sábado, 28 de fevereiro de 2009

Tigrinhos param os verdes

O jogo entre Criciúma x Metropolitano foi estranho. Mais do que o confronto de um motivado líder do returno contra um campeão de turno cheio de garotos, foi uma partida que teve decisiva participação da pequena torcida que estava no Heriberto Hulse.

O motivo é simples: torcedor vai pra campo ver o time ganhar. E, sejam reservas ou titulares, a cobrança é a mesma. Ou ainda maior, no caso de hoje. O Metropolitano saiu na frente, e as vaias começaram. A virada do Metrô despertou a ira da torcida, que obrigou o time reserva a acordar. Leandro Machado, que veio com a idéia de poupar todo mundo por duas rodadas (quero ver só se o time não se classificar sobre o Tupi na Copa do Brasil), teve que berrar com o time pra ver se ele pegava no tranco. O meia Adriano foi a maior vítima, sendo o Judas da torcida. o Tigre conseguiu o empate, evitando a derrota, o que acabou sendo um bom resultado pro time de Blumenau, que deixa, por enquanto, a zona de rebaixamento.

Considerando que o time empatou dentro de Criciúma, o Metropolitano tem que comemorar. Mas se considerar que empatou com o time reserva, dá sinal que nada ainda está perfeito pro time de Barbieri. O melhor é que na semana que vem o time vai ganhar mais três pontos contra o Tubarão, em casa.

E o técnico Barbieri deu entrevista hoje confirmando que recebeu proposta do Guarani de Campinas pra assumir lá. Ele não disse que sim nem que não, mas disse que era "um profissional acima de tudo", dando a entender que, se houver boa proposta, troca de time verde.

Um comentário:

  1. Amanhã é nossa chance de abrir 8 pontos em cima do metroxa.

    Eu é que não queria estar no lugar do metroxa, brigando com o Marcilio pelo rebaixamento. Com o padrinho que eles têm, vai ser complicado...

    Célio Amorim e cia na linha de frente não vão vender barato esse rebaixamento.

    ResponderExcluir