sábado, 20 de junho de 2009

Criciúma é humilhado pelo Marcílio. Fonseca está fora

O Criciúma agora está na guerra contra a Série D.

Quem diria: o Marcílio Dias, com todos os problemas conhecidos, foi ao Majestoso e meteu 4 no Tigre, desencadeando uma crise gigantesca no Sul do Estado. Nisso, o marinheiro se aproveitou. Mesmo com um time limitado, os comandados de Ronaldo Alfredo poderiam ter vencido por mais. Serviu para jogar a lanterna no time de Roberto Fonseca, que trouxe uma série de jogadores desconhecidos, e agora entra numa desesperadora guerra para evitar o histórico vexame da queda para a quarta divisão.

Fonseca, aliás, está demitido do Tigre. A Rádio Eldorado teve a informação de que Sérgio Ramirez, hoje na base do JEC, teria sido contactado. Por telefone, ele confirmou o convite feito pelo presidente Edson Búrigo, mas preferiu permanecer em Joinville, devido ao projeto que está desenvolvendo no clube, visando o próximo Estadual. Ele viu o tamanho da bucha e preferiu ficar em um lugar mais tranquilo, onde não tem pressão.

A minha opinião sobre o time do Marcílio Dias não muda nada mesmo com a vitória em Criciúma. O time de Itajaí aproveitou um momento de fraqueza extrema do adversário e venceu. O Tigre, que terá duas semanas até a próxima partida, contra o mesmo adversário, deve confirmar hoje o nome do seu novo treinador, que não terá mais a missão de classificar o time. Isso já foi. O negócio é não cair pra D e planejar o próximo Estadual ou uma provável Copa Santa Catarina.

A certeza é uma só: um rebaixado para a Série D será catarinense. O que é uma vergonha para o nosso futebol.

Um comentário:

  1. Foi uma tarde mágica. Álias, para mim, um fim de semana mágico. Marcílio goleando sábado e Fla goleando no domingo. Mas também não me engano com esse resultado não. Acho que o Marcílio ainda vai voltar a sofrer nesta série C.

    ResponderExcluir