quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Clima de fim de festa

Não esperava que o Joceli dos Santos fosse largar o Atlético Tubarão. Sentia que ele poderia dar um padrão pro time, fazer ele render no returno e marcar pontos.

Mas ao final do jogo contra o Figueirense, o qual seu time foi valente e vendeu caro a derrota, ele se despediu dos jogadores ainda no vestiário. Não há clima nem condições financeiras do time ir em frente. Foi triste pra ele, mas é a verdade.

O Tubarão é caso perdido. Um barco à deriva aguardando o final de março para chegar o seu rebaixamento. Esse vai se um caso clássico, daqueles times que merecem um rebaixamento pra voltar com mais estrutura. Há se se levar pelo lado bom: um ano na segundona poderá fazer bem para o Peixe. Ou não, se não houver a devida organização. Aí o clube pode fechar as portas.

3 comentários:

  1. E a coisa ta feia por aqui o perigo e de quem joga contra o atletico , para os grandes perder pontos pode faltar no final , ate agora nao anunciaram o nome do novo treinador , da uma olhada no meu blog de repente la sai o nome do novo treinero do clube.

    ResponderExcluir
  2. Voces deveriam ressucitar o Hercilio Luz. Tem muito mais tradição e estádio.

    Esse time já começou com o nome errado... Cidade Azul não é nome de time de futebol.

    ResponderExcluir
  3. Joceli dos Santos, Rodrigo?

    Aquele que falou que o plantel do Tubarão era igual ao do Brusque em qualidade técnica?

    Com toda essa visão, o Joceli tem um brilhante futuro como técnico.

    Coisa prá Nasareno nenhum botar defeito.

    ResponderExcluir