quarta-feira, 4 de março de 2009

Metrô perde mando de campo no TJD

Em julgamento realizado ontem no TJD, em Balneário Camboriú, o Metropolitano foi condenado a perda de um mando de campo, mais uma multa de R$ 1.000,00, pelos acontecimentos depois do jogo do clube contra o Atlético de Ibirama, em Jaraguá do Sul.

O diretor Sérgio Olinger, que invadiu o campo para discutir com a arbitragem, levou suspensão de 30 dias.

Amigos da imprensa já previam que o Metrô iria perder o mando de campo pelos incidentes no João Marcatto. Um dos diretores, inclusive, quebrou a janela do vestiário da arbitragem com um soco.

Fica a dúvida: Como o jogo contra o Tubarão está marcado para domingo para Blumenau, e a decisão do TJD foi dada bem perto do dia do jogo, pode ser que o jogo Metrô x Joinville, na próxima quarta, acontecerá em campo neutro. E não poderá ser em Timbó.

Leia aqui a íntegra das decisões do tribunal, inclusive a perda de mando de campo do Metropolitano.

4 comentários:

  1. metroxa, metroxa, querem te passar para trás...

    ResponderExcluir
  2. caro anônimo quando vc diz:
    'metroxa',
    'querem te passar para trás'
    vc está querendo dizer que foi vítima do verdão?

    ResponderExcluir
  3. Não. Acho até que o diretor que deu aqula porrada na janela estava errado.

    Mas depois de ver aquele gol anulado, não sei não...Estamos cansados de ver arbitragens tendenciosas em SC.

    Metroxa é apenas um apelido "carinhoso" que usamos para o Metro. No fundo nós gostamos do Metrô tbém por ser do vale.

    Não esquenta não.

    ResponderExcluir
  4. Prá provar que nossa rivalidade é "saudável", posso dizer que entre o Marcilio e o Metrô prefiro que o Marcílio seja rebaixado.

    Principalmente porque o Marcilio é o time do véio...

    Força Verdão!!

    ResponderExcluir