quinta-feira, 9 de abril de 2009

Nem o Acácio estragou esse jogaço!!!

O melhor jogo que vi nesse campeonato, sem dúvida. A vitória do Avaí aos 49 do segundo tempo dentro de Criciúma vai para a história desse clássico, pelos lances, pelos times armados, pelas lambanças da arbitragem, enfim... Confesso que não saberia como começaria esse post, com tantas coisas que aconteceram nessa partida.

Assisti o jogo com a minha prancheta do lado. E anotei um maior número de chances do Avaí, que merecia ter aberto o placar. Mas apareceu o primeiro dos três erros crassos da arbitragem. Pênalti claro em Marquinhos, que foi empurrado. Rapidamente, Zulu foi lançado e fez o gol no contra-ataque. Naquele instante, pensei: "que injustiça".

O gol marcado por Leo Gago no começo do segundo tempo seria o presságio de um segundo tempo fantástico. Pênalti para o Tigre, que Matheus bateu com extrema displicência, para uma fácil defesa de Eduardo Martini. Zulu faria os 2 a 1 em um belo lançamento pelo meio. Então, Silas teve muita sorte, ao colocar o garoto Cristian, que faria a diferença mais tarde. Marquinhos fez o gol de empate, aos 35. Depois, o segundo erro da arbitragem, Luiz André recebeu falta, não dada pelo Zé Acácio. Depois, ele puxa a camisa de Lima pra ser expulso. Mas havia uma falta anterior.

O Criciúma vai reclamar eternamente do gol mal anulado de Kempes, que estava pelo menos um metro atrás do último zagueiro na hora do lançamento. Erro do auxiliar Angelo Bechi, de Concórdia, que sem querer deu uma ajuda ao time da sua região, pois o placar marcaria 3 a 1. Até que, no contra-ataque, igualzinho ao lance do primeiro gol do Criciúma, o garoto Cristian, que até o ano passado jogava no time B do Leão, fez o gol que levou o time da capital à final do Campeonato e à Copa do Brasil do ano que vem.

É o tipo do jogo que vai render discussão por um bom tempo. Mas a campanha do Avaí faz por merecer a vaga na decisão. Amanhã, a Chapecoense terá a chance de carimbar três passaportes: Decisão, Copa do Brasil e Série D do Brasileirão. O Leão já garantiu a decisão em casa, e poderá queimar cartões e poupar jogadores a vontade nos dois jogos que restam.

2 comentários:

  1. Jogasso Rodrigo.

    Como disse no meu blog, foi um prazer trabalhar numa partida como essa.

    Os erros de arbitragem se equipararam, compensou e ficou bom pra todo mundo. Quer dizer, pro Criciúma nunca ficará bom, mas tudo bem. No Avaí, com a vitória, ninguém reclamou.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Sobre o lance do Marquinhos na minha opinião ele parou em campo (para cavar o penalti) e o jogador do criciúma vinha na marcação trombou com ele, não tinha como parar.

    ResponderExcluir