segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Pode chover canivete, que a Chapecoense já chegou lá!

Nem roteiro de Hollywood criaria tanto drama para um dos jogos mais importantes da vida da Chapecoense: jogador expulso aos dois minutos? chuva de granizo no meio da partida? gol do adversário no final? Peraí... hoje era o dia do Verdão. Se chovesse canivete, nevasse ou se um enxame de abelhas africanas invadisse o Índio Condá, nada tiraria a ida da Chapecoense à Série C. A festa só não foi completa porque São Pedro assim quis: infelizmente, as fortes chuvas deste domingo causaram destruição em vários locais da cidade. Mas a população vai sair dessa.

O gol fora de casa classificou o time de Chapecó, que estava invicto há 20 jogos dentro do seu estádio. Em situações normais, a sequencia continuaria. Mas o drama começou aos dois minutos, quando Fabrício bobeou e foi expulso. Um jogador a menos, e o Araguaia continuava sendo um time valente, mas tecnicamente inferior.

A chuva e o granizo, nas proporções gigantescas da tarde deste domingo, por si só nivela o jogo por baixo. Não havia jeito de ter um jogo de futebol, que corria o risco de ser paralisado. Mas o juiz deu a sequencia, e Valtinho deu mais drama à decisão, marcando para o Araguaia aos 32 do segundo tempo. Depois, foi tentar afastar a bola de tudo que é jeito, até o apito final.

O planejamento da Chapecoense deu certo. Hoje, está entre os quatro melhores times do Estado, e poderá ser o terceiro clube catarinense a conquistar um título nacional. O time é favorito ao título, e poderá chegar lá, agora sem a pressão do acesso sob suas costas. Mauro Ovelha chegou ao seu primeiro objetivo, e terá a grande chance de perder o rótulo de derrotado em decisões.

É a consolidação de um trabalho bem-feito, que envolve com sucesso a comunidade, o empresariado e poder público em torno do futebol de Chapecó. Santa Catarina está parabenizando a Chapecoense. E agora, porque não o título?

Atualização 00:40: A classificação da Chapecoense vai forçar uma mudança na tabela da Copa SC: as semifinais acontecerão nos dias 04 e 18 de outubro, quando o Verdão tem estreia marcada contra o Joinville, na Arena. Essa data terá que mudar.

21 comentários:

  1. Enquanto eles vão de vento em popa, subindo para a série C neste ano e provavemnte para a série B no ano que vem, nós aqui seguimos o caminho inverso, apesar de todo os esforços a direção do BFC. Vedadeiros heróis.

    Pessoas que ACHAM que estão contibuindo para o esporte de Brusque são contra a Arena Multiuso pq custa 13 mil por mês. A população de Brusque não merece isso. Enquanto isso, rasgam elogios para o galegão e ginásio de jaraguá.

    São contra o time de volei feminino que disputa superliga do maior voleibol do mundo.

    São contra o Estádio Muncipal porque algumas pocilgas no interior de SC como de Joaçaba e Tubarão estão sem manutenção.

    Enquanto isso, preferem ignorar o SUCESSO do Estádio Municipal Indio Condá, de Chapecó, onde TODA POPULAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA APOIAM. Preferem justificar os seus argumentos tomando por base alguma pocilgas no interior de SC.

    Não aceitam ouvir as altenartivas e planos de realizar um estádio com superavit e ceder ao BFC, que ficará responsável pela manutenção.

    São contra as categorias de base do BFC porque ignoram totalmente. São contra o BFC pq nos programas esportivos só falam de times de fora.

    O esporte de Brusque não precisa mais de inimigos. Por aqui já tem de sobra. Bom mesmo é ter prazer com os times de fora: Avaí, Chapecoense, Palmeiras, Flamengo. Freud explica.

    ResponderExcluir
  2. Vou lhes contar uma coisa....
    O Danilo sai nesse mandato.
    O Brusque cai pra segundona do catarinense do próximo ano e infelismente fechamos as portas...
    O Prefeito ja começou a dar pra tras na continuidade das verba repassada todo mês....é pracabá...
    Tomara que a Havan banque este time, pque senão....

    ResponderExcluir
  3. Se o prefeito não qr mais ajudar, pra q ele qr construir um estádio, como falou??

    ResponderExcluir
  4. Anonimo das 15:57

    Bom, ele prometeu várias coisas como: médicos em todos os postos de saúde, fabrica de asfalto, ruas sem buracos, remédios pra todos que precisam, transporte urbano mais eficiente....etc...etc...etc....
    Essa do estádio é mais uma desta lista

    ResponderExcluir
  5. Se for pela vontade de alguns, a Arena Multiuso também deve fechar. Custa 13 mil por mes, a população de Brusque não merece ter um ginásio de esportes decente por esse custo mensal. Já temos o galegão e o ginásío de jaraguá, pra que ter um em Brusque?

    O time de volei na superliga também não vale a pena manter. Afinal, pra que o nome de Brusque aparecer na mídia nacional e ter jogos televisionados pra todo o Brasil pelas tvs abertas e fechadas? Pra que proporcionar jogos da superliga pra população de Brusque assistir? O que a cidade e a AD Brusque ganham com isso?

    Pra que valorizar as categorias de base do BFC, 34ª colocada no ranking nacional? Deixa as radios de Criciuma virem pra cá transmitir os jogos. Nós somos inteligentes, e eles são burros. Por isso, mandamos nossas categorias de base às favas. Ora se vale a pena perder tempo com isso.

    Da mesma forma, não podemos ter estádio em Brusque, mesmo provando que o BFC pode fazer a manutenção e que o projeto depois de pronto pode gerar receita maior que despesa.

    Lá em Chapecó ninguém entende nada de futebol nem de lazer pra população. São burros. Imprensa mídia, empresários, população estão todos errados. Construiram um estádio municipal, e estádios municipais, SEMPRE são inviáveis.

    Finalmente, o BFC deve fechar as portas. Afinal, o povo de Brusque não gosta de futebol, e não merece ter um time de futebol. Prá que?

    Assim, não pecisamos mais gastar os 3 minutos por dia do programa de esportes pra falar da porcaria do Brusque. Além disso, sobra mais tempo pra falar do Palmeiras, Avaí, Chapecoense, Flamengo. Não é isso que importa?

    Parabéns. Voces da imprensa esportiva de Brusque estão conseguindo o que queriam: inviabilizar e acabar com todos os esportes profissionais em Brusque.

    Diferente e bonito é ser do contra. Malhar tudo que temos de bom. O comentarista anterior tem razão. ...é pracabá...

    ResponderExcluir
  6. O Prefeito não quer mais ajudar porque os 20 mil era pra ser investido nas categorias e isso não esta sendo feito. Torraram a grana naquele timeco (supertime) conforme ouvi de alguns diretores e torcedores. Definitivamente nosso Brusque vai ser sempre isso. Quando acha um ovo é pode. A Havan também bem logo vai cair fora porque não estamos investindo bem a grana que ela repassa.
    Vejam:
    1) Quando a empresa colocou dinheiro para levar o time para o quandrangular final ninguém sabia onde procurar jogador então trouxeram o Diogo Oliveira.
    2) Quando investiu para subir para a série C do brasileiro fizeram aquela merda de time e ainda por cima queimaram todos os garotos da base com excessão do Valdo que só jogou porque os atacantes que trouxeram eram muitoruins.
    3) Novamente vão investir o dinheiro errado, pois esta Copinha já já tem dono "JEC" se não for no campo será no apito. E fazendo mais um fiasco com certeza a Havan também vai cair fora.
    Enquanto o Brusue não colocar no departamento de futebol pessoas que entendam de futebol vai ser sempre isso, vamos estar sempre correndo atrás de grana e um o poço vai secar.

    ResponderExcluir
  7. [em off]

    é, meu caro Rodigo. Faça um exame de consciência e vai ver que tudo o que está escrito no comentário não publicado é verdade. Infelizmente, a postura tem sido exatamente esta. Mesmo assim, espero que vc publique o comentário censurado. A verdade as vezes dói, mas ter coragem é uma virtude dos grandes homens.

    Procure dar sugestões pra melhorar aquilo que vc acha que pode ser melhorado e não ficar metendo o pau em tudo que temos de bom.

    Boicotar e inviabilizar um Estádio Municipal é acabar de vez com o futebol em Brusque.

    Existem maneiras de viabilizar o projeto junto com o BFC. Basta fazer e arrendar ao BFC, como o Engenhão. O estádio, se bem planejado e administrado, pode gerar receita maior que custo. Isso é evidente. A Prefeitura pode ficar com uma parte da receita com eventos.

    Vamos mudar essa postura e seguir o exemplo de Chapecó. Vamos lutar pra prefeitura construir esse estádio, fazer um contrato com o BFC que pode ficar com a manutenção e ganhar dinheiro explorando eventos como fenajeep, atletismo, pontos comerciais. Exitem n maneiras e tornar o projeto viável. Ainda mais naquele local onde está planejado.

    É de extrema importância o teu apoio.

    ResponderExcluir
  8. O dinheiro investido pela prefeitura está sendo MUITO BEM APLICADO. Quantos clubes em SC tem categorias de base entre as 34 melhores do Brasil? A eficiêcia do trabalho é medida pelos RESULTADOS. Parabéns direção do BFC e comissão técnica. Isso que voces conseguiram não é pra qqer um.

    Se algumas vezes falta dinheiro para cumprir os compromissos e viabilizar a continuação do clube, por que não usar parte dessa receita eventualmente? Uma coisa depende da outra. Sem clube não exitem categorias de base, e sem categorias de base não existe clube de futebol bem sucedido. O Prefeito Paulo Eccel é inteligente e certamente está vendo isso.

    Sobre a montagem dos times, futebol tem dessas coisas. As vezes vc gasta pouco e monta times competitivos e as vezes vc gasta muito e não dá liga. A vezes vc comete erros, e outras vezes acerta. Mas o objetivo é sempe acertar. Ninguém erra de propósito.

    A direção do Brusque não foi feliz na montagem do time pra série D. Ma foi feliz na DE e Copa SC do ano passado. Qanto vc acha que o Joinville investiu no time da Copa SC do ano passado? O que conseguiram? Será que só o Brusque não pode errar?

    Qto a montagem do time para a Copa SC, é irrelevante pensar se o JEC já ganhou ou não. A Copa SC serve de preparação para o estadual. Mas pode dar liga e o Brusque ganhar. Por que não?

    A estratégia pra montar o time foi mais do que acertada. Evitou-se correr riscos e buscar de preferência jogadores já conhecidos, que provaram alguma coisa no BFC no pasado. Eu estou gostando das contratações, dentro das possibilidades finaneiras do clube.

    Quase metade do plantel é formado por jogadores da base, que hoje são profissionais: João Ricardo, João Neto, Nitsche, William, Leonardo, Valdo, Tom, Daniel. Alguns podem desponta como Logan, William, Valdo e renderem $$$ para o BFC.

    O que querem mais? Milagre??

    Tenho certeza que o nosso prefeito vai contnuar apoiando o Bruscão. Um executivo analisa as coisas olhando os resultados.

    E outra, podem se preparar que o Estadio Municipal vai sair. Um estádio multi-uso, lucrativo, para atletismo, eventos, e futebol e mautenção entregues ao BFC. Localizado num ponto previlegiado: fácil acesso, ponto altamente comercial.

    O Prefeito Paulo Eccel e o Luciano da Havan estão com o Brusque e não abrem. Acredito que o Luciano pode até participar do projeto do estádio.

    ResponderExcluir
  9. Prefeito, vem mais coisas boas das nossas categorias de base por aí. O Brusque pode chegar até em terceiro lugar no estadual de juniores, e melhorar ainda mais a posição no ranking nacional.

    Estamos apenas 2 pontos atrás do Jonville e 3 atrás do Avai. Dos 4jogos que faltam, temos 3 jogos em casa: Criciuma, Figueirense, e Chapecoense e apenas 1 jogo fora (Avaí).

    Se isso não é investir bem nas categorias de base, o que é então?? Qual o ranking da Chapecoense, Joinville, Metopolitano, que têm muito mis condições financeiras do que nós??? Investimento bom sempre se mede pelos resultados.

    ResponderExcluir
  10. Vcs só falam em 34º no ranking...
    mas me digam, sendo 34º no ranking, quanto o Brusque ja arrecadou com a venda de algum jogador? NADA
    O Palmeiras por exemplo que está bem atras do ranking, quanto ja arrecadou com a venda de jogadores? ALGUNS MILHÕES....
    Então pessoal, esses jogadores como estão hj, valem NADA no Brusque, e MUITA GRANA SE ESTIVESSE NUM TIME DE SÉRIE A, mesmo com ranking inferior ao Brusque.
    A categoria de base do Brusque, tem vários jogadores fazendo testes em clubes grandes, será que eles pagam alguma coisa para o Brusque qdo ficam por lá? PAPAI NOEL EXISTE

    ResponderExcluir
  11. A primeir fnção das categoria de base é formar jogaore para o time principal. Se não fossem as categorias de base, o BFC não poderia hoje disputar a Copa SC e nem o estadual 2010.

    Como pagar salários para 25 jogadores de fora?? Só por isso já vale. Faça as contas e veja qto o BFC está deixando de gastar.

    O BFC tem vários jogadores de base fazendo teste em times grandes? Quais times? Portuguesa Santista??

    A curto prazo, o BFC tem 4 ou 5 jogadores das categorias de base que podem render dinheiro: João Ricardo, Valdo, William, Logan, Daniel (n sei bem se é esse o nome d menino revelação df auditivo).

    O BFC tem contrato de pelo menos 3 anos com todos eles. Se algum clube grande se interessar, vai ter que pagar. Mas pra isso é preciso que esses jogadres MOSTREM ALGUMA COISA NO PROFISSIONAL. Quem conseguiu mostrar? Valdo? João Neto? William? Leonardo? Não venha dizer que não tiveram chance. Jogador ganha a posição nos treinamentos.

    Não sou pessimista com as nossas categorias de base. Pelo contrário. Estou SEMPRE ACREDITANDO que eles podem mostrar e que isso vai acontecer um dia.

    Num jogo no SESI em Blumenau, qdo o Brusque estava jogando com 4 juniores contra o metroxa, o Casão me dizia: "esses meninos qdo tem chance no time principal em vez de dar o sangue, olha a postura deles em campo." A coisa não é tão fácil como vc acha.

    Noutro dia na ESPN Brasil os comentaristas falavam que fazem VÁRIOS ANOS que as categorias de base do Palmeiras não revelam NENHUM JOGADOR. De onde vc tirou que o Palmeiras está ganhando milhões com as categorias de base???

    ResponderExcluir
  12. Nada adianta estar em 34º lugar no Ranking e não ganhar nada com a venda de jogador. O trabalho que eesta sendo feito no profissinal é que não permite que o Brusque ganhe dinheiro com a venda de jogadores. Vejam o caso do Valdo, deram oportunidade e ele foi o melhor atacante do Brusque na Série D. Não é o mesmo caso do William Gaúcho que jogou apenas 20 minutos num jogo e na lateral esquerda para um meia atacante fica meio dificil né. Isso é dar oportunidade para um atleta jovem? O Nitze nunca jogou o goleiro João não jogou 1 minuto sequer de uma partida oficial. Enquanto o Suca tiver no Brusque não vamos ganhar dinheiro nenhum com venda de atletas da base, eles só vão jogar se acontecer o mesmo que no ano passado que o clube não tinha dinheiro e de vez enquando ele era obrigado a colocar um deles.

    ResponderExcluir
  13. A base do Brusque tem jogadores no Grêmio, Internacional e Palmeiras.
    Pergunta por Camargo o que ele acha sobre categorias de base...vc vai ver que, pra ele o Brusque nunca ganhou e nunca vai ganhar nada com esses jogadores de base.
    Não tem como fazer contratos de 3, 5 anos com cada um deles...quem vai bancar?
    Dai acontece isso, alguns vão fazer testes em times grandes e acabam ficando por lá, se destacam e são vendidos para o exterior....E nosso Bruscão fica chupando dedo...
    Vc acha que o cara vai preferir jogar no Bruscão 34º do Brasil, ou no Palmeiras 450º do Brasil?

    ResponderExcluir
  14. Nem sempe é assim. Quando algum jogador se destaca e é vendido por milhões, como vc diz, o clube formador tem percentual sobre todas as transações na vida profissonal do atleta. Veja o caso do Ramires, formado pelo Joinville.

    Se o William ou Valdo um dia forem vendidos por milhões, o Brusque terá percentual.

    Concordo com o que vc diz. É muito difícil e caro fazer contrato de 5 anos com todos os juniores e dar um tiro no escuro. Isso é impossível. Por isso, aposta-se sempre em alguns. Como está fazendo o Bruscão com Valdo, William, João Ricardo.

    Óbviamente, querer comparar o Brusque com Inter, Gremio e Palmeiras é covardia.

    Mas pelo seu raciocínio, não existe possibilidade de fazer futebol com times pequenos porque exitem os times grandes que não deixam. O melhor é desistir. É isso?

    Vamos continuar lutando pelo nosso Bruscão. A Chapcoense é um exemplo. Mesmo com categoria de base pior que a nossa, veja o que eles conseguiram.

    Não é metendo o pau e boicotando projetos como o Estadio Municipal que vamos conseguir isso, concorda? Eles tem sucesso porque a postura dos torcedores, da imprensa e da mídia esportiva, principalmente, é totalmente diferente da nossa.

    Aqui vale a lei que quanto mais meter o pau criticar, e ser do contra, melhor. Vamos mudar essa postura enquanto é tempo.

    ResponderExcluir
  15. Vc disse tudo, a Chapecoense tem uma péssima categoria de base, mas se da bem nas contratações.....
    O negócio é formar times com expressão com a Chapecoense vem fazendo pra começar a jogar campeonatos mais importantes e assim ter uma vitrini mais ampla para os atletas da base....
    Hoje o Brusque tem vitrini somente para times da região, diga-se de passagem que o Metropolitano levou alguns atletas nosso da base...
    Te pergunto, o Brusque ganhou algo com isso? NÂO
    No caso do Joinville é diferente, é uma equipe com mais expressão, mais vitrini, ganharam uma grana boa com o Ramires.....Imagina se o Ramires jogasse no Brusque.....quem iria contratá-lo? Joinviile, Avai, Criciuma ou Figueira......
    Mas por outro lado, imagina se o Willian Gaúcho estivesse no Joinville ou até mesmo ou Valdo...talvez ja estariam brilhando em algum outro clube de sérias B ou até mesmo A

    ResponderExcluir
  16. Sondagem:
    Brusque sonda atacante Cadu, aquele que jogou na chapecoense, não me lembro dele, será que joga bem??

    ResponderExcluir
  17. Vou defender os meninos da base também. Até agora o único que teve uma real oportunidade com sequência de jogos e de titular foi o Valdo e não decepciou.
    Conforme o comentário acima que o Casão que disse que os meninos tem suar sangue prova que ele é não entende nada, pois não é em um clássico e o time precisando ganhar é que dá chance a um jovem atleta. O técnico Murici Ramalho disse em um programa de TV que os jogadores da base devem serem colocados em jogos fáceis para irem adquirindo ritmo e pegando confiança e que colocar um atleta que esta iniciando em jogo dificil pode-se estar encerrando uma carreira promissora. Aqui em Brusque o cara tem que entrar ser o melhor do jogo e fazer gols caso contrário não joga nada.

    Quando o estádio municipal ficar pronto, o Brusque tem que proibir os reporter e comentáristas que estão neste momento sendo contra a construção do novo estádio.

    ResponderExcluir
  18. Anonimo 29 de Setembro de 2009 13:39

    Perfeito o teu comentário. Como vc falou, quem vai contratar um jogador que está no BFC? Qual a vitrine de um time que nas 2 últimas competições numa disputou o rebaixamento e noutra foi eliminado na primeira etapa? Como fazer dinheiro dessa forma?

    Se o Brusque montar times competitivos, pode se tornar vitrini e ganhar dinheiro com os atletas que se destacam. Hojé é impossível. Outra alternativa é emprestar por 1 ano jogadores que se destacam e tem contrato de longo prazo. Emprestar para times de projeção, como por exemplo o Atlético Paranaense, Coritiba. Eles se interessam por revelações. O Avaí é mais fácil ainda, e hoje é grande vitrine. Joinville, Criciuma e Figueirense não adianta. O que o Joinville está disputando? E o Criciuma? O Figueirense está quebrado.
    _________________

    Anônimo 29 de Setembro de 2009 16:02

    Concordo também com o que vc falou. Lembra do último jogo do estadual, contra o Tubarão, que os juniores jogaram sem pressão e deram um show de bola? Lembro daquele golaço do Leonardo, que matou a pau naquele jogo.

    ResponderExcluir
  19. Estive pensando sobre a posição do Rodrigo com relação ao estádio municipal. Na minha opinião, ele é contra estádios municipais nos moldes antigos. O poder público constrói, os times jogam um número limitado de partidas durante o ano, e o resto do tempo ficam parados e sem manutenção. Claro que isso gera um ônus ao poder público, pois tem que fazer manutenção de uma coisa que só gera despesa e não gera receita. Esse tipo de projeto é antigo e inviável. Nesses moldes, é aceitável ser contra.

    Agora, alguém pode ser contra um projeto de um estádio municipal poli-esportivo, com pistas de atletismo, versátil para realizar eventos (fenajeep, rodeios, shows), jogos de futebol do BFC, exploração de pontos comerciais internos e externos, gerando mais receita do que despesa? Quanto dá pra arrecadar num evento como a fenajeep? Ou noutro tipo de show, como um rodeio ou algo parecido?

    Um estádio moderno e lucrativo deve fazer uma programação de eventos para o ano inteiro: jogos de futebol, atletismo, festas (fenajeep, etc), shows, eventos. Tivemos recentemente uma menina de Brusque ganhando medalha de ouro em corrida na Europa, se não me engano, sem termos pista de atletismo na cidade.

    Isso sem contar que o BFC hoje paga aluguel do AB e gasta com a manutenção do estádio. Só nisso vai por baixo R$ 6 mil por mês. Tendo um estádio municipal, pode dobrar ou triplicar a quantidade de sócios e investir mais do que isso na manutenção de toda a parte do futebol.

    O estádio municipal pode ainda ser misto, com participação do poder público e algumas grandes empresas, como a Havan. Se apresentar um projeto desses pro Luciano, garanto que ele vai pensar num meio da Havan participar. Principalmente se for poli-esportivo e beneficiar outras modalidades de esportes para a nossa cidade, como atletismo. O nome Havan pode fazer parte do estádio, e ser um marketing poderoso para a empresa, que além do mais fica próxima do local.

    Vamos seguir o exemplo de Chapecó fazendo alguma coisa muito melhor que eles em termos de estádio municipal.

    ResponderExcluir
  20. com essa de hoje o Figueira passou a ser vitrini também...

    ResponderExcluir
  21. Olá pessoal, Sou um fanático do nosso querido verdão do oeste, como torcedor posso me contar muito satisfeito com tudo o que esta acontecendo com nossa chape, mais que merecido pela torcida que tem, desde 2006 quando foi campeã da copa SC a chapecoense vem despontando em um ritimo muito bom, em 2007 fomos campeões catarinense, 2008 disputamos copa do brasil e serie C, 2009 fomos vice do estadual e conquistamos o acesso serie c e copa do brasil 2010. O que posso relatar de todos esses acontecimentos que só engrandeceram o nosso glorioso verdão, é fruto de muito trabalho da diretoria do clube, que junto com a cidade, os empresários a administração pública vem consolidando o chapecoense entre os grandes do futebol catarinense.
    o apoio da torcida tem sido fundamental cada dia aumenta o numero de sócios e ja não contamos mais com torcedores apenas da casa mas da região, e contamos com um consulado em xanxerê que é coordenado pelo marcelo torcedor fanatico daquela cidade.
    Bom desejo sorte ao brusque na copa sc e força ao futebol catarinense.
    Abraço a todos...

    ResponderExcluir