sábado, 27 de setembro de 2008

Coisas que não entendo...

Que o relacionamento entre as equipes e imprensa é importante, isso não resta dúvida. Tem que se haver uma "sintonia" entre os dois setores, e condições para que a gente possa fazer um bom trabalho.

Mas isso pára por aí. Ninguém quer mordomia, só um trabalho tranquilo.

Mas soube de uma coisa, que sinceramente me deixou bastante chateado. Aqui em Brusque, tem time que manda motorista para Joinville (115 km) para buscar um jornalista em especial somente para assistir um jogo, para levá-lo depois de volta.

Precisa disso?

Para baixo, e avante!

O Criciúma se reforçou e não consegue melhorar. Tomou três do Paraná e segue a passos largos rumo ao rebaixamento.

Contratou, contratou, e os reforços eram de qualidade limitada.

Já notaram que há uma semelhança entre as campanhas de Criciúma e Figueirense? Ambos estão seguindo o mesmo (perigoso) Script no Campeonato Brasileiro.

E hoje tem Avaí x Bahia, com casa cheia, na Ressacada.

Mais um time de SC na Liga Futsal

Deu no Engeplus:

Depois da Penalty, mais uma fornecedora de material esportivo está oferecendo vaga para a Unesc/Siderópolis disputar a Liga Nacional de Futsal. A Umbro, que detém duas vagas na competição, quer colocar o time do sul de Santa Catarina na disputa.

A sondagem ocorreu na última terça-feira. "Nosso principal compromisso é utilizar o material esportivo deles e arcar com alguns custos, além de oferecer um ginásio em condições de receber jogos da Liga", revelou o presidente da Fundação de Esportes de Siderópolis.

Conforme Vânio Nava, o interesse é total. "Basta definir alguns detalhes e sentar para conversar com os representantes da Penalty e da Umbro. Estamos muito bem encaminhados e Siderópolis, com os avais do prefeito e da universidade, estará na Liga em 2009", comentou, entusiasmado.

Quanto às necessárias reformas no ginásio 19 de Dezembro, recursos estão sendo captados em Brasília e a intenção é começar os investimentos em janeiro. A quadra deverá ganhar novas e mais amplas medidas para atender às exigências da Confederação Brasileira de Futsal.

"Para nós, adquirir uma vaga na Liga custaria até R$ 300 mil. Com essa oferta das duas empresas, podemos com um investimento de R$ 70 mil mensais montar um time em condições de disputar", observou Nava. A resposta definitiva a respeito do convite será dada em meados de outubro.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Brandão, o artilheiro brusquense

Meu amigo Maurício Haas, do Jornal "Município dia-a-dia", cara gente boa que só tem o defeito de ser gremista, me deu essa informação. E olha que me surpreendeu.
Falou do jogador Brandão, de 28 anos, artilheiro do Shaktar Donetsk, da Ucrânia, time que jogam também os brasileiros Luiz Adriano, Ilsinho, William e Fernandinho. Ele iniciou no União Bandeirante-PR, passou por Iraty e São Caetano antes de ir para a Ucrânia. Recentemente, foi sondado pelo Corinthians.

Mas o Maurício me chamou a atenção para um fato interessante: no seu site oficial, Brandão diz que é nascido em Brusque, em 16/06/1980. Aposto que ninguém aqui da cidade sabia que um jogador que faz sucesso na Europa é brusquense. Eu sequer imaginava.

Encaminhei um email pra ele pra saber melhor dessa história.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Roupa nova do Juventus/JEC


Esse jogador de camisa preta é do Juventus, que venceu o Hercílio Luz no domingo. O time de Jaraguá abandonou o grená e agora joga com uma camisa toda negra. E ganhou.

Mas pra mim ficou de gosto ultra-duvidoso. Aquela camisa listrada é muito mais bonita. Pra mim, uniforme preto só serve pra árbitro.

Nem em final o povo vai...

Essa terceira divisão do Estadual vai pra história. Depois de três jogos com público zero, eis outro acontecimento digno de registro.

Aconteceu domingo o primeiro jogo da Final do Turno, entre Costa Esmeralda e Porto, no Estádio Municipal de Bombinhas (eu que já veraneei lá, desconhecia a existência de um Estádio naquela linda cidade).

Mas nem em uma decisão o público vai. Apenas 19 pessoas pagaram ingresso pra ver a decisão, com renda de 155 reais.

Como que a FCF vai dizer que uma Terceira Divisão é viável em Santa Catarina?

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Catarinão 2009

Na sexta haverá a reunião que definirá a fórmula do Catarinense do próximo ano, no Hotel Marambaia, em Balneário Camboriú.

A FCF levará a seguinte proposta de regulamento pro campeonato: turno e returno, classificando-se para o quadrangular final o campeão de cada turno, mais dois times por índice técnico. Simples assim.

Outra informação confirmada é que os clubes respeitarão o contrato e a RIC Record será dona das transmissões em TV Aberta. Na Fechada, haverá o Pay per view do PFC.

Já que perguntar não ofende...

... o que levou a multinacional Umbro a patrocinar o péssimo time do Caçador?

domingo, 21 de setembro de 2008

Goleada para a história, de um time embalado

Não há muito o que dizer do Brusque que goleou o Caçador por 8 a 1 hoje a tarde no Augusto Bauer. Foi a mesma novela da partida em Joaçaba. Um time focado que jogou pra cima, sem dar bola para o placar. O Bruscão não esmoreceu, e provou que quem quiser vencê-lo na luta por uma vaga na primeira divisão vai ter que jogar muito. Mas muito mesmo.

Tá certo que o time do Caçador é terrível. Mas a rapidez do toque de bola do time, aliado à qualidade técnica e ao gramado do Augusto Bauer, que está muito bom, fez com que o time mostrasse o porquê é favorito ao título.

Rafael Bittencourt fez quatro gols e chegou à a artilharia isolada do campeonato, com nove. Rafael Xavier fez 3 e Flávio Guilherme um.

Domingo, encontro dos líderes em Lages. E o Inter não é o time do Caçador.

Os 8 a 1 do Brusque contra o Caçador se igualam ao mesmo placar contra o Joaçaba, em 17/08/1997, como a maior goleada aplicada pelo clube em uma partida oficial.