educadas.

Não tenho a experiência do velho Wilson, que nos deixou há três anos. Mas tem coisa que eu vejo que é de irritar.

Duas semanas atrás, escrevi na minha coluna do jornal "Município dia-a-dia", o qual o seu Wilson foi editor na sua fundação, que estão usando o esporte paraolímpico em Brusque pra fazer política e criando brigas pessoais, colocando no meio do fogo cruzado vários deficientes mentais, que nem sabem do que está acontecendo. Citei que estava colocando o dedo em uma ferida, pois as duas equipes que existem aqui em Brusque não se bicam. Eu, que tenho um especial na família (meu tio Alexandre, filho caçula do Wilson), sei bem como é isso.

Não demorou um dia, recebi um email do Marcos Maestri, presidente da entidade ligada à prefeitura. Ele já admitiu que recebe salário da Prefa. Ele, quando foi na TV, questionado sobre o porquê das equipes não agirem juntas, ele não me respondeu. Acabou o programa, ele me entrega uma série de documentos sobre o técnico do outro time. Coisa que não tem nada a ver com o assunto. Essa semana na Rádio, lá estava ele. Ao invés de ter me questionado, ou debatido sobre o assunto, ele me entregou uma cópia do email que tinha me mandado.

Isso me irrita. Gente que entrega resposta pronta impressa em papel e não fala na lata, quando tá frente a frente.

Outro dia aconteceu outra dessa. Escrevi sobre outra divisão, desta vez das equipes de natação. O diretor de uma das equipes foi lá na TV. Ao invés de trocar uma idéia, ele fez o que? Entregou uma carta!

Por isso que o esporte brusquense não vai pra frente. Não há comunicação, o pessoal tem medo de falar, não aceita crítica construtiva...

Pra quem tá pensando em entrar nesse ramo do jornalismo esportivo, uma dica de experiência própria: respire fundo nessas situações, porque tem hora que dá vontade de falar o que tu pensa e pode dar mais problema.

Qualquer um, menos o Dadá

Torcedores do Brusque, preparem-se...
A FCF escalou o pior juiz do Sul do Mundo pra apitar Joaçaba x Brusque no domingo.
João Fernando da Silva, o Dadá, vai comandar o jogo.

Deus, me dê paciência...

TJD baixa o sarrafo

A sessão de julgamentos do TJD em Balneário Camboriú foi agitada nesta terça. Alguns processos polêmicos foram a julgamento, e o Tribunal agiu com rigor.

Começamos com o Guarani de Palhoça, que desistiu da Segundona, mas ainda tem processo correndo no STJD. Tomou multa de 10 mil reais e proibição de participar dos próximos 2 campeonatos. Ou seja: se o Bugre quiser voltar na Divisão de Acesso do ano que vem, vai ter que fundar um clube com novo nome. Se não, só em 2011.

Depois veio o caso Imbituba x Próspera, jogo que não aconteceu por falta de ambulância. Primeiro, multa de 200 reais pro árbitro Andrei Cancelier Medeiros (multar um juiz em um jogo que não aconteceu?) e multa de mil reais pro Imbituba. Detalhe: não fala nada em dar os pontos ou a vitória ao Próspera, nem se acontecerá outro jogo.

Ainda não foi julgado o WO dos juniores do Imbituba, que acarretará na eliminação da Divisão Especial, se o regulamento for respeitado.

O Cheiro de Pizza tá grande.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Joaçaba em crise antes da estréia

O primeiro adversário do Brusque na estréia do returno da Especial está numa nhaca desgraçada. O Joaçaba passou por uma crise grande durante este mês sem jogos oficiais.

Primeiro, o meio-campo Edimário entrou em atrito com o técnico Tronchinha e acabou deixando o clube. Depois, o time fez um amistoso contra o Grêmio B e tomou um prejuízo grande. Depois, dois jogadores tomaram 120 dias de suspensão no julgamento do TJD: Valdeci e Jean. Além deles, não jogam domingo Luciano, Everton e Patrick, dispensados, além do meia Alexandre e do zagueiro Carlão, também fora do jogo.

O Brusque fará uma reunião amanha com um só assunto: deixar o título do primeiro turno de lado e manter o foco no título. E, de preferência, com uma vitória fora de casa na primeira rodada.

Candidatos da Bola: O Margarida

Apresentamos recentemente aqui no blog a candidatura do José Acácio da Rocha para vereador em Itajaí. Então vou aproveitar pra apresentar alguns dos boleiros que estão buscando os sufrágios dos eleitores para ganhar um espaço na política.

A vítima de hoje é Clésio Moreira dos Santos, o Margarida (a foto é a que aparecerá na urna), um dos árbitros mais amados pela torcida do Avaí (por causa da final do Estadual de 99). Ele, que tem 49 anos é candidato a vereador em Palhoça pelo PL.

O número é sugestivo: 22.024.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Público ZERO na Terceirona!

Olha, uma vez eu me peguei pensando se um dia eu veria um borderô de jogo profissional com renda zero. E achei. Não só um, como dois jogos.
E há provas.

No último final de semana, pela Divisão de Acesso, os jogos Atlético Chapecó 0 x 1 Costa Esmeralda, em Guarujá do Sul, e Santa Catarina 0 x 1 Porto, no Ernestão em Joinville, tiveram os borderôs zerados, sem renda alguma, nenhum ingressinho vendido.

O time da longínqua Guarujá do Sul estreou como mandante sem público, e ainda dando calote na arbitragem, que viajou longe até quase a divisa com a Argentina e voltou sem um tostão no bolso. Isso é tortura.

E não é jogo de portões abertos não, a Federação não permite.

As provas do crime: Clicando aqui, o Borderô do jogo de Guarujá. Clicando aqui, você vê o documento da partida do Ernestão.

Eia Terceirona...

Inter tenta voltar à Segundona

Suspenso pela Federação até que venha saldar as suas dívidas de arbitragem não pagas, o Internacional de Lages tenta dar um jeito na pendenga, para estrear no returno da competição neste domingo, contra o Pinheiros.
Foi marcada para esta segunda-feira uma reunião com toda a diretoria e colaboradores do Colorado para decidir o futuro do time, que precisa arecadar 15 mil reais para pagar a divida com a FCF, e evitar a eliminação do time. Amanhã, as 20 horas, o Inter fará um jogo-treino contra um combinado amador, cujo ingresso custará 5 reais e um quilo de alimento não perecível. Ainda o clube possui à venda títulos de sócio e também fez uma rifa.

domingo, 7 de setembro de 2008

E o Brusque tá subindo...

Jogo emocionante. Um time que lutou contra um adversário que vendeu caríssimo a derrota. Esse foi o reflexo do Brusque, que bateu o Concórdia por 3 a 1 e ficou campeão do turno. Tá na final do campeonato, e se vencer também o returno, leva o caneco sem necessidade da final.

Não vou entrar aqui nas minhas críticas da tática. O time jogou com três volantes mas melhorou com o Flávio Guilherme no lugar do Neno. O time colocou QUATRO bolas na trave! Mas com o gol do Concórdia, no primeiro tempo, o técnico Suca teve que colocar o Paulinho em campo. Aí sim se viu um time ofensivo como eu sempre quis ver.

Escrevi aqui há um tempo que o Suca tem no banco um time pra ganhar jogo. E, atrás do placar, ele teve que se mandar pra frente. E apareceu um time focado, raçudo e rápido, que com esse título ganha uma moral enorme pra garantir esse título.

Ressalto a raça desse grupo. Teve jogador até chorando na rádio e falando do espírito de união que a equipe está encarnada. E quero aqui aproveitar pra parabenizar o excelente time do Concórdia. Um bom time, muito bem armado e que será a pedra no sapato no returno.

Caneco do turno garantido, hora de ir pro returno. Domingo começa tudo de novo, com o Brusque voltando a Joaçaba e ao simpático Estádio Oscar Rodrigues da Nova. Hora de voltar a pegar a estrada rumo oeste.