sábado, 24 de janeiro de 2009

Sem mais reforços?

O Gerente de Futebol do Figueirense, Marcelo Haviaras, o Baré, mandou avisar que não contratará mais nenhum jogador pro Catarinense.

Veio Pedrinho, Régis, Fernandes pode voltar... e só.

Das duas uma: ou a diretoria tá acomodada e não vai dar a mínima pro resultado do Campeonato Estadual, ou estão querendo que a torcida se revolte com o time.

O time é ruim. O técnico Pintado fica dando discurso pra enganar a torcida, falando de entrosamento, de condição física. Concordo que isso piora um pouco a condição do time, mas não tanto quanto o futebolzinho que o alvinegro tem mostrado. Pra arrumar, precisa mais do que entrosamento. Notaram que o time não tem nenhum volante decente?

Em Floripa há quem diga que com três derrotas, Pintado cai. Já perdeu uma, e o JEC é favorito pra amanhã.

4 comentários:

  1. É Rodrigo, não dá prá falar muito que daqui a pouco nós podemos estar nessa também. Eles podem não ter um time 100%, mas para disputar o Catarinense dá e sobra. Eles têm plantel e vão crescer na medida que alguns novos jogadores pegarem ritmo de jogo.

    Empatamos bem a primeira fora e ganhamos a segunda em casa com atuação convincente em quase todos os sentidos. Menos naquele velho conhecido problema de ter sempre um monte de oportunidades e não fazer gol. Fizemos novamente um gol com um zagueiro e não atacante. Aliás, todos os nossos 3 gols foram feitos por defensores.

    A nossa situação prá mim preocupa, principalmente pelo que estamos esperando do time. Hoje só temos o FG e Paulinho de atacantes. O Carlinhos teve um estiramento e pode demorar prá voltar. Se o FG se machucar não sei quem o Suca vai escalar para o ataque. Paulinho e Leonardo não dá para esperar muita coisa além de serem opções para entrar no segundo tempo. O Paulinho não marca gol faz mais de um ano. E o Leonardo já entrou várias vezes e até agora não conseguiu convencer no profissional.

    Tem várias posições na mesma situação (zaga, p. ex). Estamos com um plantel com 3 jogadores a menos que na Divisão Especial e perdemos bastante em qualidade, exceto numa posição.

    Não quero dar uma de descontente e pessimista, pelo contrário. Mas precisamos repor pelo menos as peças que perdemos. Como falei, quando virem as contusões, cartões amarelos e cartões vermelhos vai ser um Deus nos acuda.

    ResponderExcluir
  2. Tem mais uma coisa. Não venham dizer que não existem jogadores prá contratar.

    No RS, PR, SP (interior) e outros estados, tá cheio de jogadores bons que são reserva em clubes médios e que aceitariam vir jogar no BFC para disputar posição ou mesmo prá ser titular. O Suca deve conhecer vários.

    Danilo, abre o olho e age rápido. Mais duas semanas são quatro rodadas e já vamos estar no final do primeiro turno. Você pode estar jogando fora essa oportunidade de ouro. Depois não adianta lamentar.

    Um atacante, um meia armador e um zagueiro no mínimo pro plantel ficar no mesmo nível da Divisão Especial.

    ResponderExcluir
  3. Desculpem, amigos. Soube que o Barbosa já foi acertado. Então um problema a menos: faltam só uma ou duas peças para igualar com o plantel da Divisão Especial.

    A contusão do Carlinhos tbém não é grave, outro problema a menos.

    ResponderExcluir
  4. O jogo de hoje confirma tudo que falei acima: o plantel é mais fraco do que aquele da Divisão Especial. Claro, perdemos o Thiago, Rodrigo Bagé, Dênio e Xavier, que são muito melhores do que qqer um dos que vieram prá substituir. Sem falar do Lucas e do Juliano. O Neno nem vamos considerar.

    Querer comparar o Xavier com o Carlinhos e o Dênio com o Marcos Tora é covardia. Não dá prá comparar também o Rodrigo Bagé com o Ayub. E nem o Thiago com o Rogélio.

    Só mantivemos o mesmo nível na lateral esquerda, onde o Evaldo (quando não entrega o jogo) se equivale ao Lucas. Acho até que o Lucas é melhor.

    Não resta mais dúvidas: reforços já ou vamos disputar de novo o rebaixamento. Concordo com o Xirú: um meia e um atacante é pouco. Precisamos de um meia (meia armador, bem entendido) e mais dois atacantes bons. No mínimo.

    Além de estarmos com dois jogadores a menos, perdemos muito, mas muito mesmo em qualidade.

    ResponderExcluir