quinta-feira, 12 de março de 2009

Marcílio em fim de festa: elenco nem aí e Andreotti se foi

Agora de manhã fiz questão de sintonizar as emissoras de Rádio de Itajaí, pra acompanhar a repercussão da derrota de 6 a 1 para o Criciúma ontem.

As críticas foram generalizadas. Lourival, aquele mesmo que foi chamado de "El Loco", tratado como o nome do campeonato, sumiu em campo. Os jogadores, de acordo com a imprensa local, não estão nem aí, com salários atrasados e esperando o campeonato acabar para seguirem seu caminho.

Um elenco desmotivado e descomprometido não tem nem como trabalhar. Tanto que Gerson Andreotti pediu demissão ontem a noite, ainda em Criciúma. O auxiliar Ronaldo Alfredo assume a equipe interinamente. O time tem chances matemáticas de escapar, numa briga direta com o Metropolitano. Mas o problema é estrutural. Na matemática dá, mas dentro de campo não tem jeito.

Andreotti deixa o time com apenas três jogos no comando, conseguindo um empate e duas derrotas.

3 comentários:

  1. O Marcílio já caiu, os jogadores perceberam isso e jogaram a toalha. Estão entrando em campo por pura obrigação contratual.

    ResponderExcluir
  2. Pena que o Marcilio não se deu conta disso antes daquele jogo contra o Brusque. Correram muito. Com esses 2 pontos, estaríamos brigando ainda pela classificação.

    Mas mesmo assim, pelas chances perdidas não sei como o BFC conseguiu empatar aquele jogo.

    O Marcilio ainda tem a série C. Nem tudo está perdido.

    ResponderExcluir
  3. Além destes comentários a imprensa itajaiense já anunciou que a diretoria do Marcílio não pretende contratar um novo técnico para o restante do campeonato. Literalmente "jogaram a toalha"!
    Alguns comentam que agora rumo à segundona, o marinheiro terá tempo de pensar em buscar recursos para construir seu novo estádio.

    E série C? Será?

    ResponderExcluir