sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Crispim acredita na RBS

Matéria do site Engeplus, por Denis Luciano:

O diretor operacional da RIC, Paulo Hoeller, disse que "Foi uma antecipação de tutela confirmando liminar de outubro do ano passado. O Estadual é da RIC Record", anunciou . "A prepotência e a arrogância da Federação não podem vencer a verdade".

Hoeller informou que a Record está solicitando a antecipação do horário do jogo Joinville x Criciúma para as 16 horas. "Anunciamos ao torcedor de Criciúma e região que vamos transmitir o jogo de Joinville em TV aberta". Porém, a Associação de Clubes desconversa. Segundo o presidente Carlos Crispim, o contrato da RBS segue com valor, e a emissora anuncia a cobertura de Avaí x Brusque para sábado.

"Nosso corpo jurídico está reunido. Ainda confiamos nos direitos que temos de quebrar o contrato da Record por justa causa, devido às falhas técnicas deles nas transmissões", afirmou Carlos Crispim, presidente da associação.


Crispim, na boa, conselho de amigo: tenta achar outro motivo pra quebrar o contrato. Esse das falhas técnicas não cola mais e dois juízes não aceitaram...
É incrível a paixão que o presidente da Associação de Clubes (que deixa o cargo na semana que vem) nutre pela RBS TV.
Aliás, o que o novo presidente da Associação, João Nilson Zunino, pensa sobre o caso? A bomba vai cair na mão dele!

Um comentário:

  1. E a RIC divulgou hoje no jornal do meio-dia entrevistas feitas com o Crispim e com o Delfim no ano passado, na festa de encerramento do campeonato, em que eles elogiavam a cobertura da RIC. Então essa história de justificar a quebra por problemas técnicos pegou mal pra eles, eu acho.

    ResponderExcluir