domingo, 30 de agosto de 2009

Fim da invencibilidade, mas a vida continua

Acabou a novela da invencibilidade de 11 partidas do Avaí, com a derrota de 2 a 0 para o Coritiba. Resumindo: toda a maravilhosa sequencia serviu para tirar o Leão do desespero e colocar em posição privilegiada na tabela. Não muda nada no planejamento: há gordura suficiente para não ter sustos com rebaixamento e a chance de Copa Sul-americana permanece altíssima.

Deu pra ver que o Coritiba estudou muito bem o Avaí. Nei Franco soube trabalhar o time, e teve um pouco de azar com as chances desperdiçadas, que podiam aumentar o placar.. Tirei do jogo uma coisa: os outros times já sabem como Silas coloca seu time, isso será um desafio a mais. Nei Franco, hoje, deu nó tático.

E, no outro lado, todos sabemos que é muito difícil manter um padrão alto de qualidade em tantos jogos seguidos, a não ser que você tenha pelo menos 20 jogadores em condições de titularidade, e sem lesões. O Avaí jogou mal. Zaga completamente desconcentrada em campo, Muriqui não apareceu pro jogo... Hoje o time não fez por merecer um bom resultado. Mas a Série A tem disso, e o bonde segue.

Pela frente, dois jogos pra lá de complicados: primeiro, o Internacional na Ressacada, e depois o São Paulo no Morumbi. Se o Avaí quiser ir pra Libertadores, vai ter que pontuar em cima dos dois times.

Nenhum comentário:

Postar um comentário