terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Imbituba fora? Eu só acredito vendo!

É assunto em tudo que é jornal hoje: O Imbituba vai entregar seu pedido de desistência do Campeonato Estadual de 2010 hoje, em reunião dos clubes em Floripa. O motivo seria a falta de dinheiro, aquela lamuriada toda que eu já ouvi várias vezes em todos os pontos do Estado.

Até pode ser que isso aconteça, o que eu acho ridículo, um time que subiu como campeão da Segunda Divisão abandonar o barco desse jeito. O presidente Robertinho Rodrigues não faria um segundo fiasco seguido, depois da piada que foi o Atlético Tubarão neste ano, onde ele também estava no meio?

Quer saber? Pra mim, ele está jogando pra torcida. Já aconteceu aqui no Brusque: o presidente chora as pitangas, diz que vai largar, que não tem apoio, que vai desistir, para criar um clima de comoção e arrumar novos apoios. Aí, na hora H, vai vir com o discurso do tipo "atendendo os apelos da comunidade, nós vamos para o Campeonato, em respeito ao torcedor..."

Considerando que o projeto do CFZ Imbituba era de clube empresa, cheio de modernidades no site, uma desistência na hora da maior vitrine seria de um total amadorismo.

7 comentários:

  1. o futebol de santa catarina e o esporte em geral,precisa do apoio empresarial.
    mais que provado que o retorno é certo,seja no financeiro na marca da empresa como no social,na cidade em todo estado.
    sem delongas,acho que o apoio financeiro demorou.

    ResponderExcluir
  2. é bem coisa do tipo desse robertinho, o rei da mentira.

    ResponderExcluir
  3. Não tem nada de jogar pra comunidade e coisa parecida. Futebol profissional é caro mesmo e nessas Cidades menores, com certesa a água bate na bunda toda hora. Não é ameaça não, com certesa o negócio deve ta feio. A despesa é muito alta par disputar de mano com Avai, Figueirense, Chapecoesnes, Joiville, Criciúma, Metropolitano. É complicado mesmo.

    ResponderExcluir
  4. agora eu vi que realmente fazer futebol não é facil, até o falcão da malwwe largou. pelo jeito é uma buxa mesmo. só tem uma explicação, despesa maior do que a receita. caso contrário, se fizer um time com uma despesa menor do que a receita, com certesa o time não faz frente para ninguém, consegue pagar as contas em dia, mais ai é segundona na certa. como esses times de cidades menores vão arrecadar R$ 200.000,00 mensal???????????????? isso é receita dos times menores, os outros times ou clubes a receita deve ser de R$ 350.000,00 para cima froxo.

    ResponderExcluir
  5. Tudo bem que o Robertinho é todo enrolado, mais que a maré deve ta pegando lá pros lados de Imbituba, isso eu não tenho dúvida. por ser campeão da segunda, devem ter gasto mais do que podiam, agora a corda estorou.

    ResponderExcluir
  6. no Rio Grande do Sul time do interior n paga bola n paga arbitragem e ainda recebe ajuda de custo da federação...... pena que aqui temos o Delfim.... e como até a copa ele não sai.....temos por ai mais uns 5 anos de tristesa pro futebol de SC.

    ResponderExcluir
  7. "Quer saber? Pra mim, ele está jogando pra torcida. Já aconteceu aqui no Brusque: o presidente chora as pitangas, diz que vai largar, que não tem apoio, que vai desistir, para criar um clima de comoção e arrumar novos apoios. Aí, na hora H, vai vir com o discurso do tipo "atendendo os apelos da comunidade, nós vamos para o Campeonato, em respeito ao torcedor...""

    Com certeza, não tenha dúvida, a verdade é essa e acabou. O futebol é caro sim, mas mesmo estando na pindaíba podes crer que vão dar as caras no Estadual. Robertinho Rodrigues é o rei da mentira. É da mesma laia do Delfim, Carlos Crispim, Egon da Rosa, seu irmão Waldemar da Rosa e demais dirigentes de clubes de futebl de Santa Catarina, todos PICARETAS DE MARCA MAIOR.

    ResponderExcluir