sábado, 21 de fevereiro de 2009

A Havan e o Marketing Esportivo

A Rede de Lojas Havan é hoje uma das empresas que mais gastam em mídia no Estado. Tem um departamento de marketing bem montado e têm usado muito bem o Brusque nas suas iniciativas. Está sendo um ótimo parceiro.

Recebi agora pela manhã um release da Assessoria de Imprensa da Havan, falando sobre a carta branca pro Brusque trazer um jogador de renome. Com certeza, a hora que ele chegar, vai ser com toda a pompa, lá na loja, com banners, balões e tudo o que tem direito.

Ah, em outros tempos a Havan tinha inclusive colocado uma camisa do Brusque na enorme estátua da liberdade existente na frente da loja.

Segue abaixo o release mandado pela Assessoria da Havan:

Havan banca contratação de atacante para o Brusque Futebol Clube

Principal patrocinador do Brusque Futebol Clube, a Havan deu carta branca para a diretoria contratar um atacante de destaque nacional, como reforço da equipe no returno do Campeonato Catarinense de Futebol 2009. Em reunião na manhã de ontem (sexta-feira), o diretor-presidente da rede de lojas de departamentos, Luciano Hang, confirmou ao presidente do Brusque, Danilo Resini, seu compromisso de bancar os custos desta contratação. Cabe à presidência do clube, agora, buscar no cenário esportivo nacional, um atacante com o perfil desejado. "A idéia é trazer um 'matador'. Um bom atacante, para melhorar ainda mais a performance do Brusque", destaca Luciano Hang.

A Havan assinou no início do ano o contrato de patrocínio da equipe brusquense para o Catarinão 2009. O clube fechou o turno em quarto lugar na tabela, com 15 pontos, 4 vitórias, 3 empates e 2 derrotas. Com o reforço, a intenção é brigar pelo título do Campeonato. Hang explica que a cada jogo em casa, independente do placar, o torcedor do Brusque tem dado um show de animação. "É contagiante ver o incentivo que a torcida traz ao time. Por isso queremos dar uma contrapartida, um motivo a mais para que esta festa do futebol continue até o final do Campeonato", afirma o empresário.

9 comentários:

  1. A Havan deve continuar ajudando porque depois do catarinense tem série D, e precisamos montar um time para tentar subir para a Série C.

    Em competições de nivel nacional, o nome Havan vai ter mais visibilidade.

    ResponderExcluir
  2. Precisamos urgente. Esperamos que o Danilo já tenha feito os contatos e fechado com alguém para chegar nessa semana ainda.

    ResponderExcluir
  3. "É contagiante ver o incentivo que a torcida traz ao time. Por isso queremos dar uma contrapartida, um motivo a mais para que esta festa do futebol continue até o final do Campeonato".

    Parabéns pela visão, Luciano. A torcida do BFC será eternamente grata à Havan, um dos orgulhos de nossa cidade.

    Entretanto, esta festa e alegria da torcida não pode parar. O show deve continuar. Estamos na série D do brasileiro, e queremos subir para a série C. Precisamos ter um time competitivo.

    Tenho certeza que essa parceria vai continuar após o final do Catarinense. Em competições de nível nacional, a visibilidade sobre o nome Havan será ainda maior.

    ResponderExcluir
  4. O Brusque precisa contratar já pensando no Brasileiro, e não apenas no Estadual.

    ResponderExcluir
  5. chistian era o cara pra vir, mas sera q ele ta afim de sair da portuguesa?

    ResponderExcluir
  6. Óbviamente o Christian não vem. A Portuguesa está a 1 ponto do G4 no Paulista.

    O Alessandro ex Vasco, Santos e agora dispensado pelo Cruzeiro teM mais chance pois está sem clube. É muito bom e goleador. Não deve ser salário tão alto. Acredito que por volta de 20 mil.

    Só não sei se ele está em forma ou quando foi a última vez que jogou. Entretanto, por estar no Cruzeiro, se estiver treinando está em forma.

    ResponderExcluir
  7. O BFC precisa sugerir ao Luciano trazer jogadores para continuar no Brasileiro, não para ir embora no final do Catarinense.

    Por isso, essa estória de trazer um cara medalhão para ficar 2 mêses e ir embora não é a melhor opção.

    O certo é trazer 5 ou 6 jogadores BONS e fazer um contrato de 1 ano pensando no Brasileiro (como falou o Alison). Precisamos de 1 meia armador, 2 atacantes, 1 goleiro reserva, mais 1 zagueiro, 1 volante e talvez mais 1 lateral esquerdo.

    Isso pode ser feito com o patrocínio que a Havan quer dar pra trazer o medalhão e mais o dinheiro que vai sobrar com as dispensas. Na minha opinião 5 jogadores: Carlinhos, Marcos Tora, Flavio Guilherme, Aílton e Silva. Acredito que com esses 5 o BFC deve gastar perto de 20 mil, e não produzem nada.

    Os jogadores devem ser do mesmo nível do Lenilson, Leandrão, Cazarine, Rafael Xavier. Tem vários desse nível no futebol gaucho, paranaense, paulista. Muitos times nesses campeonatos vão ficar sem calendário.

    Eu tentaria trazer de volta 4 jogadores que foram embora: Rodrigo Bagé, Dênio, Xavier, Lucas que eram do time do ano passado. Aquele time era muito melhor que o atual em qualidade. Perdemos muito.

    Aquele mesmo time (trazendo os 4 de volta), reforçado pelo Ayub, Evaldo e com + 1 goleiro e + 1 atacante matador BOM resolveria o problema. Teríamos time prá disputar e ganhar o título e sem dúvida subir para a Série C e ainda ganhar a Copa SC.

    ResponderExcluir
  8. Desculpem, havia esquecido do Rogélio e Barbosa que também foram contratações que deram certo.

    ResponderExcluir