quinta-feira, 5 de março de 2009

Não tem tu, vai tu mesmo

Reproduzo comentário do Matheus Madeira, do "Diário do Sul", de Tubarão, hoje:

No Atlético Tubarão, não é tempo de escolher muito. Estão chegando ao clube alguns jogadores com salários pagos por seus empresários e de qualidade absolutamente desconhecida, mas o que resta é aceitar este tipo de iniciativa e torcer para que dê certo. Afinal de contas, a missão de livrar o time do rebaixamento é inglória e o cofre, para variar um pouquinho, não tem recursos para nada. Tubarão já viu um time com meses sem salário subir para a elite em 2007 e se manter em 2008. Agora, vai precisar de mais que isso.

Eu acho que nem com "mais que isso" o time se mantém. O problema do time é estrutural. Merece passar pelo estágio da segundona se quiser ser forte.

Um comentário:

  1. Olha, o CFZ perdeu para o Vasco de 9 a 1 num jogo treino nessa semana.

    Eles devem ter mais gente, principalmente prá jogar na defesa... por que não tentar de novo?

    ResponderExcluir