quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Catarinense 2010: Avaí

AVAÍ FUTEBOL CLUBE
Fundação: 1 de setembro de 1923

Cores: Azul e Branco

Estádio: Aderbal R. da Silva - 15.000 lugares

Presidente: João Nilson Zunino
Técnico: Péricles Chamusca

Ranking "BdR" 2009:
1o. lugar Catarinense 2009: Campeão

O atual campeão catarinense vive em lua-de-mel com o torcedor (se bem que o relacionamento abalou um pouco com o aumento das mensalidades) com os resultados conquistados em 2009. Vaga na Sul-americana, título catarinense, melhor colocação de um catarinense na história... Enfim, a administração de João Nilson Zunino, aliada à competência de Silas e do grupo, fizeram o ano passado ser especialíssimo para o Leão. Mas como todo clube que faz sucesso acaba sendo desmontado, é hora de remontar a estrutura, planejar tudo novamente, porque 2010 vem aí, e o clube vem com a responsabilidade de, pelo menos, repetir o ano passado.

O time do ano passado tinha a evidente marca do técnico Silas, que acabou indo para o Grêmio. Um elenco que tem uma identificação muito grande com um só treinador é até perigoso, pois há a possibilidade dele não funcionar com um esquema implantado por outro comandante. O Avaí fez uma aposta ousada, contratando Péricles Chamusca (foto), de 44 anos, que ficou um bom tempo no Japão, mas quando retornou ao Brasil, ajudou o Sport, onde ficou três meses, a ser rebaixado à Série B. A estrutura pra ele foi dada: pré-temporada em Gramado, a possibilidade de escalar um time reserva no início do Estadual, enfim... ganhou carta branca da direção. Vai ter que mostrar resultado, se não corre o risco de nem começar o Brasileirão.

O time perdeu peças importantíssimas, como Marquinhos, Leo Gago e William. Reforçou-se na medida do possível, com o goleiro Zé Carlos, ex-Criciúma, o retorno do meia Batista, que estava no Botafogo, do artilheiro Vandinho (foto) e do veterano Sávio, que, segundo as palavras do diretor Moisés Cândido, veio como opção de marketing para abafar a vinda de Viola ao Brusque. Marketing ou não, claramente o Avaí vai procurar no Estadual o jogador que faça o que Marquinhos fez no ano passado. Um jogador diferenciado do meio campo, de lançamentos precisos e que faça gols. É um item em falta no mercado, mas acredito que a fórmula de contratações do Leão para 2010 seja bem parecida com a do ano passado: antes do Brasileirão, haverá uma leva de reforços providenciada pela LA Sports, que vão reforçar o time na Série A. É esperar pra ver.

Desfalcado ou não, o Avaí é, sim, o grande favorito ao título estadual. Tem hoje uma boa estrutura, é organizado internamente e conta com um bom orçamento. Mesmo com os jogadores que perdeu, ainda tem o melhor elenco do futebol de Santa Catarina. Mas tudo isso passa, na minha visão, por um porém: o treinador. Péricles Chamusca não é um dos meus favoritos. O Bicampeonato catarinense dependerá das suas ações. E, assim como ele poderá dar a volta olímpica, ele poderá destruir tudo de vez, como fez em sua passagem no Sport.

Um comentário:

  1. essa historio q o savio veio pra abafar o viola nao cola. o avai ja negociava com o savio antes do brusque negociar com o viola.

    ResponderExcluir