sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Quanto custa transferir um jogador?

É bom trazer aqui no Blog alguns assuntos para esclarecer o funcionamento do futebol profissional por dentro.

Por exemplo: você sabe quanto é cobrado por uma Federação para que seja feita uma transferência?

Bom, primeiro é preciso explicar o processo. Se um jogador está registrado em outra Federação (vamos pegar um exemplo, o Viola, que está na Federação Carioca, já que seu último time foi o Resende), é necessário pagar uma taxa para que a funcionária lá simplesmente dê um "OK" no Computador para que o registro do clube em Santa Catarina entre no sistema da CBF.

Agora, o valor da facada, que pra clube pequeno é caro: transferências entre Federações custam 500 reais para cada liberação, exceto na Federação Gaúcha, que é presidida pelo catarinense Francisco Noveletto (natural da paradisíaca Pouso Redondo), que cobra apenas 150 reais. Em caso de transferências internas, entre clubes catarinenses, não há taxa.

Os clubes precisam mandar o fax para a Federação que quer a liberação já com o comprovante de depósito em anexo. Se não, vai ficar sem o jogador.

9 comentários:

  1. Vai ver é por isso que o Criciúma tá contratando tanto jogador gaúcho... hahaha...

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo, Valmir conseguiu a transferencia hoje pra jogar domingo?
    parece que agora em transferencia Internacional a FIFA tem que dar o OK tmb, e a FIFA volta de férias hoje, sera que dá tempo?

    ResponderExcluir
  3. Francisco Novelleto é dono da Multisom. Já li na camisa de dois times gaúchos o patrocínio da Multisom.

    Sem contar que, o cara é catarinense de nascimento e vai querer se meter e mandar no futebol gaúcho! E a gauchada aceita!

    ResponderExcluir
  4. Rodrigo... tem mais... não é apenas o 500,00 pras federações estaduais (exceto a gaucha como vc bem frisou).

    Ainda há a taxa da faapq gira em torno de 50,00 para contratos curtos.

    A taxa de transferência interestadual da FCF 350,00.

    A taxa de registro do contrato na FCF 150,00.

    E... dependendo do valor do salário do jogador registrado em contrato, a CBF cobra mais uma taxa variando de acordo com o valor do salario (ate dois salarios minimos não é cobrado a taxa).

    Ou seja, se o jogador for registrado com seu salário real e vier de outroe Estado pra cá, cada um nao sai por menos de 1.550,00, fora as passagens aéreas pro deslocamento do atleta e carro pra levá-lo até o CT para iniciar os trabalhos... isso so pra iniciar os gastos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CARO ANDRE.QUANTO EU GASTO PRA TRAZER UM ATLETA AMADOR DE SC PRA O RGS?OBRIGADO

      Excluir
  5. Cristiano M. de Souza16 de janeiro de 2010 15:04

    Rafael Henrque Holatz, o que tem a ver?

    Eu sou gaúcho e não vejo problema, o cara é um baita presidente, dá uma puta ajuda para os pequenos, pq algum gaúcho não iria aceitar? ô complexo.

    Tá querendo um Delfim pra ferrar a FGF?

    cada um.

    ResponderExcluir
  6. Não, poxa, nada a ver. Aliás, seria uma boa, antes o Delfim lá do que aqui, assim, as cagadas dele lá é problema da gauchada.

    Só que poxa, o cara nasce aqui, creio que deveria honrar seu estado de nascimento, oras. Seria muito melhor ele aqui de presidente do que o Delfim, já que como tu dizes, o cara alavanca os pequenos. Pra mim, é como um brasileiro se naturalizar. Demonstra na caruda que o cara não é patriota e é um traíra (jogador naturalizado).

    ResponderExcluir
  7. Transferência internacional quanto fica?

    ResponderExcluir
  8. Transferência internacional quanto fica?

    ResponderExcluir