domingo, 18 de janeiro de 2009

RIC x RBS: As novidades do Sábado em um post

Muita chuva na BR-101, não havia internet sem fio na Ressacada e não tinha como vir rápido pra postar as novidades do dia. A análise do jogo Avaí x Brusque tá no post seguinte a este. Vamo lá, muita coisa rolou na Ressacada, resumo em um post só:

- A RBS TV nem se mexeu pra transmitir o jogo. Nem equipe de produção mandou pra Ressacada. Quem produziu a transmissão para o PFC foi a Produtora PGM, de Curitiba, com narração do Luiz Alano, comentários do Carlos Eduardo e reportagem do Fabiano Linhares.

- No camarote ao lado da minha cabine, dois oficiais de justiça assistiram o jogo. A juíza Denise Volpato os mandou lá pra checar que a RBS não passaria o jogo.

- O Desembargador de Plantão, Dr. Domingos Paludo, negou o agravo e manteve a decisão da Dra. Volpato. Houve um caso engraçado, na visão jurídica. RBS e Associação de Clubes entraram com dois agravos. Mas como o desembargador de plantão era um só, diferente do horário normal do funcionamento, a decisão foi em "Control C Control V", igualzinha. Procedimento agora: aguardar a publicação da decisão, depois a Record tem 15 dias pra se defender, pra depois ir pro Ministério Público, parecer de Relator... Enfim, vai um tempão.

- Vamos ao rolo seguinte, horário dos jogos, e esse perrengue vai ser bom. O Janniter de Cordes, da Rádio Guarujá, entrevistou o Presidente Delfim. Ele disse que não alterará o horário de JEC x Criciúma (tá marcado pras 5 mas a RIC anuncia as 4), alegando a proibição pelo Estatuto do Torcedor. Até aí tudo bem. Aí o Janniter perguntou do horário de Marcílio x Avaí, marcado pras 22h de quarta, Delfim disse que "permanece como está, o estatuto não permite". Mas como, se o horário de Avaí x Brusque foi alterado na quinta, dois dias antes do jogo? Ele não respondeu. Conclusão disso: Chapecoense x Metropolitano não irá pra noite, será mantido as 16:30, pra não dizer que poderia mudar o horário de Marcílio x Avaí também. Nada impede que na segunda a Record consiga outra ação na justiça obrigando a FCF a remarcar.

- Não se sabe qual a recepção que a equipe recordiana terá amanhã em Joinville. Há uma instrução que proíbe, por exemplo, entrevistas dentro de campo antes do jogo, exceção feita à TV que tem os direitos. Já pensou se proíbem o pessoal da RIC de entrar em campo? Xiii.....

A verdade é uma só: A Federação vai tumultuar a vida da Record até não dar mais.

3 comentários:

  1. a federação e o delfim, sao ridiculos, pessoa mesquinhas sem escrupulos. gente pequena. o varzea!!1 parabens rodrigo pelo excelente trabalho jornalistico investigativo.

    ResponderExcluir
  2. Chapecoense e Metrô já mudou pras 20h30.....

    ResponderExcluir
  3. O Delfim é ridiculo e consegue fazer o campeonato catarinense ser igual a ele "ridiculo", se alguem ai sabe como tirar este ditador do poder que se manifeste.

    ResponderExcluir