quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Metrô faz limpa

O Metropolitano não demitiu, mas colocou pra treinar em separado uma verdadeira barca de jogadores, tentando tirar o time do buraco que se encontra. Tudo obra da nova gestão de Sandro Glatz, que tenta limpar a obra inexitosa do seu antecessor, Elton Soares.

Seis jogadores estão fora do grupo, entre eles, dois titulares — o atacante Felipe Oliveira e o lateral-esquerdo Daniel Marques. O zagueiro Rodrigo e o meia Rodrigo Couto, reservas, além da dupla João Moreno e Tiaguinho qu completam a lista. Treinarão em separado e receberão o que está no contrato, mas podem fazer acordo e sair.

Aliás, João Moreno e Tiaguinho são um caso engraçado: o Metrô anunciou os dois como reforços vindos do Fluminense. Uma simples consulta no BID constata que eles vieram do Arraial do Cabo, time da terceira divisão carioca comandado pelo ex-dirigente tricolor Valquir Pimentel, e que passaram há tempo pelo juvenil do Flu.

Agora o time vai ter outros problemas: achar os reforços, fechar os contratos, colocá-los em condição de jogo e entrosá-los pra decisão de sábado. Se o Marcílio vencer o jogo em Itajaí, abre nove pontos de diferença para o rebaixamento e torna a queda do Metrô como quase certa.

6 comentários:

  1. vamos todos torcer pro Marcilio sepultar de vez o metroxa.

    ResponderExcluir
  2. Esse Rodrigo Couto é bom jogador na minha opinião!

    ResponderExcluir
  3. Eu não quero saber do Metro

    E o reforço FAMOSO para o Bruscão.

    Chega quando e joga, ou vem só para curtir umas férias.

    ResponderExcluir
  4. Ele é tão bom que foi afastado do time principal. Acho que estão querendo poupa-lo do fiasco.kkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. O problema é que notícia vai, notícia vem, o tempo passa e o Brusque não contrato ninguém.

    ResponderExcluir
  6. Parabens pelo blog
    Roberto Dias Borba - Joinville

    ResponderExcluir