terça-feira, 8 de setembro de 2009

Deputado denuncia irregularidade na Fesporte

Do site da Assembléia Legislativa:

O deputado Joares Ponticelli, vice-líder do PP, trouxe à tribuna da Assembleia Legislativa no último dia 2 uma grave denúncia envolvendo a direção da Fesporte, da Secretaria de Cultura do Estado, e uma entidade que teria sido beneficiada de forma totalmente obscura. Trata-se de “um caso estranhíssimo”, segundo o deputado, que envolveu cerca de R$ 1 milhão.
Conforme relatou Ponticelli, em 2008 a Sociedade Cultural Progresso, com sede registrada em Laguna, tinha na sua direção uma incrível coincidência: presidente, o primeiro secretário, o diretor cultural, o diretor de esportes e o tesoureiro “tinham o mesmo sobrenome”, observou Ponticelli.
A tal entidade recebeu vários recursos financeiros para a prometida realização de vários eventos culturais e esportivos, “dos quais ninguém nunca ouviu falar”, disse Ponticelli. Para piorar a série de acontecimentos estranhos, ainda em 2008 a referida entidade mudou para Florianópolis, com o mesmo CNPJ. “Fomos até o tal novo endereço e só encontramos lá um senhor gaúcho, que nada sabia dessa entidade ‘Progresso’. Isso é um fato extremamente grave que precisa ser esclarecido”, atacou Ponticelli.

2 comentários:

  1. Que tal investigarem o obscuro "Instituto Anita Garibaldi"?

    ResponderExcluir
  2. Isso acontece aos montes. Recursos para eventos fantasmas. É uma vergonha (quer dizer:uma ladroagem)

    ResponderExcluir