sábado, 19 de setembro de 2009

FCF recebe aluguel de sala do Marcílio há 10 anos

A matéria está no "Diarinho" desta sexta. Reproduzo na íntegra, com a linguagem que é peculiar do jornal:

O Centro Comercial Marcílio Dias, na avenida Sete de Setembro, anexo ao estádio Dr. Hercílio Luz, bem no coração de Itajaí, é considerado uma das salvações pra que o Marinheiro tenha uma boa renda mensal com os aluguéis das salas e consiga se livrar das dívidas. O problema é que o prédio não tá sendo usado tão bem como deveria e até a Federação Catarinense de Futebol (FCF) tá lucrando há muito tempo com o espaço do Marinheiro.
O caso foi descoberto após divulgação de um parecer da comissão fiscal do clube, que o DIARINHO teve acesso. Pelo documento, uma das salas do centro comercial tem como sublocador Delfim Pádua Peixoto Filho, presidente da FCF. Lá funciona uma lanchonete e a entidade máxima do futebol barriga-verde recebe, mensalmente, 450 reales de aluguel há pelo menos sete anos, deste inquilino do imóvel. Comprei a sala em 28 de fevereiro de 2002 e desde que cheguei aqui pago o aluguel pro Delfim”, diz um dos responsáveis pela lanchonete DGraus, João Pedro Gomes, que ainda confirma que o recibo do aluguel tá em nome da FCF.
Seu João conta que o antigo dono da lanchonete, conhecido como Pedrinho, já falecido, também pagava o aluguel pra FCF e não pro Marcílio Dias, que, teoricamente, teria direito ao valor, já que é o dono do centro comercial e, consequentemente, da sala onde funciona a lanchonete.

O rolo teve início no final dos anos 90, quando Egon da Rosa era o presidente do Marinheiro. Naquela época, pra quitar uma dívida astronômica junto à federação – segundo o próprio Egon, que não soube precisar o valor do débito –, o cartola repassou a sala pra Delfim e Cia. em forma de permuta até que a tal dívida fosse paga. O problema é que isso rolou há pelo menos 10 anos, e até hoje o valor do aluguel entra na conta da FCF, fato confirmado até pelo gerente financeiro da federação, Arlindo Reis. “Sim, a federação recebe esse valor todo mês. Mas não vi contrato disso, o Delfim foi lá sozinho”, fala.
Jonas Teixeira, funcionário do setor administrativo do Marcílio, afirma que não tem como analisar o contrato dessa sala junto ao clube porque Egon, ex-presidente, não deixou nenhum tipo de contrato ou documentos referentes à sua gestão.
Já o atual presidente do Navegantes garante que a afirmação de Jonas é conversa fiada. “É muito fácil botar no dos outros”, lasca o cartola, que confirma o repasse da sala à FCF, dizendo que não tem mais acesso ao documento porque a negociação rolou há muito tempo e que o responsável jurídico do clube na época em que era o presidente já morreu. “Se tinha dívida, alguma coisa foi feita, foi passada alguma coisa pra eles (FCF). Com certeza foi feito o contrato, mas não tenho como dizer por quanto tempo”, se esquiva Egon.
Carlos Crispim, ainda presidente do Marcílio, fala que, segundo o departamento jurídico do clube, o misterioso contrato já acabou. “Estamos negociando pra pedir a reintegração da sala ou podemos renovar com o inquilino. O Marcílio não tá recebendo nada, não sei se alguém tá recebendo. Falei com o presidente (da FCF, Delfim) sobre isso e vamos sentar e negociar”.
A reportagem do DIARINHO tentou entrar em contato com Delfim, mas o cartola que chefia o futebol catarinense tá viajando pra fora do Brasil, de férias, e só retorna no dia 1º de outubro pra poder esclarecer divez a bagaça.
Tão perdendo grana
Uma das coisas que chamou a atenção na apuração dos fatos foi o valor que a DGraus paga todo mês pra FCF. Os 450 reais são considerados muito abaixo do preço de mercado pra uma sala com ótima localização, no centro da cidade, em frente ao ponto de ônibus mais movimentado de Itajaí.
A pedido da reportagem, uma imobiliária avaliou por quanto o Marcílio poderia alugar uma sala dessas. Ao invés dos 450 mangos, o clube poderia receber até 3 mil reales mensais. Se multiplicarmos este valor de mercado aos 10 anos que o clube não recebe o aluguel, o Marinheiro já deixou de receber 360 mil reais, grana que certamente ajudaria a pagar um montão de dívidas do clube.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Porto entra com recurso, e rodada do final de semana é cancelada

Confirmando o que se esperava, o Porto entrou com recurso após perder o julgamento por 3 votos a 2 na Comissão Disciplinar do TJD hoje, e o Campeonato da Divisão Especial está paralisado. Não haverá rodada no final de semana.

Liguei há pouco para o André Tramontina, assessor de imprensa da FCF, que disse, em tom aterrorizado: "a diretoria da FCF está trancada na sala decidindo o futuro do futebol de Santa Catarina".

O que já apurei: sem jogo no final de semana, acabaram as datas disponíveis no calendário para o término da segundona, que seria na quarta-feira anterior ao início da Copa SC. Considerando que esse processo vá demorar, a cúpula da FCF, que não conta com o chefe-supremo, que se encontra de férias na Europa, está considerando o fato de campeão e vice da Divisão Especial não participarem mais da Copa Santa Catarina, que começa em 18 de outubro, e que passaria a contar com oito equipes. A Copinha não pode ser adiada, pelo mesmo motivo de datas: o campeão precisa participar da Recopa Sulbrasileira, que já está marcada.

TJD elimina Porto e Concórdia, mas a briga ainda não acabou.

O TJD decidiu hoje a tarde eliminar o Porto e o Concórdia da Divisão Especial. Por decisão unânime, o CAC perdeu seis pontos, e recebeu multa de mil reais, pela escalação do meia Júnior, suspenso por três cartões amarelos.

A decisão mais polêmica, e que vai render. Por três votos a dois, o Porto perdeu 12 pontos e também foi eliminado. Vamos explicar: três votos foram a favor da perda de 12 pontos, o que elimina o time, e dois, incluindo aí o presidente da Comissão, votaram pela perda de apenas seis pontos, o que ainda assim garantiria a classificação do time de Porto União. Com a decisão, o Camboriú está classificado e enfrenta o Juventus, domingo, no Robertão. O Imbituba vai a Tubarão enfrentar o Hercílio Luz.

Lembrando que a decisão cabe recurso, e como a decisão do Porto foi apertadíssima, permite que o advogado do time do Norte, o experiente Domingos Moro, vá buscar em outras instâncias a classificação de seu time.

Eu não entendi essa: se ambos, CAC e Porto, escalaram jogadores sob a mesma situação, porque o Porto teve uma punição maior?

Volte em instantes para mais informações.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

FCF manda os times da Segundona ficarem prontos para jogar domingo

Desesperada depois do vacilo que causou lambança na Divisão Especial, a Federação Catarinense de Futebol emitiu um bisonho comunicado no seu site hoje, achando que tudo é muito simples. Segundo a nota, os clubes devem estar preparados para jogar no domingo as 16 horas, depois do resultado dos julgamentos de Porto e Concórdia, marcados para amanhã.

É fácil marcar na sexta a tarde um jogo para domingo. As rádios encontrarão dificuldades para providenciar linhas de transmissão, os clubes precisam avisar ao policiamento com 48 horas úteis de antecedência e organizar uma estrutura de viagem, com deslocamento de ônibus e agendamento em hotéis em um tempo muito curto.

Em tempo: o presidente Delfim está curtindo suas férias pelo mundo afora, e não deve estar sabendo do que o departamento técnico da sua Federação aprontou, deixando passar a suspensão do jogador do Concórdia com três amarelos e criando um rolo tremendo na Segunda Divisão.

Pra fechar: todas as decisões do julgamento de amanhã são cabíveis de recurso, no pleno do TJD e no STJD, no Rio de Janeiro. Provavelmente, quem perder vai protestar. A emenda pode ficar pior que o soneto: se em outra instância houver a reversão da decisão, jogos do quadrangular podem ser sumariamente desconsiderados. Pensa no rolo.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Fabiano Heves é o goleiro do Brusque

Chegou agora a noite à cidade o goleiro do Brusque para a Copa SC: é Fabiano Heves (foto), de 26 anos e 1,87 de altura.

Revelado no Internacional, chegou a ser convocado para as Seleções Brasileiras sub-17 e sub-20, mas acabou dispensado do clube gaúcho. Passou pelo Juventude e foi titular no Paraná no ano passado. Seu último campeonato foi o Paulistão desse ano, onde jogou pelo Mogi-Mirim.

Referências ele tem.

Bomba: Porto também jogou com atleta suspenso

Quando o Concórdia é o alvo das atenções de todos por causa da escalação de um jogador suspenso por três cartões amarelos, eis que aparece um fato novo: o Porto também escalou um jogador suspenso com três cartões: o lateral Erivélton (foto). O Porto pode cair fora da Divisão Especial, e acho que não escapa, pois a denúncia foi feita dentro do prazo.

Vamos aos jogos das súmulas que conferi três vezes. Se alguém quiser ir lá conferir de novo, a vontade.


Primeira série de cartões:

27/06 - x Hercílio Luz
05/07 - x Camboriú
26/07 - x Concórdia. Cumpriu suspensão na rodada seguinte, contra o Próspera.

Tudo indica que o Porto caiu no mesmo erro do Concórdia.

No dia 16/08, na abertura do returno, contra o Juventus, Erivelton tomou amarelo. Na 3a. rodada, contra o Hercílio Luz, ele foi expulso após tomar o segundo cartão amarelo (apenas conta o vermelho).
Depois, tomou dois amarelos: contra o Imbituba, em 30 de agosto, e o terceiro contra o Concórdia, em 05 de setembro. Deveria cumprir suspensão contra o Próspera em 10 de setembro, mas ele entrou em campo com a camisa número 2, conforme atesta a súmula.

O jogo Porto x Imbituba foi cancelado menos de uma hora antes do seu início. Na foto, jogadores do CFZ no Estádio, esperando o jogo que não aconteceu. Estou rindo muito. Tudo isso é culpa da FCF, que hoje resolveu conferir todos os cartões, e detectou o furo no Porto. Se tivesse feito isso antes....

Deu pra bola, Figueira

Quando o Figueirense perde um jogo eu fico me lembrando daquela frase do ex-técnico Roberto Fernandes, que dizia que "tudo estava no planejamento", "só faltam tantos pontos para a Série A", e tudo mais. Vamos combinar: o Figueirense não faz por merecer um acesso. Todos falam, falam e o time não rende. Ontem, contra o Guarani foi a mesma coisa. A derrota é considerada um resultado normal, mas não vi nenhum tipo de reação no time.

Pelo contrário: nem Márcio Araújo sabe o que quer, com um esquema tático que eu não entendo, e acho que a torcida também não entende: sinal que o tempo passa, e o treinador ainda está tentando achar um caminho para o time. Mas já está ficando tarde.

Não bastasse o gol contra do Schwenck, que é patético por si só, o Figueirense fez um segundo tempo abaixo da crítica, contra um Guarani que dava espaço, sim senhor. A zaga continua a peneira de sempre, contando inclusive com um pênalti infantil de Carlinhos. A irregularidade do time, principalmente na ida para a segunda etapa é um problema crítico que não consegue ser resolvido.

Pra resumir: vimos muito mais do mesmo ontem, no Brinco de Ouro. A Série A está, hoje, a sete pontos de distância. É possível chegar? Sim. O time merece chegar? Hoje, não.

Concórdia x Juventus é cancelado. Julgamento é na sexta

Todo mundo deve ter visto no site da FCF, mas o jogo Concórdia x Juventus desta noite está cancelado. O TJD aceitou a denúncia do Hercílio Luz , sobre a escalação irregular do meia Júnior (foto) e o julgamento acontece na sexta-feira, em Balneário Camboriú. O jogo de hoje entre Porto x Imbituba está confirmadíssimo.

Não me perguntem o que eu acho que vai acontecer. Existe um Código que diz que recursos só podem ser ingressados em até 3 dias do ocorrido, ou seja, 29 de agosto. O TJD de Santa Catarina é pródigo em decisões polêmicas e sem nexo, como o caso da bomba atirada pela torcida do Avaí em Criciúma, que literalmente acabou em pizza.

Bom, está criado um problemaço no futebol de SC: como o julgamento é na sexta, a segunda rodada do quadrangular também está comprometida, e desta vez o Imbituba não entrará em campo. Temos que considerar que a parte perdedora entrará com recurso, e o calendário é escasso: a Copa SC começa em 18 de outubro e não pode ter o início adiado, já que na semana seguinte ao seu final começa a Recopa Sul-Brasileira, que terá a participação do seu campeão. Isso impossibilita que a Divisão Especial seja empurrada uma semana para a frente.

E quem deve ter ficado fulo da vida foi o pessoal do Juventus: gastou uma baba para viajar até Concórdia, estava hospedado no hotel, concentrando para o jogo, e terá que voltar para casa, sabendo que, dependendo do resultado do julgamento, terá que ir uma terceira vez para o Oeste. Quem paga o prejuízo? O Juve. Acham que eles vão berrar contra a FCF, que não checou a condição irregular do Junior na súmula?

Pra encerrar, uma rapidinha do Concórdia: no treino de hoje a tarde, o zagueiro Gaúcho deu um soco na boca do goleiro Darlan, que vem a ser o filho do presidente Neudi Wunder. Ele teve um dente quebrado e terá que passar por uma cirurgia. O clima está quente lá no oeste.

Foto: Diego Franke - Lokodokoko

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Hercílio ou Concórdia: Nas mãos do TJD

Acabo de conversar com o André Tramontina, que é assessor de imprensa da FCF. Ele me passou que a situação envolvendo a escalação irregular do meia Júnior pelo Concórdia está nas mãos do Procurador-geral do TJD, Giovani Mariot, que está decidindo o que fazer com a questão.

Está sendo discutido se a denúncia é válida, já que o prazo de 72 horas para recurso passou (o erro foi na 4a. rodada do returno, em 26 de agosto), e a FCF não observou o erro quando recebeu a súmula.

O André me prometeu que até meia-noite poderá dar uma posição no site. O Juventus já está em Concórdia para o jogo, o que torna inviável uma viagem a Tubarão. Some-se a isso a falta de datas disponíveis, já que os campeões devem ser conhecidos antes do início da Copa Santa Catarina, em 18 de outubro.

Atualização 22:40: o presidente do CAC, Neudi Wunder, deu entrevista ao "Diário do Oeste" hoje, dando sua visão do ocorrido: "Eles estão querendo nos tirar da competição de qualquer jeito. Mas nosso advogado recomendou tranqüilidade, pois segundo o regulamento, já venceu o prazo de protesto (que é de até 72 horas) daquele jogo e também porque a denuncia deveria partir do adversário direto, que seria o Imbituba e não o Hercílio".

Volte mais tarde para mais informações.

Hercílio Luz diz que Concórdia atuou com jogador suspenso. Súmulas confirmam.

Hoje pela manhã, li em blog de Tubarão de que o Hercílio Luz teria descoberto uma falha por parte do Concórdia, que teria escalado um jogador suspenso com três cartões amarelos, o que causaria a perda de seis pontos do time do Oeste, classificando o Leão do Sul para a fase final da segundona.

Segundo o Blog do Luiz Augusto Alano, da CBN/Diário de Floripa, o jogador em questão chama-se Junior Vicente dos Santos.

Vamos lá, chequei as súmulas dos jogos pela terceira vez e encontrei um furo. Mas como o fato aconteceu faz tempo, o prazo para recurso já se foi, mas informo aqui:

No dia 21/06, contra o Hercílio Luz, Junior tomou dois cartões amarelos, que resultam em um vermelho. Logo, o Amarelo deixa de ser contabilizado.

Nos dias 29/07, contra o Videira, e 09/08, contra o Juventus, Junior tomou um cartão amarelo em cada partida. Estava com dois amarelos na sua contagem.

Ele não jogou no dia 16/08 contra o NEC, talvez pelo pessoal do Concórdia achar que Junior estivesse suspenso. Entrou em campo no dia 23 de agosto contra o Camboriú e tomou o terceiro amarelo, que o suspendeu para a partida seguinte, contra o Imbituba.

No dia 26/08, Junior, suspenso, estava no Banco de reservas e entrou no jogo contra o CFZ aos 16 minutos do segundo tempo.

Repito o que disse lá em cima: há um prazo de 72 horas para que uma equipe interponha um recurso. Não sei o que a FCF vai fazer em cima disso, já que o CAC errou, e as súmulas comprovam. Se a Federação Catarinense copiasse a sua co-irmã gaúcha, que deixa disponível no seu site uma planilha com os cartões recebidos por todos os times, seria bem mais fácil. A FCF também errou feio, pois se tivesse um sistema informatizado, ele acusaria a entrada de jogador suspenso no dia seguinte ao jogo.

Agora temos um problema. E o quadrangular começa amanhã. Se alguém achar algum erro na minha pesquisa, por favor fale. Revisei três vezes, errei na primeira, acho que agora está certo.

Atualização das 17:53: O Código diz no seu Artigo 74 que "A queixa só poderá ser formulada quando houver legítimo interesse e vinculação direta com a questão a ser discutida no procedimento, devendo o pedido ser acompanhado da prova da legitimidade, do pagamento dos emolumentos e de informação circunstanciada sobre o fato. Parágrafo único. Ocorre a decadência quando a parte não exerce o direito de queixa no prazo de três dias úteis, a contar da ocorrência do ato ou conhecimento do fato que lhe deu causa."

Advogados que frequentam o Blog com a palavra.

Só uma novidade na apresentação do Brusque

Aconteceu agora pela manhã a apresentação do elenco do Brusque para a Copa Santa Catarina, que começa em pouco mais de um mês.

Do grupo já divulgado pela imprensa, apenas uma novidade: o atacante Márcio Alcides, o conhecido "Rei do Impedimento", que passou por aqui na campanha de 2006, e será avaliado pela comissão técnica.

Fora isso, a relação de quem se apresentou para iniciar os trabalhos: Dênio (M), William Gaúcho (M), Léo (A), Xipote (V), Pereira (LD), Marcelo Fattori (A), Nietsche (Z), Marcelo (Z), Giovane Alves (A), Paulinho (A), João Ricardo (G) e André Luiz (V). Os jogadores Valdo (A), Aílton (M) e Thiago (Z) apresentam-se amanhã.

O Brusque poderá anunciar mais reforços nessa semana: estão sendo sondados um Lateral Esquerdo do futebol gaúcho e outro que jogou no Criciúma, além de um atacante que também foi do Tigre.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Rogélio troca o Brusque pelo Avaí

O zagueiro Rogélio (foto), que se apresentaria ao Brusque amanhã no início de preparação para a Copa SC, mudou o destino, e vai jogar a Série A. Ele será apresentado hoje como novo reforço do Avaí.

Ontem a noite, Rogélio entrou em contato com o Presidente do Brusque, Danilo Rezini. Eles tinham selado o acordo de que ele só não viria para o Augusto Bauer se houvesse proposta da Série A. E veio. Ele assinará contrato de três meses com o Leão, que já tinha interesse nele desde o final do Campeonato Catarinense.

Fico triste pelo Brusque perder um bom jogador, mas feliz pelo Rogélio. Ele tem muita qualidade e merecia essa chance. Se jogar o que sabe, vai ser titular do time com certeza. O lugar dele é em time grande.

Aílton é mais um que retorna ao Brusque

Informação conseguida pelo comentarista Paulo Sérgio Xirú dá conta de que o Brusque repatriou mais um jogador de destaque: segundo o baixinho, o meio-campo Aílton (foto), de 29 anos, está de volta. Ele chegou ao clube no meio do Estadual, onde teve boas atuações. Depois, foi para o Mixto-MT, time que acabou caindo da Série C para a D. E agora, volta para Brusque, para disputar a Copa SC e o Catarinense de 2010.

domingo, 13 de setembro de 2009

Só faltam dois jogos. Que venha o Araguaia, de Abimael

Nem foi preciso usar o regulamento. A Chapecoense, com um golaço do Emerson Cris (pelo menos foi o relato do Gelson Galiotto, ele exagera as vezes) saiu na frente, o Londrina empatou no final com um gol de pênalti, que não foi suficiente. Vaga garantida, com a melhor campanha da Série D. Agora, o adversário é o Araguaia do Mato Grosso, qualificado como o pior entre dos desclassificados.

Antes, temos que explicar que esse "pior desclassificado" é meio relativo: o Araguaia classificou-se como o primeiro do seu Grupo, mas perdeu seis pontos pela inclusão de um jogador irregular em campo, ainda na primeira fase. Foi punido, mas ainda assim terminou na frente da sua chave. E venceu mais jogos que a própria Chapecoense na Série D: são 7 vitórias contra 6.

O time tem dois jogadores conhecidos do Estado: o zagueiro Acássio, ex-Juventus e o atacante Abimael (foto), aquele mesmo que fez o gol do acesso à Série A do Figueirense no polêmico jogo contra o Caxias no final de 2001.

Mas sou mais Chapecoense. E não estou fazendo mais do que confirmando o favoritismo da melhor campanha da Série D. O time terá a decisão dentro de casa em duas semanas para conseguir o sonhado acesso. E falta muito pouco. Avante Verdão.

Porto e Concórdia classificados, e quadrangular da Segundona está formado

Hoje foi o dia da última rodada da Divisão Especial, que confirmou os dois últimos times do quadrangular final, que se juntam ao Juventus e ao Imbituba, campeões dos turnos.

O Porto, que venceu o Videira, e o Concórdia, que bateu o Juventus em casa (foto), estão na fase final. O time do Oeste foi beneficiado pelo empate do Hercílio Luz com o Imbituba em 1x1, e garantiu a vaga final.

Juventus e Imbituba entram com um ponto de bonificação no quadrangular, e estreiam fora de casa na fase final contra Concórdia e Porto, respectivamente. E registrou duas decepções: primeira, o Camboriú, que trouxe jogadores de nome, investiu pesado e mais uma vez morreu na praia. E depois, o Hercílio Luz, que se proclamou como um time grande, capaz de mudar a má imagem deixada pelo Atlético Tubarão. Não só não conseguiu, como terá que enfrentar o seu rival caseiro no ano que vem.

Torço para que essa classificação sirva em alguma coisa para o futebol de Concórdia, que não é levado a sério pela torcida, que vai em baixo número ao estádio, e tampouco pela imprensa, que transmite apenas alguns jogos.

Com a formação da fase final, Juventus e Imbituba são mais favoritos do que nunca para subirem à Divisão Principal de 2010. Só uma catástrofe para mudar esse cenário.

Em tempo, aproveitando o post: pela Divisão de Acesso, Ontem, Maga 1x8 Operário-MAF, Hoje Oeste 2 x 6 Caçador e uma tremenda zebra: XV de Outubro 0x1 Santa Catarina.