sábado, 26 de dezembro de 2009

Chegou a hora das férias. Feliz 2010!

Hoje começam minhas férias. Poucos dias, é verdade. Dia 4, já estarei de volta a Brusque, colocando aquele terno quente pra apresentar o jornal. Mas espero aproveitar esses poucos dias pra arejar a cabeça. Dia 16, um sábado a noite, estarei na Ressacada pro início do Campeonato Catarinense. E não pararei até julho, no final da Copa Santa Catarina.

Eu me conheço, sei que não vou deixar o Blog parado tanto tempo. Aparecendo alguma coisa, vou colocar aqui. Não terei a facilidade da internet pra blogar, mas o meu telefone me facilita a colocar algo no twitter. Enfim, são férias, mas sem antes comprar dois ou três jornais pela manhã pra não ficar desligado das coisas.

Enfim, espero que todos tenham passado um ótimo Natal, e tenham um excelente 2010, ano de eleições, Copa do Mundo, Jasc do cinquentenário... Tem muita coisa pela frente.

Espero que tenhamos também um ano de maior paz em todos os âmbitos no esporte: 2009 foi marcado por violência nos estádios, brigas de torcida, brigas de dirigentes, times e até em cabine de imprensa. Todos nós queremos tranquilidade para competir, torcer e trabalhar. Esse é um tipo de discurso que dificilmente vai se realizar no ano que vem. Quantas vezes a gente torce por esse tipo de paz, mas ao fim as coisas não acontecem. Mas eu sou teimoso e peço mais uma vez. Vai que acontece.

Gente, um excelente ano novo pra todos. O twitter estará ativo, e o Blog volta em edição extraordinária em caso especial, já que o mercado do futebol continuará quente nesta época pré-estaduais. E obrigado a todos que fizeram este Blog chegar, na semana passada, a 100 mil visitas e quase 140.000 pageviews neste ano de 2009. Ano que vem a tarefa continua.

Feliz 2010.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Porque William de Mattia deu o cano no Brusque

Teve gente da imprensa de fora de Brusque que já havia anunciada com certa a contratação do lateral William de Mattia pelo Bruscão. Mas nesses quase 12 anos de lida, aprendi uma coisa: boleiro só tem palavra quando aparece na cidade e assina contrato. Com o William foi igualzinho. Como o negócio não fechou, podemos contar os bastidores.

Na segunda-feira, William e seu pai fecharam o acordo com o Brusque. O presidente pediu uma confirmação, e o jogador disse "tá tudo certo, tenho palavra, pode anunciar!". O diretor de futebol, André Rezini, já tinha me falado dele, mas pediu pra segurar até a sua chegada, que seria a confirmação.

Na terça a noite, fui fazer um lanche no centro e encontrei com o presidente. Naquela hora, ele recebia uma ligação de William de Mattia, pedindo uns dois dias a mais para se apresentar. Segundo ele, o empresário João Batista Baby, que não sei se é ligado ao Figueirense ainda, estava arrumando um clube para ele, e pediu deliberadamente que não fosse a Brusque. Não preciso nem dizer que Danilo Rezini ficou doido, com a palavra do jogador que não foi cumprida um dia depois. Dito e feito: ele fechou contrato com o Uberlândia, de Minas. Posso assegurar: o salário oferecido aqui era bom. Agora é hora de ir atrás de um plano B, e o Bruscão já tem um na mira, que já passou pelo futebol de SC.

Diretor de time de futebol merece alguns troféus: jogador de futebol liga a cobrar, não tem hora pra ligar, manda DVD com aqueles lances de craque e quando dá palavra pelo telefone é bom desconfiar. Mas o mundo é assim.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Renê Weber, arriscada aposta do Figueirense

O Figueira anuncia nesta quarta-feira, finalmente, o nome do seu novo treinador. Esperava-se Márcio Goiano, mas ele vai virar assistente técnico. Renê Weber, de 48 anos, será o cara. Estava no Grêmio, onde era auxiliar de Paulo Autuori. Mas... Renê Weber?

Lembro dele quando esteve no Criciúma. Durou exatos três jogos na Série B de 2007, aquele que o Tigre chegou a liderar com larga vantagem. Perdeu as três e foi demitido.

A ficha dele traz algumas estatísticas do seu perfil. Sua maior passagem foi na Seleção sub-20 do Brasil, onde ficou dois anos. Depois foi para dois clubes do futebol árabe, até passagens rápidas em três anos por Criciúma, Vila Nova e Caxias (onde durou cinco rodadas do Gauchão). Estava no Grêmio, e seu currículo é esse. Nada de enriquecedor, nada que justifique que este seja o nome que levará o Figueirense a uma guinada espetacular, que é o que o clube precisa.

Não gostei da indicação do Renê. Deviam ter perguntado lá em Criciúma o que achavam dele.

José Nazareno Marcelino está fora do Catarinense 2010

Deu no Engeplus, por Dênis Luciano:

Melhor árbitro do último Campeonato Catarinense, o criciumense José Nazareno Marcelino não vai apitar no próximo Estadual. A informação é do presidente da Federação.
Conforme Delfim de Pádua Peixoto Filho, que foi ao Caravaggio assistir a final do Regional da LARM, Nazareno foi reprovado nos testes. "Reprovado não apita", afirmou.
Delfim salienta que Nazareno só foi o melhor do Catarinense pois ganhou vários sorteios. "Ele é inteligente, mas precisa estudar mais e se preparar melhor para 2011".
Conforme o dirigente, cerca de 400 árbitros e auxiliares participaram dos exames físicos e teóricos, e 210 conseguiram aprovação.

Primeiro, uma resposta ao que disse o Delfim: ele reconheceu na entrevista que o Nazareno Marcelino foi o melhor árbitro do Catarinense, mas na decisão escalou o Luiz Orlando de Souza pra apitar, não lembram? (aliás, ele vai apitar de novo em 2010?).

Segundo, um fato interessante: Nazareno tinha sido alvo de muitas reportagens neste ano, mostrando a sua vitória na guerra contra a balança, que o deixou fininho. O que teria feito ele descuidar, para não passar no teste, hein?

Brusque contrata zagueiro Cris. Amanhã, novidades na lateral

O Brusque anunciou na tarde de hoje a contratação do zagueiro Cris, o Mumu. (Cristiano Alves Pereira, 29 anos, 1,85m e 79kg). Ele ajudou o Juventus de Jaraguá do Sul a conseguir o acesso à primeira divisão, embora não tenha jogado as finais. Também jogou no Metropolitano, na Chapecoense e no Joinville. Era sonho antigo da diretoria, que já está atrás dele desde que foi campeão da Série B1 pelo próprio Juventus, em 2004. Agora, vem a se juntar em um interessante grupo de zagueiros montado pelo Bruscão.

Cris é jogador naturalizado togolês, e chegou a representar a Seleção de Togo em 2003 e 2004, nas Eliminatórias da Copa Africana de Nações.

Um lateral-direito já está acertado e chega à cidade amanhã. O que se sabe é que o jogador passou pelo futebol catarinense e estava jogando na Europa. Aguardemos a solução do mistério.

Foto: Piero Ragazzi / O Correio do Povo

domingo, 20 de dezembro de 2009

A origem do "É gol, que felicidade!"

Alguns devem saber, mas muitos não sabem, assim como eu, até alguns dias atrás. Você sabe a origem da famosa vinheta "É gol, que felicidade!", usada em rádios do Brasil Afora?

A resposta: a música "Replay", gravada pelo Trio Esperança (foto) em 1974. Ouça a canção completa abaixo:




E a letra:

Faltavam só cinco minutos pra terminar o jogo
E o adversário fazia uma tremenda pressão
Sofria como um louco com o rádio colado ao pé do ouvido
Mas a nossa defesa é segura, é mesmo de seleção
Meu time bem armado, tranquilo, era final, era uma decisão
Até que o juíz apitou falta a favor do "mengão"

Paulo César prepara o seu chute fatal
Na barreira confusão é geral
Atenção( thururu thururu thuthu)
Preparou (thururu thururu thuthu)
Correu (thururu thururu thuthu)
E chutou

É gol...
Que felicidade!
É gol o meu time é alegria da cidade...

(e atenção que nós vamos repetir o gol...)

Atenção( thururu thururu thuthu)
Preparou (thururu thururu thuthu)
Correu (thururu thururu thuthu)
E chutou

É gol...
Que felicidade!
É gol o meu time é alegria da cidade...