sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Não mudou nada: TJD mantém Porto e Concórdia fora da Segundona

Hoje, lá na Rádio, eu havia dito que o julgamento de hoje, dos recursos de Porto e Concórdia seriam "pro-forma". Ou seja: era quase impossível que o Pleno do TJD reformasse a decisão da Comissão Disciplinar. Mesmo se revertesse, a parte perdedora iria recorrer ao STJD no Rio de Janeiro, que conta com duas instâncias, assim como em Santa Catarina.

Ambos os recursos foram negados por unanimidade, e agora a briga vai ser lá no Rio. Enquanto isso, a segundona permanece parada e cada vez mais é certo que campeão e vice da Divisão Especial não participarão da Copa SC. Falcão, jogador de Futsal que gerencia o futebol do Juventus, foi o primeiro dirigente que resolveu meter a boca na situação. Prometeu até ir a justiça, se for necessário. Sua raiva faz sentido: a participação dos clubes está sacramentada em regulamento. Se a FCF errou, que se vire.

Vamos aguardar agora o rito de julgamento no STJD. Uma coisa é garantida: não haverá uma rápida decisão. O Superior Tribunal é conhecido pela sua baixa velocidade em transitar processos.

8 comentários:

  1. Só uma pergunta: O Juventos já subiu?????? Acho melhor eles primeiro subir, pra depois querer se meter, não to defendendo ninguém e muito menos a FCF, mais uma coisa é certa, bate de frente com a Federação não é bom negócio, e digo mais, o Falcão só falou isso pq o Delfim está de férias na Europa, pois se ele tivesse aqui em Santa Catarina pra escutar isso que o Falcão falou, não sei nem se o Juventos iria subir. Vai com calma Falcão, pra não cair do cavalo antes mesmo da largada!

    ResponderExcluir
  2. Imagina depois desse carnaval todo da Juventus, o quadrangular acontece e eles não sobem, ficaria muito feio. hehe

    Mas não acredito que isso aconteça. Devem subir Juventus e CFZ Imbituba.

    ResponderExcluir
  3. Quando aparece alguém para defender os direitos dos clubes tem gente que pula pro lado do Véio. Não dá entender. Temos mesmo é que incentivar o Flacão e outros que se atreverem a desafiar esse cara.

    ResponderExcluir
  4. Quando for pra bater de frente com a FCF, tem que ser em conjunto: via Associação de Clubes. O anônimo 09:10 tem razão. As arbitragens em SC são totalmente manipuladas pela FCF. Se a FCF inventa de rebaixar alguém ou não deixar subir, ela faz mesmo.

    Mas nem sempre dá certo. Tentou mas não conseguiu evitar o rebaixamento do Marcilio e nem a perda do título da Copa SC pelo JEC. O BFC foi campeão dentro de Joinville, e apesar de ter sido prejudicado pela arbitragem no tempo normal, foi campeão lá.

    Acho que chegou a hora da Associação de Clubes ditar as regras e colocar a FCF na parede. Essa Copa SC tem que ser modificada. Fica inviável montar um plantel e correr o risco de disputar só 3 partidas em casa. No caso do BFC é pior: nenhum jogo em casa no turno, por causa da punição, e os 2 jogos contra o metroxa fora do AB.

    A sugestão é fazer uma Copa SC com 7 semanas, jogos quartas e domingos. Todos jogam contra todos dentro e fora, e o campeão é aquele que somar mais pontos.

    Maior receita para os clubes, menos risco de prejuizo e um campeonato muito mais interessante e coerente. Por que a Associação de Clubes não faz pressão?

    Os chamados médios e pequenos têm que criar uma associação de clubes paralela. Tem maior número de votos do que os chamados grandes. O problema é que os interesses de Figueirense, Avaí, Criciuma e Joinville são muito parecidos com os interesses da FCF.

    ResponderExcluir
  5. Vai com calma Falcão, pra não cair do cavalo antes mesmo da largada! [2]

    É, ele esqueceu que o Juventus ainda não subiu. Depois de ter perdido para o NEC, nem é tão impossível assim o Juventus não subir.

    Vai com calma seu Falcão. De futebol de salão vc entende, mas tem que aprender muita coisa for dele.

    ResponderExcluir
  6. FCF tentou evitar o rebaixamento do Marcílio? Pô, o que o Marcílio foi mal-tratado pelas arbitragens esse ano dá um livro, principalmente na Série C. E nem importava se era dentro ou fora de casa. Aliás, a FCF abandonou o Marcílio. Como o João Marcatto não pode receber jogos da Série C e pode receber jogos da Divisão Especial?

    ResponderExcluir
  7. o falcao ta certo, ta defendendo o clube dele. e os outros dirigintes que ficam calados. incluo aqui os do bfc, pois vamos perder $ se os da time da segundonado nao jogarem a copa sc.

    eh mto facil ser da fcf, soh sabem cobrar taxas, nao fiscaliazam direito, e quando da zebra, larga o rojao na maos dos clubes.

    mesmo q o juventos nao subir ele ta certo em reclamar, pq o time dela ta parado e quem vai bancar o salario final do mes eh ele e a fcf nao vai ajudar, soh vai cobrar mais taxas.

    ResponderExcluir
  8. Postei um comentário as 10:35 criticando o Falcão, mas revejo minha opinião e acho tambem que ele está certo, subindo ou não o Juventus.

    Concordo com o comentário 18:15. Os cubes chamados médios e pequenos precisam bater de frente com a FCF que já não tem moral pra mais nada.

    Nessa Copa SC, mtae dos clubes vão perder $$ e precisa urgee convocar uma reunião de clubes para reformular essa tabela. Ninguém vai suportar 4 meses de folha e correr o risco de jogar só 2 ou 3 partidas em casa.

    A minha sugestão já falei várias vezes: tabela por pontos corridos, todo mundo joga contra todo mundo em 2 turnos, jogos quartas e domingos. Termina em 7 semanas, sobra tempo pra uma semana de folga entre os 2 turnos se quiser, e dá tempo pro ganhador disputar a Recopa na metade de dezembro.

    Chave com menos de 5 times é suicidio. Quase um mata-mata, levando desvantagem imensa quem tem jogo de punição.

    ResponderExcluir