terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Metrô levou a briga

O Metropolitano anunciou ontem a contratação, por empréstimo, de dois jogadores do Avaí: o meio-campo Hégon e o zagueiro Fábio Fidélis.

Fidélis, que foi pra Blumenau depois de uma briga de bastidores: o Brusque também estava interessado em contar com os serviços do zagueiro. Houveram várias conversas, contatos de ambas as partes, mas ele preferiu ir para o Verdão. Provavelmente, por dois motivos: o caixa do time blumenauense é maior, e lá ele teria mais chance de jogar, tendo em vista a campanha do time. Já no Brusque ele seria reserva de Rogélio, que vem jogando muito.

3 comentários:

  1. Prá vc ver que os outros não estão parados... Esse campeonato vai ser muito duro.

    Contratar pouco antes ou depois da metade não resolve mais nada. É tarde. O Metrô sempre age rápido.

    O BFC já começou a agir tbém. Estamos acreditando no time Danilo e comissão técnica.

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo, me tira uma dúvida. Esse Leandro Campos que é técnico do JEC é o mesmo que treinou o Brusque em 2000? Tava vendo uma notícia daquele ano, tem o nome do cara. Vê só: http://www1.an.com.br/2000/mar/22/0esp.htm

    ResponderExcluir
  3. Ah tá. O Fábio Fidélis preferiu o Metropolitano porque o time é mais fraco. Afff quanta bobagem. Pode ter preferido sim pelo dinheiro, porque jogador pensa é nisso. Agora, se fosse pela campanha, óbvio que preferiria jogar num time mais bem colocado. Nunca vi dessa: o cara preferir jogar num time pior classificado porque daí teria chance de jogar. PQP

    ResponderExcluir