domingo, 22 de março de 2009

O Rápido Guia da última rodada

Para não fazer um post enorme dos jogos da última rodada, vamos resumir as partidas dentro de um rápido guia da rodada de quarta. Saiba o que o seu time pode fazer ainda no campeonato:

Joinville (32 no geral, 16 no returno): A goleada de 4 a 1 imposta pelo Marcílio em Itajaí teve dura punição ao JEC. A segunda derrota seguida tirou o time da disputa pelo returno, e consequentemente, o ponto extra. Já está classificado pelo índice, mas caiu vertiginosamente. Por muito menos, Leandro Campos foi derrubado.

Avaí (32 no geral, 19 no returno): Mesmo líder do returno e jogando o melhor futebol do ano, depois de vencer o Ibirama hoje, o Leão não está garantido no quadrangular final. Enfrentará o Metropolitano. Se vencer, é campeão do returno. Se perder ou empatar, e a Chapecoense ganhar, o time do Oeste é campeão do returno e o time entra por índice. Agora, se perder para o Metropolitano e a Chapecoense fazer o crime em Joinville, o Avaí cai fora.

Chapecoense (30 no geral, 17 no returno): o empate com o eliminado Figueirense (com muitos protestos em cima da arbitragem de Jefferson Schmidt) pode ter custado caro. Vencendo o Joinville, o time classifica, pelo returno ou pelo índice. Nem empate resolve mais pro verdão do Oeste.

Metropolitano (21 no geral, 17 no returno): quase tudo deu certo pro Metrô, que terá uma final contra o Avaí em casa. A vitória contra o Brusque colocou em uma situação: Se vencer o Avaí por 1 gol de diferença, a Chapecoense não pode vencer por 2 gols o JEC. Os dois verdes estão empatados em rigorosamente tudo na tabela, mas o Metropolitano tem vantagem no Confronto Direto. Mas o gol do Brusque, marcado pelo Carlinhos aos 44 do segundo tempo, poderá ser importante, já que o saldo poderá definir o título do returno.

Criciúma, Atlético-Ib, Figueirense e Brusque: Cumprem tabela na quarta. O Atlético, que apareceu como favorito ao quadrangular, perdeu a classificação em casa, nos jogos contra Brusque e Metropolitano. O Criciúma espera o começo do quadrangular, na condição de campeão do turno, mas nos últimos jogos vem aterrorizando a torcida.

Marcílio Dias e Tubarão: Oficialmente rebaixados. O Marcílio deu o último sopro ao ganhar do JEC, tarde demais. Só poderá voltar à primeira divisão em 2011. O Tubarão poderá fazer seu último jogo em Brusque, na quarta. Já se fala por lá no Sul do Estado que o time não volta.

5 comentários:

  1. O blog do Jefferson Schidt vai ser 'imperdível' amanha.
    As expulsões foram no minimo duvidosas.

    ResponderExcluir
  2. Atenção! Aviso urgente: Ministério da saúde adverte: Mursilhas de primeira estão fora do prazo de validade! Não depositem confiança!

    E o Marinheiro naufragou...

    Amanhã estou na Univali com a camisa do Brusque e,se possível, com estas palavras escritas na lousa! Tal como aqui digitadas!

    ResponderExcluir
  3. Silvio Kohler Stadion23 de março de 2009 08:18

    Rodrigo!
    Provado que efetivamente tradição e nome não garantem ninguem. A que do Marcilio indica a necessidade de efetiva profissionalização da gestão dos clubes.
    Não consegui subir ontem para as cabines mas fica o registro de que jogar no Sesi é campo neutro e garantia de segurança para qualquer clube não é mesmo? Um abraço do Silvio Kohler

    ResponderExcluir
  4. Ótima a tua análise Rodrigo. O Joinville não disputa mais nada. Já está classificado. Acho que pode dar Chapecoense. Pena que o Cazarine foi expulso no jogo contra o Figueira. Vai ser mais difícil sem ele. A Chapecoense vai dar o sangue pra ganhar em Joinville.

    Não acredito que o Avaí ganhe do Metro com casa lotadíssima em Blumenau. O Metro está crescendo, mas o Acerola saiu com uma fisgada na coxa. Se não puder jogar, complica. Aí acho que pode dar empate.

    /mfrv

    ResponderExcluir
  5. o pessoal está esquecendo que para o joinville mais importante que o título é garantir o calendário no segundo semestre. Não acredito que eles facilitarão para a Chapecoense com o objetivo de tirar o Avaí do quadrangular. Se fizerem isso, poderão dar um tiro no próprio pé. É melhor ter apenas um concorrente direto à vaga na série D do que dois. Ainda mais com o histórico de derrotas importantes na Arena, a última mesmo para o Brusque na Copa SC 2008.

    Agora, uma coisa é certa, teremos um grande jogo em Blumenau. Que tudo ocorra dentro da normalidade e o futebol possa ser o único assunto após o jogo!

    Abraços e saudações azurras,
    Guto

    ResponderExcluir