quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Era LM e não LA, mas podia ser LA, entendeu?

Quem frequenta o Blog aqui deve ter notado que apaguei o post que reproduzia uma matéria do Engeplus, que dizia que a LA Sports, parceira do Avaí, teria procurado o Criciúma para propor uma parceria nos mesmos moldes do Leão da Ilha.

Acontece que o Engeplus errou, mas nem tanto. A empresa que procurou o presidente Edson Búrigo nesta semana foi a LM Sports, do empresário Leandro Moreno, que propôs ao Criciúma, além do auxílio na montagem do time, a contratação de um gerente, um supervisor e dois auxiliares, e garantindo que o técnico Itamar Schulle será mantido e respeitado.

Mas hoje, o Marcos Castiel soltou no Blog dele que essa LM Sports é um "braço" da LA Sports, e que essa parceria teria a aprovação da Diretoria do Avaí.

É estranho, mas resta saber como que a coisa vai rolar.

4 comentários:

  1. Resumindo, um bando de empresários chega e toma conta do clube e embolsa todo o lucro.

    Espero que o BFC nunca caia nessa. Tem que fazer parceria com clubes grandes, e não com empresários.

    Alguém acha que um clube que tem a 34ª categoria de base do Brasil não acha um clube grande interessado numa parceria, inclusive envolvendo patrocínio? É só marketing.

    ResponderExcluir
  2. a melhor parceria q o bfc poderia fazer, eh conseguir uns 5.000 mil socios e arregadar uns R$ 200.000,00 por mes.ai nao dependeria de empresarios de jogadores.

    ResponderExcluir
  3. Por isso é importante uma campanha para aumentar o número de sócios. Numa primeira fase, duplicar para 2000. É uma questão de marketing possível de ser feita.

    2000 sócios + patrocinador principal + PMB + outros patrocinadores = 200.000

    O rendimento de bilheteria tem sido sempre alto em Brusque, embora não divulgado. No estadual deve dar em média 3000 torcedores por jogo, Desses, 2000 pagam ingresso. Valor médio do ingresso: 25. Arrecadação por jogo = 50.000.

    Copa SC
    4 jogos em casa fase 1: 200.000
    3 jogos em casa quadrangular: 200.000 (publico maior, se passar)

    Estadual
    5 jogos em casa turno: 250.000
    4 jogos em casa returno: 200.000

    Desses 250.000 mês em média, eu investiria 150.000 nas categorias de base e CT, e os outros 100.000 em salários. Montar elenco com jogadores do BFC, juniores, e alguns jogadores BONS de fora.

    Algum dia o BFC pode começar a ganhar com formação e venda de jogadores. Ainda vamos chegar lá.

    ResponderExcluir
  4. como provavelmente a chapecoense vai subir para a série c, vão sobrar 2 vagas na série d: 1 na copa sc, e +1 no catarinense. joinville, brusque, metropolitano, juventus e ibirama são candidatos. todos muito afim.

    acredito que uma das vagas vai ficar com o joinville. a outra brusque, juventus, metropolitano e ibirama vão disputar. páreo muito duro: 4 clubes para 1 vaga. é fundamental ter calendário para o ano que vem.

    a copa sc pode até servir de laboratório para avaliar os jogadores, mas o estadual tem que ser pra valer. o bruscão precisa recuperar essa vaga.

    ResponderExcluir