sexta-feira, 13 de março de 2009

Cadastrar pra que?

A FCF inventou o cadastro de torcidas organizadas, onde exigiu um monte de documentos das torcidas, e obrigou cada membro a fazer uma carteirinha, ao custo de 10 reais por cabeça, dinheiro pro caixa da Federação. Não adiantou em nada. Na segundona eu cansei de ver torcida organizada pelo interior sem cadastro algum nem repreensão das autoridades.

Agora, o Governo Federal quer instituir o cadastro de torcedores. Cada torcedor vai ter que fazer uma carteirinha de identificação para comprar ingressos de um jogo. Um absurdo sem tamanho.

O tamanho da ignorância: o Governo diz que vai fazer 18 milhões de carteiras, e vai colocar postos avançados para que os torcedores de todo o Brasil se cadastrem.

Primeiro: se quer identificar o torcedor no ingresso, basta colocar o número do CPF que todo torcedor tem. Segundo: vocês acham que vai funcionar? Acham que os clubes, principalmente os pequenos, vão perder dinheiro vendendo ingresso só pra quem tem carteira? E o Pior: a idéia brilhante do Ministro prevê a montagem de postos para cadastramento ao lado das bilheterias dos Estádios. Você acha que em Videira, Porto União e Concórdia haverá esse tipo de controle?

Alguém vai ganhar com isso: a empresa que fabricar as carteirinhas. De resto, todo mundo perde. Daqui a pouco vão exigir foto e vão fichar cada torcedor que entra no estádio.

4 comentários:

  1. Falou tudo e mais um pouco!

    ResponderExcluir
  2. hehehhhe... piada... tem gente q axa q no brasil soh temos 40 clubes (serie A e B)

    ResponderExcluir
  3. A idéia não é absuda, é claro que os pequenos não vão fazer isto até porque não tem torcida e não há aqueles tumultos que acontecem nos grandes centros, isto é mais para os grandes. Não é má idéia. Pelo uma coisa é certa, acaba com os cambistas.

    ResponderExcluir
  4. os 40 melhores estão na série A e B

    ResponderExcluir