sábado, 11 de julho de 2009

Marcílio x Brusque terão que jogar novamente pelos juvenis

A partir de agora, jogos que não acontecerem por falta de segurança ou de ambulância, terão que ser remarcados, e o clube irresponsável não será punido. Essa foi a decisão do pleno do TJD, na quinta-feira.

O tribunal ordenou que Marcílio Dias x Brusque, jogo da primeira rodada do Estadual de Juvenis, terá que ser jogado novamente, semana que vem. A partida original não teve bola rolando, já que o Marcílio não havia providenciado ambulância para a partida. A FCF deu os pontos do jogo para o Brusque, mas a decisão foi reformada no Tribunal, criando um precedente perigoso.

Beneficiado foi o infrator, que não tomou as providências cabíveis para a realização de um jogo.

Pior ainda, é saber que o jogo não vale absolutamente nada: o Marcílio já está eliminado, e o Brusque classificado, com a vitória sobre a Chapecoense na chuvosa tarde deste sábado.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Felipe Oliveira é demitido do Brusque

Novidade importante no final da tarde desta sexta: o atacante Felipe Oliveira foi demitido do Brusque. O técnico Suca exigiu a dispensa do profissional, devido às suas saídas noturnas: "O futebol tem regras que precisam ser respeitadas. É importante que os jogadores sejam responsáveis".

Suca disse que Felipe foi para a balada na quarta e na quinta, chegando tarde e comprometendo o seu rendimento nos treinamentos. O treinador solicitou a sua demissão para a diretoria, e foi atendido.

Felipe desabafou. Disse que foi convicção do treinador, mas o criticou por não tratar as coisas no "olho-no-olho" e não ter ombridade suficiente para conversar com ele. O clima entre os dois ficou insustentável.

Ô povo que gosta de um sereno...

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Fossati, ex-Avaí, ganha a Recopa pela LDU

A LDU do Equador destroçou o Internacional e conquistou a Recopa Sulamericana nesta noite sob o comando de um ídolo do Avaí: hoje, Jorge Fossati, no alto dos seus 56 anos, é um treinador experiente, que inclusive já comandou a Seleção do seu país, o Uruguai...

.. mas muita gente se lembra do rapaz aí do lado, o goleiro Fossati, ídolo avaiano no final dos anos 80. Na foto, aos 35 anos, ele era o capitão do time campeão estadual de 1988, que levou mais de 20 mil pessoas à Ressacada no jogo decisivo contra o Blumenau.

Olha, sei não se ele não pode ser um nome interessante pro futuro no comando técnico do Avaí. Lá no Equador não se deve pagar tão bem assim. É um técnico de renome na América do Sul, e é ídolo avaiano. Dá pra se pensar.

Violência até em campeonato sub-16

A foto ao lado não é registro de briga de torcidas de grandes clubes, e tampouco é fruto de violência dentro de campo.

Pasmem gente, a foto é de uma briga em um campeonato sub-16 no Sul do Estado. O jogo aconteceu em Criciúma, pelo Municipal da Categoria. DOZE jogadores do América, que venceu o Renascer por 2 a 1, espancaram um árbitro da Liga local.

O Engeplus relata que o auxiliar Marcos Medeiros Pereira foi espancado pelos atletas do América. Ele notou, durante o jogo, que um grupo do América queria agredir os adversários. Tão logo terminou o jogo, Pereira foi ao encontro do árbitro relatar o fato. Em seguida, acabou levando um tapa desferido pelo irmão de um atleta expulso. Marcos reagiu e, logo após, acabou agredido pelos doze jogadores do América citados na denúncia.

É esse tipo de futebol que ensinam pros novos atletas?

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Juventus detona NEC e FCF

Primeiro, o vídeo abaixo. Eu não acredito que tinha alguém filmando o clássico NEC x Juventus, em Balneário Camboriú. A primeira cena já denuncia: mesmo sendo o jogo com portões fechados, havia torcida presente. Como? Vale também a pena prestar atenção no técnico Vavílson do Navegantes, que se negou a sair de campo e quis avançar no bandeirinha.



Em nota oficial publicada no seu Site, o Juventus reclama de tudo, desde ameaças de morte à arbitragem até falta de maca e condições de trabalho. Aí a culpa já vai pra cima do árbitro brusquense Luiz Carlos Pereira. É um negócio estranho: o jogo teve portões fechados, as imagens comprovam que havia público, e o pessoal de Jaraguá foi impedido de entrar. Sugiro ao Juventus que envie o vídeo acima para o Procurador do TJD, e não para a FCF (que não vai fazer nada) a fim de tomar providências quanto a isso. Ah, tem outra que o Juve não falou: o Delegado da partida, Julio Cesar Silva, simplesmente não apareceu. A arbitragem teve que fazer o papel dele.

E tem mais uma coisa que havia esquecido: tem árbitro mentindo descaradamente na súmula. O jogo Próspera x Imbituba, que começou com 1 hora e meia de atraso na segunda rodada (era pra ser as 11, começou 12h30) devido à falta de policiamento, foi relatado na súmula pelo árbitro como tendo seu início pontualmente ao meio-dia. E você pode notar isso frequentemente: veja o horário que começa o jogo que você vai assistir, e depois vá conferir na súmula.

Teve um torcedor que me perguntou se tão cumprindo a lei e executando o Hino Nacional nos jogos da Segundona. Aí já tá querendo demais...

terça-feira, 7 de julho de 2009

Lá, eles falam o nome

A Globo acha que tá certa, mas olhando pro funeral do Michael Jackson, dá pra fazer uma pequena comparação com aquela situação que os times de vôlei e os patrocinadores tanto reclamam: o modo como a rede esconde o patrocinador.

O Show desta tarde está acontecendo no "Staples Center". A Staples é uma grande rede de lojas de departamentos nos EUA, que pagou para colocar seu nome no Ginásio, assim como a Kyocera fez no Estádio do Atlético-PR.

Todas as emissoras americanas chamam o Ginásio pelo nome, como deve ser. Se a Staples tivesse loja no Brasil, a Globo iria inventar um novo nome pro Ginásio, e se duvidar, iria tapar o luminoso existente na entrada.

Badé, da Chapecoense, rompe ligamento e só volta em 2010

Péssima notícia para a Chapecoense.

A imprensa do Oeste confirma que o lateral-esquerdo Badé, um dos motores do time de Mauro Ovelha, rompeu os ligamentos do joelho esquerdo na partida contra o Ypiranga, em Erechim. Ele não joga mais esse ano, voltará apenas no Estadual do ano que vem.

Na posição, o Verdão tem Emanuel, ex-lateral de Avaí e Tubarão, que pode dar conta da situação. Mas está aquém da qualidade do Badé.

Interessados na Série D, mas não muito

Ontem a noite, Pelotas e Corinthians-PR empataram em 1 a 1, na Boca do Lobo, em Pelotas. O time da casa teve dois gols anulados. Resultado bom para o Brusque, que, vencendo o timão genérico domingo em Curitiba, coloca um pouco de ordem na situação.

Mas ouvindo a transmissão do jogo pela Rádio Pelotense, uma coisa me chamou atenção: a declaração do técnico Beto Almeida dizendo que "Nosso interesse é 90% na Segundona Gaúcha e 10% na Série D". Ora, se o time quer tanto jogar uma segundona, porque não abriu mão da vaga?

Bom pros adversários. O Pelotas entra numa maratona a partir de quinta-feira. O time vai jogar nos dias 9, 11, 13, 16, 19, 21, 23 e 25. Há um jogo no dia 26, que terá que ser remarcado. São 8 jogos em 18 dias, com viagens para SC e PR, além dos deslocamentos pelo interior gaúcho, o que não é pouca coisa.

Já a missão do Corinthians-PR foi explicada pelo seu dono, Joel Malucelli. Em entrevista à Gazeta do Povo, ele declarou que a intenção do seu time é conquistar o título paranaense em 2010, e por isso virá com um time mais simplificado para o Nacional.

São José e Brusque, por sua vez, se prepararam exclusivamente para a Série D. Um foi muito bem, o outro não.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Alô doutor! Cadê a vistoria?

Retirei do Blog do Julimar Pivatto, do Correio do Povo de Jaraguá, sobre NEC 2 x 1 Juventus:

Foi um jogo em que aconteceu quase de tudo. Quando o Juventus fez 1x0, o NEC reclamou do lance, que seria falta. O juiz expulsou o técnico Vavilson e o presidente Egon Rosa invadiu o campo. Alegando falta de segurança (a Polícia Militar alegou que havia saído para atender uma ocorrência), o árbitro paralisou a partida por cerca de 40 minutos. Quando voltou, o NEC empatou a partida.

Depois do intervalo, o pessoal da Rádio Jaraguá teve de transmitir a partida de dentro do carro. O tempo ameaçava chover e poderia estragar os equipamentos, já que o Estádio das Nações, além de não poder receber público, não tem cabine de imprensa. Se na Divisão Especial tem dessas coisas, imagina na Terceirona.

Última rodada dos juniores

Sábado acontece a última rodada da primeira fase dos estaduais de juvenis e juniores. Os seis primeiros classficam-se para a segunda etapa, onde todos jogarão contra todos, classificando quatro para as semi-finais.

Na classificação dos juniores, já estão dentro Figueirense, Avaí, Joinville e Criciúma. Brusque e Chapecoense tem 12 pontos cada, e o Metropolitano tem 9, na briga pelas duas vagas restantes.

Acontece que sábado o Bruscão e a Chapecoense se enfrentarão em Guabiruba, e um empate classificará os dois, tirando o Metrô da briga.

Adivinha o resultado que vai dar?

O Leão desgovernado

Que o Avaí vem jogando mal no Brasileirão, todo mundo sabe. Agora, esse jogo com o Palmeiras foi, de longe, o pior de todos. E pior ainda que isso é emblemático: o ambiente começa a ser de um time entregue, que caminha a passos largos para um rebaixamento. Não queria falar isso, mas é necessário.

Silas diz que não sai, que quer "ver quem é homem nesse time", mas erra ao insistir em Ferdinando e Uendel no time. Fala que quer "comprometimento", mas não cobra os reforços da diretoria. Era sabido desde o final do catarinense que o time precisaria ser mais qualificado. Mas os reforços de qualidade não vieram. E o Marquinhos, chamado de craque do time, não é substituído.

Aí, a situação fica difícil. Não é a condição do time em si dentro de campo, mas as circunstâncias internas que refletem nas quatro linhas, que acaba nessa coisa que estamos vendo. A torcida fez a sua parte, mas enquanto não houver uma senhora chacoalhada, no estilo terremoto de 5 pontos na escala Richter, o bate-volta será inevitável. Hoje, o Avaí está desgovernado. Silas está prestigiado, mas é hora de analisar a situação, e se é necessária uma mudança, que se agradeça a ele e troque o comando.

Um amigo meu, avaiano de quatro costados, me perguntou ontem: "vens ver o Avaí perder gol?". Eu não podia ir. Mas preferia ver bola na rede.

Ducha de água gelada em plena estreia

Já disse isso aqui no Blog e repito: primeiro jogo não serve pra avaliar time nenhum. Então, não espere que eu vá dizer aqui quem é bom ou quem é ruim no time do Brusque. Tampouco vou crucificar o técnico Suca.

Mas não vou deixar de comentar algumas coisas bem sérias.

O jogo em si é facinho de resumir: Brusque empolgado com a torcida que encheu o estádio, tomou dois gols em 16 minutos: um contra-ataque rápido encaixado para o Rafael Xavier, e uma cobrança de falta que desviou na barreira. Aí o Zequinha se fechou, Suca colocou mais atacantes e o placar ficou nisso.

Agora vamos destrinchar a partida: primeiro, que o Suca, que tinha o crédito de toda a torcida, já que sempre montou escalações coerentes, inventou: Leo Maringá não é e nunca vai ser volante. Resultado: Xipote sobrecarregado e o Zequinha dono do meio-campo. Depois de tomar dois gols, Suca arrumou a configuração, colocando Gil, e recuando Claudemir para função de segundo volante. Só que no segundo tempo, o treinador bagunçou de novo, tirando o Claudemir, que criava muito, pra colocar o Paulinho!

Suca, que já deu muita bola dentro, pra mim deu alguns foras nesta partida: primeiro, a entrada de Nequinha no lugar de Pereira não teve efeito nenhum. E segundo, a saída do Claudemir quando o Rafael Bittencourt não mostra futebol desde a segundona do ano passado. Ele merece ir pro banco faz tempo, e não vai. E terá que ser reserva em Curitiba, assim como Diogo Oliveira, que só tropeçava na bola.

Nada está perdido, mas agora o Bruscão terá que vencer fora de casa. Suca vai querer se espelhar na Copa SC do ano passado, que começou com derrota em casa para o Metropolitano e acabou no título. E seja o que Deus quiser.

domingo, 5 de julho de 2009

Agora no Twitter

Ao lado, há a partir de hoje o Twitter deste blog. Algumas curtas novidades serão inseridas ali, com a extensão do assunto aqui no Blog.

Ainda estou aprendendo esse tal de Twitter, mas acho que vai funcionar bem.

Hora de descansar, amanhã tem estreia do Brusque na Série D. Tava com saudade de transmitir um jogo.