sábado, 27 de dezembro de 2008

Copa 2014 em Floripa é sonho bem distante

Todo mundo alimenta a esperança que Florianópolis irá bater Goiânia e ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014.

Não quero ser pessimista, mas todos os analistas que li não deram a nossa capital como sede. Outros, como o PVC, da ESPN, foram até enfáticos em dizer que Floripa tá fora.

Quem já foi no Scarpelli sabe o que eu vou falar. Levantar uma Arena no meio de um bairro residencial, onde não há muito espaço, é remar contra a modernidade. Até mesmo o novo Estádio do Avaí enfrentaria problemas. Pesa contra Florianópolis outras questões estruturais, como metrô, aeroporto, etc.

Goiânia, além de cidade planejada, tem espaço pra ampliar o Serra Dourada do jeito que quiser.

Considerando que Curitiba e Porto Alegre serão sedes, dificilmente Floripa ganhará essa. É uma pena, mas é bom olhar com a razão.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Reapresentação no Brusque


Hoje foi dia de reapresentação de todo o Elenco do Brusque para o Catarinense 2009. Na foto, o presidente Danilo Rezini abriu os trabalhos da temporada, numa conversa com o Elenco no Estádio Augusto Bauer.

As Seleções dos Estaduais - Parte 2

Passado o Natal, vamos voltar a trabalhar..

Eu trouxe aqui no Blog a Situação da Seleção do Estadual de 2006. Hoje, é a vez de relembrar a Seleção de 2007, e onde eles andam:

Top da Bola 2007

Goleiro: Nivaldo - Chapecoense (Continua lá. É patrimônio de Chapecó)

Lateral Direito: Arlan - Ibirama (Chegou a ser emprestado pro Marcílio, mas seu passe é do Atlético ainda)

Zagueiros: Cuca - Chapecoense (não encontrei registro do capitão da Chapecoense campeã)
Rafael - Avaí (Continua lá)

Lateral Esquerdo: Fernandinho - Criciúma (Jogou sozinho naquele time. Está no Cruzeiro)

Volantes: Eliseu - Criciúma (Repetiu o prêmio de 2006, quando estava no JEC. Hoje joga no Japão)
Maurício - Chapecoense (Deve retornar para 2009)

Meias: Adriano - Chapecoense (Hoje no Criciúma)
Athos - Criciúma (Chegou a ficar sem clube, mas está no São Caetano)

Atacantes: Maurício - Ibirama (Foi pro Criciúma, onde ganhou o apelido de Fofão. Vai jogar o Gauchão no São Luiz de Ijuí)
Clodoaldo - Criciúma (foi pro Corinthians com o apelido de "Clodoaldo Etoo", mas não aguentou. Passou um tempo na Coréia, e hoje está no Náutico_

Técnico: Agenor Piccinin - Chapecoense (Só deu certo lá. Passou por Brusque e JEC sem sucesso. Hoje dirige o Santa Cruz-RS).

Dirigente: Edir de Marco - Chapecoense (Hoje não é mais presidente)

Árbitro: Wagner Tardelli


Em breve, a seleção deste ano.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Obrigado e.. Feliz Natal!

Quero agradecer a cada um que acompanhou esse Blog nesse ano de 2008. Uma idéia que me ocorreu no mês de março, que comecei devagarinho, hoje se transformou numa página que tem um número de acessos que me impressiona, de todos os cantos do Estado.

Também agradeço a todos que me acompanharam neste ano no Rádio, onde tive a alegria de receber o Prêmio da Acaert, na TV ou no Jornal. Obrigado por darem atenção ao nosso trabalho.

Obrigado mesmo.

A todos, de coração, um Feliz Natal, um Natal de muita paz e saúde para você e toda a sua família. E se o seu time não foi bem, quem sabe o Papai Noel não possa trazer boas notícias.

Fiquem com Deus.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

RIC x RBS: Clubes entram com a segunda ação na Justiça

O que foi prometido, foi cumprido. Na Segunda-feira, a Associação de Clubes entrou com a segunda e última tentativa de romper o contrato vigente com a RIC-Record, e deixar as portas abertas para a RBS transmitir o próximo Estadual.

Está na 5a. Vara Cível do Fórum da Capital a ação de Cobrança número 023.08.083692-8, onde a estratégia do advogado da SC-Clubes, Luciano de Fávere, mudou.

Antes, os clubes pediram o cancelamento de contrato mediante o pagamento dos R$ 600 mil de multa rescisória. Agora, pedem que a RIC pague os 600 mil de multa, por suposta desobediência de contrato, por aquelas razões citadas na nota divulgada em três jornais.

Resta saber se a Justiça manterá o mesmo posicionamento do mérito da questão anterior ou se haverá alguma mudança.

Considerando que a Justiça está em recesso e ainda haverá o encaminhamento para a Defesa, com certeza esse processo só será julgado no início de 2009.

Clique aqui para acompanhar o processo, direto do site do Tribunal de Justiça.

Em tempo: acabo de assistir na RIC um comercial em que a emissora anuncia a sua cobertura exclusiva do Campeonato. Provocações de ambos os lados.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

As Seleções dos Estaduais - Parte 1

Desde 2006, o Instituto Mapa, em parceria com a Acaert, organiza o prêmio Top da Bola, onde os narradores, comentaristas e repórteres de rádio dão notas para os times dos jogos que eles trabalham no campeonato. No final do campeonato, as três melhores médias vão para votação, e são eleitos os melhores.

Vamos fazer um exercício, e ver como foi a eleição do Top da Bola e onde andam os premiados. Começamos pelo ano de 2006. Veja a seleção e onde eles foram parar.

Top da Bola - 2006


Goleiro: Márcio - Ibirama (Passou pelo Marcílio e hoje está no Metropolitano)

Lateral Direito: Rafael Tesser - Joinville (jogou muito, hoje está no Benevento, da Terceira Divisão Italiana)

Zagueiros: Diego - Brusque (titular do Barueri, subiu o time pra Série A)
Rodrigo Souto - Figueirense (foi para o Santos, e continua lá)

Lateral Esquerdo: Fininho - Figueirense (nem lembrava mais dele, hoje no Lokomotiv da Rússia)

Volantes: Marquinhos Paraná - Figueirense (craque de bola, foi para o Japão, mas acabou repatriado pelo Cruzeiro de Adilson Batista)
Eliseu - Joinville ( Volante que chega pesado, foi pro Criciúma e hoje está no Yokohama, do Japão)

Meias: Cícero - Figueirense (vendido ao Fluminense, não foi muito aproveitado. Foi para o Hertha Berlim, da Alemanha)
Richardson - Metropolitano (É o grande ídolo do time de Blumenau. Vai jogar o Gauchão no Esportivo de Bento Gonçalves)

Atacantes: Fantick - Joinville (Depois de 2006, ele mais ficou em recuperação do que jogou. Após duas lesões sérias, está de volta ao JEC para 2009)
Thiago Silvy - Figueirense (Ele foi demitido sumariamente do Figueira, e foi decaindo: foi pro Joinville, depois Sertãozinho, deu uma passada no Coritiba, e agora vai jogar a Segundona Paulista pelo Botafogo de Ribeirão Preto)

Técnico: Adilson Batista - Figueirense (hoje no Cruzeiro)
Craque: Marquinhos Paraná - Figueirense
Melhor dirigente - Alvaro Arns - Metropolitano
(Assumiu o clube através de uma parceria, que não durou).
Melhor árbitro: Paulo H. Godoy Bezerra

Nos próximos dias, a Seleção de 2007.

domingo, 21 de dezembro de 2008

A engenharia para manter Bittencourt

O Brusque teve que fazer uma verdadeira engenharia para manter o meia Rafael Bittencourt, artilheiro do time no ano, para o Campeonato Estadual. O clube teve que enfiar até Agente Fifa no meio.

A história: Rafael, que era agenciado por Gilmar Veloz, queria vender 50% dos seus direitos federativos (a outra metade pertence à ele próprio). O Presidente Danilo Rezini foi atrás de empresários na cidade dispostos a adquirir "cotas" desses direitos. Nisso, apareceu no meio a empresa Meller Sports, dos Agentes Márcio Meller (Ex-diretor de Futebol do Metropolitano) e Maurício Nassif, que agora está trabalhando em "parceria" com o Bruscão.

Negociação feita, Rafael cedeu mais 10% dos seus direitos, e a Meller ficou com 40%, Rafael com 40%, um empresário de Brusque adquiriu 10%, enquanto os 10% restantes ficaram com o clube, como prêmio em caso de negociação. Foi assinado um contrato de quatro anos.

Ou seja, se Rafael Bittencourt for negociado no fim do Estadual, o Brusque só levará 10% da grana.

Cerveja Liberada

Tema de muita discussão neste ano, a venda de Cerveja está liberada para o próximo Campeonato Catarinense. A FCF interpreta que a decisão da CBF de proibir a venda se limita apenas ao Brasileirão, não tendo interferência no Estadual.

Os Clubes já havia conseguido liminar em meados de julho, liberando a comercialização na Divisão Especial, Divisão de Acesso e Copa Santa Catarina.

Mas em entrevista à Rádio CBN, o presidente Delfim foi enfático: "se houver alguma confusão, vou brigar para que a justiça volte atrás na liberação".

Tema de Domingo: Jornalismo Esportivo x Informe Comercial

Quero aproveitar os domingos para desenvolver algum assunto em especial aqui no Blog, para fazer uma análise mais aprofundada.

Quero voltar ao caso das TVs no Campeonato Estadual. Cada vez chegam mais informações sobre esta guerra que está literalmente pegando fogo.

Mas vem a pergunta: até onde isso é jornalismo esportivo, e em que ponto ele vira um informe comercial?

O Roberto Alves, no seu blog nesta semana (clique aqui) disse em um vídeo que "Com a presença da RBS, os clubes entenderam em investir mais, porque haverá um retorno, coisa que não havia anteriormente". Pra mim foi uma declaração infeliz, pois uma coisa não tem nada a ver com a outra, e o decano cronista usou de um discurso que parece dirigido pelo departamento comercial da emissora. Ambas as TVs estão usando dos seus repórteres esportivos e de suas páginas de esporte para tentar convencer o público que a sua emissora é maior, e as vezes colocando no meio do rebolo profissionais como o Roberto, de longa ficha de serviços prestados à comunicação de Santa Catarina.

Os clubes publicaram nota nos três jornais da RBS, e no dia seguinte, uma matéria de meia página foi publicada nos mesmos jornais com exatamente o mesmo texto. Na matéria, não se fala em algum momento dos motivos que os clubes usam para pedir a rescisão do contrato, e sim da melhor condição técnica. Pouca gente sabe, mas a Record contrata os serviços da BVP, produtora da TV Barriga Verde que já foi contratada diversas vezes pela própria RBS, para geração de jogos para o Sportv.

Há, hoje, um exercício de convencimento nas páginas e programas de esportes dos principais Jornais e TVs em Santa Catarina. Todo mundo se acha o melhor. Mas a RBS em nenhum momento falou do principal ponto da questão: a ética em tentar quebrar um contrato assinado para 2009 na marra, sem respeitar acordos comerciais com clientes e anunciantes.

Fico perguntando onde está a Acaert (Associação de Emissoras de Rádio e TV de Santa Catarina) neste momento, já que dois dos seus associados estão travando uma guerra, onde uma quer tirar o direito conquistado (e pago) legitimamente usando de armas nada éticas.

Bom domingo a todos.