segunda-feira, 9 de março de 2009

Vôlei: Brasil Telecom não vai renovar com Brusque

Uma de vôlei pra variar o Blog. Transcrevo informação publicada pelo Blog do jornalista Bruno Voloch, um dos mais bem informados sobre o esporte. A notícia não é boa para o time de voleibol de Brusque:

Brasil Telecom não vai mais investir no vôlei


A crise financeira deve levar mais uma equipe a desistir de investir no vôlei.

Primeiro foi o Banespa no feminino, depois a Ulbra, recentemente Bento Gonçalves e agora é a vez do Brasil Telecom que representa a cidade de Brusque em Santa Catarina.

Embora não confirme oficialmente, até porque o time está disputando a competição e classificado para as finais, essa deverá ser a última temporada da equipe na Superliga.

Os resultados em quadra não foram determinantes na decisão da empresa, que deseja mudar o foco e apostar em novos projetos.

O baixo retorno em termos de mídia e divulgação também deixou a direção da empresa decepcionada.


Como diz o Edu Cesar, do "Papo de Bola", quando se fala em "baixo retorno de mídia e divulgação", quer dizer citação de marca na Globo. (culpa da CBV e dos clubes, que assinam o contrato que permite à Globo trocar os nomes dos times).

É o fim de um time que não empolgou e não envolveu a cidade, não deixou legado nas categorias de base, ignorou um trabalho de formação muito bem feito na SE Bandeirante e foi claramente montado por políticos para justificar o uso de um Ginásio tão grande. E nem vou falar do caso do motorista que é mandado pra Joinville só pra buscar um colunista de jornal.

A Assessoria da Brasil Telecom, em nota publicada na Máquina do Esporte, nega a informação, mas não fala se haverá continuidade, apenas diz que, no caso de qualquer mudança, a imprensa será avisada. A BrT diz que "o contrato permanece inalterado", mas tal acordo se encerra no próximo mês. Prefiro confiar na versão do Voloch.

5 comentários:

  1. Rodrigo, sobre esse caso acho engraçado. O seu blog é um dos melhores que conheço, mas nessa questão do volei está devendo.

    Nunca foi dada qqer força pra BrT/ AD Brusque no blog. Somente agora, que o contrato está pra não ser renovado, é divulgada uma notícia.

    Força meninas!! Voces estão honrando o nome de Brusque. Pena que parte da mídia e parte da população não entendem isso.

    ResponderExcluir
  2. Respeito sua opinião, publico, mas me permita discordar num ponto:

    Parte da mídia e grande parte da população não ligam pro time de vôlei pois é um time que não possui nenhuma identidade com o município.

    Em 2001, o Bandeirante disputava a Superliga, não venceu nenhum jogo e o Ginásio lotava. Era um clube brusquense, que tinha atletas daqui. A Brasil Telecom chegou na cidade desdenhando tudo o que tinha na cidade, e foi montado por causa de pura política.

    ResponderExcluir
  3. Algumas dessas coisas que vc falou eu não estava a par, como a parte do desdenho e a questão política.

    Mas sempre soube desse defeito de não ter criado uma identidade com o município.

    Ouvi o secretário de esportes falando noutro dia que numa eventual continuação do time, teria que haver formação e utilização de atletas de base de Brusque.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus, já estamos em meados de Março e ainda tem gente falando em Política. As eleições já passaram, o negócio agora é fazer acontecer. Chega de jogar os problemas pros outros, agora é assumir e mostrar na prática. De papo furado e desculpinha, ta todo mundo cheio.

    ResponderExcluir
  5. Opa, tbm concordo! Se o Bandeirante não deu certo fazer oq!
    pelo menos queremos algo pra torce, fazer alguma coisa! O povo daqui só fala no Brusque FC, e ngm vê q na outra superliga o BRt chegou entre as 4 melhores, e nessa já está la tbm!
    Eu quero o time aqui, pra torcer e representar Brusque! o time foi bem acolhido aqui e sempre tem grande torcidas nos jogos!

    ResponderExcluir