terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Fernandes, craque e azarado

Além de ser um dos maiores craques da história do Figueirense, Fernandes era ansiosamente esperado no time de Renê Weber. A camisa 10 do alvinegro estava esperando por ele, para arrumar o setor de meio-campo, que anda pobre e sem inspiração.

Mas ele, que já tem um histórico bem polpudo de lesões, acumulou mais uma hoje. Numa dividida no treinamento, fraturou a clavícula. Mínimo de dois meses fora. Praticamente fora do Estadual.
Vai ser azarado assim lá na casa do chapéu. Joga muito, é esperado, mas na hora H aparece um problema desses. Essa noite foi daquelas que chocam o torcedor do Figueirense. Mais uma vez, terão que esperar um bom tempo para ver seu principal ídolo em campo.

Fernandes, aproveita a parada e vai se benzer.

3 comentários:

  1. é uma pena,quem perde com isso alem do proprio jogador eo time é o futebol catarinense...
    força fernandes.

    ResponderExcluir
  2. Os ombros simbolizam tudo que carregamos de responsabilidade e qualquer problema nessa área significa que os nossos superiores ou pessoas que exercem alguma autoridade sobre nós, não estão reconhecendo o nosso esforço, não elogiam nosso trabalho, tomam para si idéias nossas, criam conflitos desnecessários, não colaboram conosco e, ainda, negam que estejam nos causando qualquer infortúnio. Isso gera uma tal ira que chegamos a desejar golpeá-los inconscientemente. ÀS vezes, poderemos até assumir esse desejo pelas evidências do atrito.

    ResponderExcluir
  3. vamos trazer o fernandes pro bruscão pra disputar a série d.

    aqui vamos pagar bem e reconhecer o craque que ele sempre foi.

    ResponderExcluir