quinta-feira, 2 de abril de 2009

Um novo calendário

As discussões começam a acontecer no meio dos clubes de Santa Catarina, visando um possível calendário para o segundo semestre deste ano e para o começo de 2010. O calendário reduzido das Séries C e D, combinado com o rebaixamento do Marcílio Dias para a Segunda Divisão podem provocar uma grande revolução no programa de competições no Estado. Mudanças poderão acontecer, que ao meu ver poderão ser muito bem-vindas.

Primeiro, o Segundo semestre desse ano: As Séries C e D de 2009 foram super resumidas pela CBF: pra se ter uma ideia, o campeão da Série C (que Criciúma e Marcílio jogarão) fará apenas 14 partidas. Em setembro, a fatura já estará liquidada. Na Série D, a história não é muito diferente. E o que fazer nos últimos três meses do ano? Se você respondeu Copa Santa Catarina, acertou. Mas poderá haver uma grande diferença: com a participação do Criciúma, que precisará de calendário. E o que a Copinha valerá? Além de uma vaga na Série D, poderá render uma vaga na Copa do Brasil. Já existem conversações sobre o assunto. Mesmo sem a participação de Avaí e Figueirense (O Avaí jogou ano passado com o time B), a vaga na Copa do Brasil pela Copa SC poderá ser definida pelo conselho técnico. Os votos dos times da Capital serão insuficientes para barrar essa mudança.

Em 2010, entra o Marcílio com outro problema: terá dois campeonatos pela frente no mesmo período: Série C (ou D, se for rebaixado) e Estadual da Segunda Divisão. A solução pode ser simples: organizar a Segundona Catarinense no mesmo período da Primeira, o que alguns Estados já fazem. Liberaria o segundo semestre para a organização de uma Copa SC mais forte e estruturada.

Tudo está no campo das especulações. Mas tudo indica que a Copa Santa Catarina deste ano terá a participação de pelo menos oito dos dez clubes do Estadual.

4 comentários:

  1. ahh... agora eles estao preocupados com o segundo semenstre. cambada de safados, nunca se preocuparam, agora q tem o criciuma, joinville e o marcilio sem calendario tao preocupados, sem vergonhas.

    e outra a segundona no primeiro semestre eh o fim, tpw... vai faltar jogador, é dificil vc encontrar jogar no primeiro sementre pq tao empregados disputando os estaduais.

    ResponderExcluir
  2. Considero uma boa as competições serem simultâneas. Quem não tiver trabalho de base, não sobrevive. Acaba de vez com essa história de emprestar um time completo para outro disputar, como aconteceu com o Joinville. Essa é a melhor solução. Tava na hora de acabar com essa bagunça.

    Quem precisar trazer apenas metade ou menos de um plantel de fora, sobrevive. Quem tiver que trazer um plantel inteiro, dificilmente consegue sobreviver. Uma espécie de seleção natural.

    O ideal seria a FCF mudar a fórmula e colocar mais dois clubes no Catarinense. Poderiam subir 3 e cair apenas 1 em 2010. Mais jogos, os clubes conseguem arrecadar mais. Um campeonato com apenas 10 clubes é muito rápido. Investimento alto para poucos jogos.

    /mfrv

    ResponderExcluir
  3. Daê, Rodrigão

    Tá show de bola esse teu blog. Acompanho todo dia.

    Vaga na Copa do Brasil pela Copa SC? Piada, né? Vão levar a gente a sério como?

    ResponderExcluir
  4. Tem gente que prefere que o futebol de Santa Catarina continue como está.

    Esta vaga na Copa Santa Catarina para o Copa do Brasil até o Avai e o Figueirense participariam.

    Tomara que dê certo pois teriamos duas competições grandes no estado.
    Campeonato Catarinense Copa Santa Catarina.

    ResponderExcluir