sábado, 13 de dezembro de 2008

Aniversário do Título

Hoje, 13 de dezembro, comemoram-se 16 anos do maior título que o Brusque conquistou, com a vitória no tempo normal e na prorrogação em cima do Avaí, em um Augusto Bauer lotado.

Abaixo, você terá imagens do jogo, que coloquei no Youtube. Essa fita VHS me foi dada pelo saudoso Joel do Valle, e ficará eternizada na memória de muitos. Vale a pena assistir, com imagens da extinta RCE TV (Hoje pertencente à RIC), Narração de Roberto Alves, comentários de Eládio Cardoso e reportagens de Renato Maba.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

RIC emite Comunicado

Demorou, mas a RIC-Record emitiu um Comunicado sobre o Caso do Estadual. E aproveitou pra dar um tapa com luva de pelica na FCF e nos Clubes. Resumi as partes principais (íntegra clique aqui):

A paixão dos brasileiros pelo futebol e sua competência nesta modalidade esportiva são reconhecidas no Mundo inteiro. Considerado o esporte mais popular do Brasil, em Santa Catarina também segue a regra, e mobiliza corações e mentes o ano inteiro, especialmente durante o Campeonato Catarinense.

Lamentavelmente, neste final de 2008, a Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina, a Federação Catarinense de Futebol, a Agência representante (Propague) e os Clubes de Futebol Profissional filiados, mais um Grupo de Comunicação concorrente (RBS), tentam passar por cima do contrato que a Rede Record detém para cobrir legitimamente o Campeonato até 2009.

Apesar da Justiça, em outubro do corrente ano, ter negado pedido de sustação da vigência do contrato, mantendo o direito da Rede Record continuar transmitindo com exclusividade os jogos que iniciam em janeiro do ano que vem, é fundamental que se teçam algumas reflexões sobre o ocorrido, pela gravidade do precedente que envolve.

A análise e a posição da Rede Record

A Rede Record entende que, mais do que esporte, competição e entretenimento, o futebol é um grande espetáculo, um empreendimento empresarial de grandes proporções, e também uma cultura que tem se aperfeiçoado continuamente: tanto do ponto de vista técnico e profissional, como no que tange à legislação, à ética e às normas regulatórias. Isto tudo foi uma exigência da sociedade e fruto da consciência amadurecida dos torcedores, da imprensa, dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e da Sociedade em geral.

(..) Neste contexto, a Rede Record reafirma que o futebol é também um produto de comunicação que deve respeitar os interesses do torcedor, dos patrocinadores e da comunidade. Na medida em que a Associação dos Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina e a Federação Catarinense de Futebol agem afrontando a ordem jurídica, isto passa a ser um péssimo exemplo para a sociedade e um desrespeito ao próprio futebol. (...) Contratos existem para serem cumpridos.

Postura ética em xeque

(...) Como aceitar que a Associação, a Federação e a RBS contrariem as normas jurídicas, desconsiderem um contrato anterior legítimo e manchem a ética negocial do futebol em nosso Estado? A Rede Record não concorda com tal postura da Associação e da Federação, que tentam, assim, macular não apenas o esporte, mas ofender aos próprios torcedores, ao mercado e à sociedade como um todo.

A filosofia e a postura ética da Rede Record não estão à venda por valores financeiros: dinheiro não é a questão principal a questão é postura e ética. A Rede Record sente-se no dever de honrar seus compromissos de cobertura, com qualidade e credibilidade, cumprindo o contrato assinado em 2006, para as temporadas 2007, 2008 e 2009. É o nosso jeito de trabalhar e respeitar o futebol, a Comunidade Catarinense e os valores da correção e da justiça, pelos quais os brasileiros têm tanto aspirado e trabalhado.

Os objetivos e as alternativas propostas pela Rede Record

Para que o futebol, o torcedor, os times e a sociedade catarinense não sejam prejudicados, portanto, o contrato vigente da Rede Record para 2009 precisa ser mantido, e a Associação e a Federação devem repensar suas ações e respeitar as regras do jogo com responsabilidade e, principalmente, honrar os contratos que assinam. Assim, estarão dando o bom exemplo que a situação demanda e que a sociedade merece e exige.

Caso contrário, todas as partes envolvidas correm o risco de sair perdendo, em decorrência da guerra de liminares judiciais que poderão vir a impedir por completo a própria transmissão televisiva do Campeonato 2009, o que fatalmente traria conseqüências desastrosas e irreparáveis para toda a sociedade.

Finalizando, a Rede Record manifesta seu desejo de participar da concorrência pela transmissão do campeonato catarinense de 2010. A fim de que isto aconteça, basta os signatários honrarem o contrato já assinado com a Rede Record, relembrar a história recente, e aguardarem apenas mais um ano até que se realize uma nova concorrência que irá valorizar ainda mais a importância do produto “Campeonato Catarinense de Futebol”.

Direção da Rede Record


Gostei do Comunicado mandado pela Record. Fala exatamente no que eu pensei. Contratos existem para serem cumpridos.

Catarinão 2009: RIC fala, e RBS vai pagar hoje

Numa bela matéria de página cheia, o jornalista Maurício Haas, do Município Dia-a-Dia, levantou a questão da briga pelos direitos de televisionamento do Estadual 2009, e traz novidades interessantes.

Além do que já informamos aqui, ele conversou com o Dr. João Martins, assessor jurídico da RIC, que afirmou que o contrato entre a emissora, clubes e FCF vêm sendo cumprido, e que não abrirão mão da transmissão. "Estamos honrando o contrato vigente e esperamos o mesmo das outras partes. Eles pediram a quebra, mas o juiz Paulo Ricardo Bruschi, da 2a. Vara Cível de Florianópolis, negou a liminar. A transmissão é da Record com exclusividade".

Já a RBS está atuando com tática pesada. O Presidente do Brusque, Danilo Rezini, disse em entrevista ao jornal que hoje à noite, no Hotel Mercure, em Florianópolis, acontecerá a reunião da Associação de Clubes, onde a RBS irá repassar a primeira cota de dinheiro referente aos direitos de transmissão. E os clubes, desesperados por dinheiro, vão receber uma grana que possivelmente terão que devolver caso o contrato com a Record não seja dissolvido.

Ah, e mais uma que apurei, por minha conta: não houve nenhuma assinatura de contrato de transmissão na quarta-feira na Sede da FCF, ao contrário do que informou o Roberto Alves no seu blog. Houve sim, um ato em que o Presidente Delfim homologou a alteração de tabela e a nomenclatura do troféu de campeão. Até porque um contrato assinado entre RBS e os clubes não tem valor jurídico algum, já que há um outro acordo em vigor, com a RIC.

Atualização das 11:10: Estou procurando no Site do Tribunal de Justiça o novo processo que tenta a rescisão e não localizo. Aquele processo citado acima (clique aqui para acompanhar pelo site do TJ) foi encerrado, depois do pedido de extinção solicitado pelo advogado da Associação, Dr. Luciano Ramos de Fávere. Só se houver outro, que até agora não achei.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Sopa de Letras


Rola uma outra letra pro JEC?

Fala, Danilo

Entrevista dada pelo Presidente do Brusque ontem, na Rádio Cidade. Triste com a falta de apoio dos empresários da cidade, ele diz que no dia 10 de janeiro precisa de 100 mil reais pra pagar a folha e não sabe de onde tirar. Ouça:

Get this widget | Track details | eSnips Social DNA

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

A nova Tabela

A FCF confirmou hoje, com a bênção da RBS, a modificação de tabela do Estadual 2008. Mesmo com a questão dos direitos ainda sem solução (o contrato com a RIC-Record ainda está em vigore não foi cancelado), o presidente Delfim soltou as novas datas. Algumas novidades:

- Ano passado, Avaí, Criciúma e Figueirense tiveram todos os jogos ao vivo no PFC. Esse ano, o Joinville também terá esse privilégio. Haverá rodada com 4 jogos ao vivo.

- A Taça de Campeão vai levar o nome da RBS.

- À exceção da primeira rodada, que terá a transmissão de JEC x Criciúma, já que Avaí e Figueirense jogarão em casa, e do clássico, que fica pro pay-per-view, em todas as outras a RBS TV transmitirá jogos ou de Avaí ou de Figueira jogando fora de casa.

Tabela da primeira rodada (só não vai ter jogo terça e sexta nesse estadual):

17/01 - Sáb. - 18h15min
Avai x Brusque(PFC)
18/01 - Dom - 17 horas
Metropolitano x Marcílio Dias
H. Aichinger x Chapecoense
Joinville x Criciúma(RBS E PFC)
19/01/2009 – Segunda - 20h30min
Figueirense x Cidade Azul (PFC)

Chutando Porta

O Presidente do Brusque, Danilo Rezini, saiu chutando tudo que tinha pela frente ontem, após a reunião da diretoria. Reclamou dos inúmeros "tapinhas nas costas" que tem recebido dos empresários, que o parabenizam mas não investem no clube.

A íntegra da matéria feita pelo Marco Aurélio, que será exibida a noite na Rádio Cidade, colocarei ainda hoje no Blog.

Dois contratos?

Notícia do site Acontecendo Aqui, de 27 de outubro:

Grupo RBS compra direito exclusivo de transmissão do Campeonato Catarinense 2009

O Grupo RBS assinou neste sábado, 25/10, o contrato de compra dos direitos exclusivos de transmissão do Campeonato Catarinense de futebol, de 2009 a 2011.
O acordo foi firmado com a Federação Catarinense de Futebol e com a Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina.


Texto do Blog do Roberto Alves de hoje (10 dez.)

O Grupo RBS assina nesta quarta-feira, às 15h, na sede da Federação Catarinense de Futebol (FCF), o contrato que lhe dá o direito de exclusividade para transmissão do campeonato estadual de 2009. Diretor da FCF e da Associação de Clubes recebe a diretoria do Grupo RBS para a solenidade em Balneário Camboriú.

Não tou defendendo nem esse nem aquele lado. Mas não tá estranha essa história de dois contratos assinados? Internauta comentou neste blog que a RIC desconsiderou por completo isso, tendo já 90% das cotas comercializadas.

Cabaré tá pegando fogo!

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

RBS vai anunciar tabela ao vivo

Vai pegar fogo o Cabaré!

Nota do site da FCF hoje:

A Federação Catarinense de Futebol comunica que amanhã (dia 10), às 15h, a RBS TV vai transmitir diretamente da nova sede da FCF a homologação dos horários dos jogos do Campeonato Catarinense da Divisão Principal 2009 que terão cobertura ao vivo

Resumindo: A RBS vai entrar no meio da programação da Globo pra anunciar uma coisa que não tem tanta importância, que é a mudança dos horários da tabela já existente, para adequar transmissões ao vivo pelo canal aberto ou pelo Premiere.

Entendo essa manchete no site da FCF como uma alfinetada na RIC. A acompanhar qual será a reação da emissora dos Petrelli nos telejornais da noite.

Ah que essa briga vai ser boa!

Atualizando

À exceção do Atlético Tubarão / Cidade Azul, todos os outros times já estão em movimentação pro Catarinense 2009.

Confira a lista dos treinadores das 10 equipes:

Figueirense - Pintado
Avaí - Silas
Criciúma - Indefinido
Marcílio Dias - Sérgio Ramirez
Brusque - Suca
Metropolitano - Paulo Porto
Atlético de Ibirama - Indefinido (ouvi o Roberto Gaúcho lá em Joinville dizer que tá próximo de acerto com o Hermann Aichinger).
Joinville - Leandro Campos
Chapecoense - Mauro Ovelha
Atl. Tubarão / Cidade Azul - Indefinido (tudo depende se vingar a parceria com o CFZ. Marcelo Cabo, que treinou o time na Copa SC, poderá voltar).

Reunião pra Resolver a TV

Sexta-feira tem reunião em Florianópolis da Associação de Clubes, pra tratar de assuntos pertinentes ao próximo Estadual, que inicia em 18 de janeiro.

Principal assunto: o televisionamento. A RBS e a Associação ainda não conseguiram rescindir o contrato com a RIC/Record assinado em 2006 e que vale até o ano que vem. Segundo o que apurei, o dinheiro da cota a ser paga pela RBS já está disponível aos clubes. Mas e se a Record vencer a disputa e transmitir o próximo campeonato, como é que fica?

Faltam 40 dias pro campeonato começar, e do jeito que a coisa tá andando, vai se resolver às vésperas do início. Isso se resolver.

Ovelha em Chapecó

O Eduardo, de Chapecó, leitor desse blog manda email com a informação da contratação do Mauro Ovelha pela Chapecoense e pede um comentário acerca disso.

Olha, primeiro que o Mauro ja tinha sido contratado pelo Santa Cruz-RS e já trabalhava lá há alguns dias. Resolveu abandonar tudo e se mandar pra Chapecó (e Agenor Piccinin assumiu o seu lugar no time gaúcho).

Na minha opinião, Mauro Ovelha não é técnico pra time que tem planejamento e tenta fazer algo com uma visão de longo prazo. Não duvido se os jogadores de sua confiança, como o Bênson, por exemplo, logo desembarcar no Índio Condá. Mas se a ACF tem uma visão voltada apenas pro Estadual e tem dinheiro pra trazer os atletas que o treinador pedir, é uma boa.

Os Geraldinos


Foto do meu amigo Dirlei Silva, no jogo Brusque x Sorocaba, domingo. Os braços dos Geraldinos do Estádio Augusto Bauer. Geraldino mesmo é aquele que, mesmo que se você der pra ele um ingresso de camarote, ele prefere ficar ali na beira do campo.

Morreu Lauro Soncini

Ontem, 8 de dezembro, foi o dia do Cronista Esportivo. E neste dia que é feito pra lembrar e homenagear a todos nós da lida diária, Santa Catarina perde um grande nome da história do Rádio Esportivo.

Morreu Lauro Soncini, aos 78 anos. Não tive a oportunidade de ouvi-lo no Rádio, mas o meu pai contou de sua importância.

Foi ex-jogador do Guarani, Atlético Catarinense, Figueirense e Avaí. Foi presidente da antiga Comissão Municipal de Esportes de Florianópolis, presidente do Clube Náutico Martinelli e um dos mais populares narradores esportivos do rádio catarinense. Em 1968, transmitiu a decisão do Catarinense entre Comerciário e Caxias, no Estádio Adolfo Konder. Viveu a era Paula Ramos, Metropol, América, de Joinville, Perdigão e Comerciário intensamente. Por causa de algumas palavras suas contra o Carlos Renaux, em Brusque, serraram a sua cabine. É a história do rádio esportivo e do futebol catarinense.

Fica registrada a homenagem.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Raciocinando

O Campeonato Catarinense engana muito...

Quem foram os finalistas do Estadual?

E como eles foram no Campeonato Brasileiro?

É uma prova que não se pode levar o exemplo do Catarinão pro Campeonato Nacional. O risco de quebrar a cara é grande. O Avaí tinha o melhor time, não foi pra final e se reforçou. Tá na série A.

domingo, 7 de dezembro de 2008

A Recopa é do Brusque: a cereja no bolo

Três títulos em um semestre. Três canecos depois de um humilhante rebaixamento na última colocação do Estadual desse ano. Nos Estados Unidos, costuma-se chamar de "Cinderella Season" quando há uma reviravolta grande em pouco tempo. E, pra fechar a temporada, veio o título da Recopa Sulbrasileira, em cima do bom time do Atlético de Sorocaba.

Não foi um jogão, os dois times tinham boas defesas, o que não deixou os ataques trabalharem. O Brusque fez o gol numa paulada na falta do Rafael Bittencourt. No segundo tempo, o Sorocaba mexeu, avançou mais o time, e colocou bola na trave. O Bruscão não rendeu na frente, mas tambem carimbou o poste, de novo em falta cobrada pelo Rafael.

O Brusque faturou 20 mil reais com a conquista (são 30, mas descontam-se os 10 que o clube teve que pagar de inscrição), e poderá usar a grana pra pagar as premiações dos atletas, além de ter férias tranquilas. Os novos contratados se apresentam no dia 17, enquanto que os remanescentes voltam às atividades no dia 26.

Um ano pra não esquecer, onde literalmente aconteceu de tudo.