domingo, 19 de julho de 2009

SC Vôlei: time feminino em Floripa?

Não faltava mais nada para o tal do Santa Catarina Vôlei. O Luciano Smanioto, que mantém o Blog Ataque e Defesa no ClicRBS, levantou a bola sobre a criação de um time de voleibol feminino em Florianópolis, montado pelo Renan. Eu vou colocar abaixo alguns trechos do post dele, e comento em negrito na sequencia:

Por enquanto é só um palpite, um exercício de "juntar os pontos", mas eu torço para que se concretize: Florianópolis vai ter um time feminino na próxima Superliga, e ele será formado pelas categorias de base da Seleção Brasileira, provavelmente a infanto-juvenil, que acabou de ser campeã mundial.
Primeiro os fatos, depois o raciocínio:
- O Ginásio Carlos Alberto Campos, que era usado pelos times da Capital antes da reforma do Capoeirão, está sendo reformado. Vai atender às equipes de base da Cimed e um time de basquete. Ali também vão funcionar escolinhas e me parece que vai ter até aulas de vôlei pra terceira idade. A estrutura veio toda de Brusque, do time da Brasil Telecom, que era tocado pelo Renan Dal Zotto, gerente de esportes da Cimed. (A relação entre o pessoal da AD Brusque e Renan já foi melhor. Dirigentes brusquenses ficaram surpresos quando, num belo dia, um caminhão encostou na Arena Multiuso levando todos os materiais do antigo Brasil Telecom).


- Renan tentou de tudo para montar um novo time feminino após a desistência do antigo patrocinador de Brusque, a Brasil Telecom. Disse que era questão de honra, que não ia descansar enquanto não montasse um time. Diante da demora em encontrar parceiros e com poucas jogadoras de ponta disponível no mercado, a alternativa cogitada seria a de usar um time juvenil, ou infanto, da Seleção Brasileira, coisa que, se não me engano, o Fluminense já fez no masculino. (Prova de que houve problemas no relacionamento Renan-AD Brusque. Ele veio na Prefeitura Municipal e falou que ia fazer o possível pro time ficar).

.- O técnico Maurício Thomas, auxiliar de Luizomar de Moura (treinador do Osasco) no time infanto-juvenil, ainda não acertou com clube nenhum. Ele e Renan se falam ao telefone praticamente todos os dias. Aposto que o dirigente "segurou" o treinador, porque tinha confiança de que conseguiria montar um novo time. (Encontrei com Maurício ontem, aqui em Brusque. Muito estranho, sabendo que ele não é mais técnico da AD Brusque. O atual é Rogério Portela, que era o seu auxiliar).

- A catarinense Duda Kraisch, oposta campeã mundial com a Seleção Brasileira infanto, ainda não definiu onde vai jogar e cogitou a possibilidade de seguir trabalhando em Santa Catarina com o Maurício Thomas - que, aliás, eu considero um dos técnicos mais promissores do país, e já disse isso aqui no blog várias vezes. (Essa é a maior prova de que a informação tem fundamento).

- A Associação Desportiva Brusque, nome do clube que abrigava a Brasil Telecom, uniu-se à Associação Desportiva Pomerana e juntas as duas formaram o Santa Catarina Vôlei Clube, patrocinado pela Cativa, que já mantinha o time feminino de Pomerode. Elas disputam a Liga Nacional. Venceram a fase regional e já estão classificadas para a etapa final. Por que elas não vão direto para a Superliga? Eu diria, e isso é chute meu: que "a vaga é do Renan" e ele vai trazê-la pra Florianópolis. (A vaga é da AD Brusque, e Rubens Fachini bateu pé em cima disso. Mas não muda muita coisa, já que duas vagas na Superliga são distribuídas por convite, a cargo do presidente da CBV, Ary Graça. Não seria problema para Renan, ainda mais com a crise que se instalou no vôlei feminino).

O raciocínio do Luciano tem fundamento, comprovando que o relacionamento entre Renan e a direção do voleibol brusquense, que era boa, tornou-se nebulosa. Caso apareça um time em Florianópolis com grande suporte financeiro, juntando com essa união brusquense com o pior time da última Superliga, aparecerá outro problema: a questão da verba a ser repassada pelo Governo do Estado, além da questão técnica em si.

7 comentários:

  1. Toda a torcida brusquense(pelo menos os mais informados) já sabiam que o Renan queria msm era levar o time daqui la pra Floripa, aquele papinhu de fazer de td para deixar um time em Bq era td MENTIRA, é uma vergonha para Brusque que possui tantas empresas de grande porte, que nenhuma invista no volei, e não é qlq timinhu naum, se tivessem conseguido manter a base do ano passado com mais algumas modificações com certeza iria dar trabalho para os grandões...
    Mais agora é simplismente um time a mais na super liga...
    Rodrigo você que tem mais influencia nos meios de comunicação em Bq, chame atenção pra isso, com certeza Brusque precisa se vangloriar pelo time que tem, pois não é a série D de um campeonato que Brusque participa, mais sim a divisão de elite do volei brasileiro, e para isso ningm da valor muito menos importância...

    ResponderExcluir
  2. essa parceria foi a pior coisa q a q o volei de brusque fez. levamos foi um calote dos caras q soh usaram e quizeram essa parceria por causa da vaga q brusque tem na surpeliga. pega e desfaz logo a parceira e monta um time aqui de brusque.

    ResponderExcluir
  3. São José prepara time feminino para a disputa da Superliga de Vôlei
    http://www.clicrbs.com.br/esportes/sc/noticias/,2589165,Sao-Jose-prepara-time-feminino-para-a-disputa-da-Superliga-de-Volei.html

    ResponderExcluir
  4. Oi Meu nome é Iara tenho Quinze anos e jogo volei a cinco anos .
    E moro em Barbacena MG.
    E faço volei em uma escolinha q se chama Volei e Cia !!!
    Se puderem venham nos visitar para ver como jogamos e assim quem sabe nos poderiamos participâr da categoria de base do timede Florianopolis

    Ps;Obrigada

    ResponderExcluir
  5. OIEE..NEM VOU COMENTA ESSA PARCERIA COM FLORIPA; BRUSQUE É CAPAZ DE MONTAR E MANTER UM TIME FEMININO , OQUE PRECISA É DE VONTADE E ATITUDE DE ALGUMAS PARTES. AINDA TEMOS EXCELENTES ATLETAS E TREINADORES . VAMOS LA PESSOAL ,FAÇA ACONTECER!!! AGUINALDO BARBOSA

    ResponderExcluir
  6. Oiie, meu nome é Amanda e pratico volei por pelo menos 4 anos e eu só queria saber quando que vai começar a seleção pra jogar no time de Florianópolis..
    quase ia me esquecendo, moro em Biguaçu perto de Floripa fiz mais ou menos 2 anos na Escola de Esporte Unisul e 2 anos no ginásio de Biguaçu.

    ResponderExcluir
  7. OI ...estou aqui pra indicar uma jogadora fora do sério, não muito alta mas com seus quase 16 anos e 1.78 ou 79 de altura, reside em Barbacena que aliás tem muito atleta interessante, joga atualmente pelo vasco da gama do Rio...mas em condições melhores aceita proposta ela é boa msm...caso esteja afim de contato,,, ailtonsilvabq@hotmail.com

    ResponderExcluir